Acordo complementar argentino com FMI está ‘perto de ocorrer’

Por: SentiLecto

Mauricio Macri declarou nesta segunda-feira que o país está próximo de um acordo com o Fundo Monetário Internacional para ampliar a linha de crédito de 50 bilhões de dólares, ao mesmo tempo em que uma fonte do governo declarou que uma linha complementar de 3 a 5 bilhões de dólares poderia ser anunciada nesta semana. Mauricio Macri é o presidente argentino.

Macri declarou, numa entrevista com a Bloomberg TV em Nova York, que a Argentina poderia receber mais suporte do FMI, mas evitou dar detalhes complementares porque as conversas ainda estavam em andamento.

A fonte do governo, que pediu para não ser identificada porque as negociações estão em curso, declarou em uma notícia publicada pelo jornal local La Nación que um adicional de 3 a 5 bilhões de dólares em financiamentos estava “perto de ocorrer”.

Na quarta-feira 05 de setembro o ministro argentino havia mostrado confiança sobre fechar um novo acordo com o Fundo Monetário Internacional , após dois dias de conversas em Washington, e havia declarado que havia buscado suporte dos Estados Unidos para garantir a aprovação da chefia do FMI.

Além do acordo de standby de 50 bilhões de dólares fechado em junho, os recursos extras cobririam a maior parte da necessidade de financiamento da Argentina em 2019, à exceção de 2,5 bilhões de dólares, que precisariam ser lerguidosnos mercados domésticos no ano que vem, de acordo com um comunicado do Ministério da Economia.

O comunicado também declarou que a Argentina rolará 100 por cento de seus títulos do Tesouro de curto prazo para o ano que vem. DESVALORIZAÇÃO, que um fase de seca prejudicou as exportações de grãos da Argentina e uma corrida contra o peso ampliou os temores de que o país poderia ser incapaz de pagar suas dívidas internacionais em 2019,

Por outro lado, o déficit deste ano esperado por sua gestão equivale a 2,6 por cento do Produto Interno Bruto . Na segunda-feira, o governo divulgou sua proposta orçamentária de 2019. A lei oferece cortes de gastos e ampliações de impostos sobre exportações como maneira de atingir o equilíbrio fiscal.

O peso caiu cerca de 0,13 por cento, para fechar a 37,33 para o dólar, declararam operadores. O banco central declarou ter vendido 112 milhões de dólares, de um total de 250 milhões de dólares ofertados, a uma média de 37,3172 por dólar.

O peso perdeu cerca de 50 por cento de seu valor contra o dólar neste ano. Alimentada pela desvalorização, a inflação deve concluir o ano em cerca de 40 por cento, ampliando a pobreza na terceira maior economia da América Latina.

O aumento do crédito vai ser adicionada aos 50 bilhões de dólares que o país já assinou com o FMI em junho para enfrentar uma crise financeira que provocou uma desvalorização do peso de 50 por cento até agora neste ano.Em entrevista para a Bloomberg TV em Nova York, Macri declarou que o país estava perto de atingir um acordo final com o FMI, e que havia “possibilidade zero” de que a Argentina daria default em sua dívida externa no próximo ano.

Macri declarou: “A parte mais importante do nosso acordo é que temos uma política monetária clara que vai nos mostrar onde estamos indo”.

Ele adicionou que há “possibilidade zero” argentina deixar de pagar sua dívida no ano que vem.

Milhares de pessoas tomaram as ruas de Buenos Aires nesta segunda-feira para queixar-se contra políticas de Macri, um dia antes de uma greve nacional convidada por sindicatos, que ameaça suspender todo o transporte público na cidade.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Argentina, United Kingdom

Cities: York, Buenos Aires

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Acordo complementar argentino com FMI está ‘perto de ocorrer’
>>>>>Peso argentino sobe com otimismo por conversas com FMI – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Argentina amplia crédito com FMI em US$3 bi a US$5 bi, diz jornal La Nación – September 24, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Peso argentino se fortalece com otimismo por conversas com FMI – September 20, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Peso argentino se valoriza com otimismo sobre acordo com FMI; desafios permanecem – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Presidente da Argentina, Macri diz que ‘está vindo mais apoio do FMI'; conversas continuam – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Mauricio Macri 0 0 PERSON 8 Ele (referent: Macri): 2, Mauricio_Macri (apposition: O presidente de a Argentina): 1, (tacit) ele/ela (referent: Mauricio_Macri): 2, Macri: 3
2 país 0 8 NONE 4 o país: 4
3 dólares 0 0 NONE 4 dólares: 4
4 acordo 90 0 NONE 3 acordo: 2, um acordo: 1
5 Nova_York 0 0 PLACE 3 Nova_York: 3
6 a Argentina 0 0 PLACE 3 a Argentina: 3
7 peso 0 0 NONE 3 o peso: 1, O peso: 2
8 DESVALORIZAÇÃO 0 140 ORGANIZATION 2 DESVALORIZAÇÃO: 2
9 temores 0 120 NONE 2 os temores: 2
10 a fonte de o governo para 0 0 NONE 2 A fonte de o governo para: 2