Arábia Saudita declara que monitora mercado de petróleo de perto após vírus na China

Por: SentiLecto

A Arábia Saudita está acompanhando de perto os mercados mundiais de petróleo em meio às “expectativas sombrias” devido aos possíveis iefeitosda disseminação do coronavírus na China sobre a economia cde Chinae mglobal ddeclarouo ministro de energia do país nesta segunda-feira.

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados podem responder a qualquer efeito sobre a estabilidade do mercado de petróleo se necessário, alegou o ministro, príncipe Abdulaziz bin Salman.

Príncipe Abdulaziz bin Salman Al-Saud alegou que todas alternativas estão em aberto para a próxima reunião entre a Opep e aliados, até mesmo cortes complementares de produção, informou nesta quinta-feira a rede de TV Al Arabiya. Príncipe Abdulaziz bin Salman Al-Saud é o ministro de Energia da Arábia Saudita.O próximo encontro da coalizão entre a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e outros países, incluindo a Rússia, grupo conhecido como Opep+, ocorre em março.

Na segunda-feira 20 de janeiro – O Bank of America Global Research aumentou suas projeções para o custo do petróleo em 2020, mencionando riscos à oferta no Oriente Médio, melhores perspectivas de dprocurae um maior compromisso da Opep e aliados com cortes mais acentuados da produção. Enquanto projetou, o banco estimou o custo médio do Brent em 2020 em 62 dólares por barril, de 60 dólares anteriormente -se o WTI em 57 dólares, de 54 dólares antes, segundo nota de analistas de o BofA. A procura mundial devia aumentar em 1,1 milhão de barris por dia neste ano, e a projeção de oferta e procura propunha um superávit de 190 mil barris por dia, assinalou o banco. O BofA alegou: “Um melhor cenário de procura e níveis mais altos de comprometimento da Opep+ , além de um maior risco de problemas na oferta, restringiram nossa projeção para o superávit no mercado mundial de petróleo no primeiro semestre”. “Com isso, nós agora víamo um ambiente mais positivo para o petróleo na comparação com nossas projeções anteriores.” O banco, no entanto, conservou inalterado seu preço-alvo para o Brent ao final do segundo trimestre de 2020, em 70 dólares por barril. Faz 1 mês, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados, um grupo conhecido como Opep+, consentiram em aprofundar cortes de oferta em o primeiro trimestre de 2020.

Ele adicionou, no entanto, estar confiante de que a China e a comunidade internacional poderão conter o surto do vírus e erradicá-lo.

O ministro alegou que o efeito atual sobre os mercados mundiais, incluindo de petróleo e outras commodities, tem sido “guiado principalmente por fatores psicológicos e expectativas altamente negativas adotadas por alguns participantes do mercado apesar do efeito bastante limitado sobre a procura mundial por petróleo”.

Faz 3 meses, os custos de o petróleo Brent recuavam para abaixo de 60 dólares em esta, tocando mínimas desde o final de outubro.

Muitos deles estão fechados na Ásia devido aos feriados de Ano Novo Lunar, embora a maior parte dos mercados esteja sendo impactada pela disseminação do coronavírus.

“Faz 17 anos, um pessimismo extremo como esse aconteceu, durante a epidemia de SARS, mas ela não provocou uma diminuição expressiva na procura por petróleo”, declarou o ministro saudita em comunicado. A Opep+, que é válido até março, que inclui a Rússia, tem limitado a oferta de petróleo para apoiar os custos, com um acordo que ampliou cortes de produção em 500 mil barris por dia , para um total de 1,7 milhão de bpd , e Em 2 meses, o grupo vai dever se

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: China, Saudi Arabia, Russian Federation

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Arábia Saudita declara que monitora mercado de petróleo de perto após vírus na China
>>>>>Arábia Saudita diz que todas opções estão em aberto para Opep+, até mais cortes – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 dólares 0 0 NONE 6 57 dólares: 1, 62 dólares: 1, 54 dólares: 1, 60 dólares: 2, 70 dólares: 1
2 Opep+ 150 180 ORGANIZATION 5 Opep+: 2, A Opep+: 3
3 demanda 0 0 NONE 4 A demanda global: 1, a demanda global: 1, a demanda: 1, demanda: 1
4 petróleo 0 0 NONE 4 petróleo: 3, o petróleo: 1
5 ministro 50 70 NONE 3 o ministro: 1, O ministro: 1, o ministro saudita: 1
6 banco 0 0 NONE 3 O banco: 2, o banco: 1
7 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
8 grupo 0 0 NONE 3 grupo conhecido: 1, O grupo: 1, um grupo conhecido: 1
9 impacto 0 0 NONE 3 impacto: 1, o impacto atual: 1, qualquer impacto: 1
10 expectativas 100 140 NONE 2 as expectativas sombrias: 1, expectativas extremamente negativas adotadas: 1