“Brexit” sem acordo diminuiria PIB do Reino Unido em 9,3%, declara governo

Por: SentiLecto

Enquanto um convênio similar ao sugerido pela primeira-ministra Theresa May restringiria o efeito a 3,9%, um “Brexit” sem acordo diminuiria o Produto Interno Bruto do Reino Unido em 9,3% em 15 anos , segundo um relatório do governo britânico divulgado nesta quarta-feira.

O estudo, elaborado pelos ministérios do Tesouro, Empresa e para a saída da União Europeia , entre outros, alega que a economia padecerá em todos os cenários possíveis do “Brexit”, calculado para o próximo 29 de março, mas conservará o crescimento.

O governo publica esta análise no momento em que tenta persuadi o Parlamento e a opinião pública sobre o convênio negociado com Bruxelas, que será submetido a eleição na Câmara dos Comuns no dia 11 de dezembro.

Em seu comparecimento semanal diante dos deputados, May declarou hoje que a análise confirma que o acordo aprovado no último domingo pelos membros da UE “é o que melhor vai proteger o emprego e a economia” do Reino Unido.

Na sua vez, Donald Tusk realçou que a UE ratificaria o acordo Brexit a tempo para 29 de março de 2019 e estava determinado a construir “uma parceria tão próxima quanto possível” com a Grã-Bretanha no futuro. Donald Tusk é o presidente dos líderes da UE.

Na sábado 17 de novembro um rompimento do Reino Unido com a União Europeia sem um acordo de divórcio teria consequências desastrosas para companhias e trabalhadores britânicos e europeus, havia declarado o chefe da Federação Alemã da Indústria.

Jeremy Corbyn assinalou que o próprio governo “reconhece” que o convênio sugerido encarnará uma perda econômica. Jeremy Corbyn é o líder da oposição trabalhista. Os ministérios analisaram o efeito do “Brexit”, comparado com a filiação à UE,, que a chamada análise econômica a longo prazo aalegaque, na melhor das hsuposições- se o acordo pactuado pelo governo garantisse um comércio sem africçõese os níveis atuais de imigração -, a perda econômica seria de 0,6%, nos cenários hipotéticos de não acordo, uma filiação ao Espaço Econômico Europeu como a Noruega, um pconvêniode livre-comércio ao estilo do que existe com o Canadá e um acordo similar ao conseguido pelo governo .

Por outro lado, “Aqueles que pensam que, ao recusar o acordo, vão conseguir algo melhor, vão ficar decepcionados”, declarou Juncker.

Com um “Brexit” sem acordo e sem imigração líquida comunitária, o efeito seria de 9,3% em 15 anos, se fosse alcançado um comércio sem obstáculos, enquanto com um convênio parecido com o de May seria de 3,9% ou de somente 2,5%.

Com uma filiação ao EEE, a diminuição do PIB seria de 1,4%, e de 4,9% com um acordo de livre-comércio como o do Canadá, desde que se a imigração líquida fosse” zero”, os níveis de imigração fossem conservados estáveis, ou de %6,7.

Enquanto o convênio sugerido pelo governo distribuiria mais o efeito com um maior conseqüência em Londres, em caso de não acordo, as regiões britânicas mais prejudicadas seriam o nordeste e o noroeste ingleses, o condado central de West Midlands e a Irlanda do Norte.

O relatório declara que, sem acordo bilateral, o governo poderia ser forçado a pedir emprestados 119 bilhões de libras complementares daqui até 2035.

Essa quantia seria diminuída a 26,6 bilhões de libras em caso de saída de a UE com um acordo similar a o negociado por May que admira a eventual assinatura de um convênio de livre-comércio britânico-comunitário,.

Os 27 líderes levaram somente meia hora em uma domo em Bruxelas para carimbar um tratado de 600 páginas definindo os termos da retirada do Reino Unido da UE em 29 de março e uma declaração de 26 páginas delineando um futuro relacionamento comercial livre.Por ora as perspectivas parecem ruins, já que as críticas ao acordo aprovado em Bruxelas no domingo vêm de todos os lados, inclusive do partido da Irlanda do Norte que sustenta o governo de minoria da premiê.

Embora em todos os casos o país vai ser, philip Hammond declarou antes da publicação do documento que “economicamente mais pobre”, o plano do governo “diminuirá” a perda. Philip Hammond é o ministro da Economia do Reino Unido.

Em paralelo a este relatório, o Banco da Inglaterra vai publicar hoje sua própria análise sobre o efeito do “Brexit”, encomendado pela delegação do Tesouro do Parlamento.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United Kingdom, Ireland, Norway, Canada

Cities: London

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>”Brexit” sem acordo diminuiria PIB do Reino Unido em 9,3%, declara governo
>>>>>Juncker, da UE, fala sobre o Brexit: ‘Este é o melhor acordo… o único possível’ – November 25, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>May vai a Bruxelas tentar acordo sobre laços futuros do Reino Unido com UE – November 21, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Partido da Irlanda do Norte envia alerta sobre acordo do Brexit a May – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Premiê britânica May passará por moção de censura na próxima semana, diz Telegraph – November 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Premiê britânica tenta convencer ministros a aceitarem acordo do Brexit – November 14, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Oposição a plano de May para o Brexit ganha força e projeto pode ser derrotado – November 12, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Gabinete britânico vai se reunir na 4ª-feira após acerto sobre texto do Brexit – November 13, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Esperanças de acordo no Brexit impulsionam euro e libra – November 13, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Gabinete britânico apoia plano de Theresa May para o Brexit – November 14, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Premiê britânica promete lutar por seu acordo sobre Brexit – November 15, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Premiê britânica luta para sobreviver a crise provocada por acordo do Brexit – November 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Após apoio de gabinete, Theresa May se prepara para batalha do Brexit no Parlamento britânico – November 14, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Líderes da União Europeia fecham acordo sobre saída do Reino Unido do bloco – November 25, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>UE concorda com ‘melhor acordo possível’ para o Brexit e pede que britânicos apoiem May – (Extraoglobo-pt)
>>>>>May enfrentará hora da verdade em votação do Brexit no Parlamento britânico – November 26, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 acordo 270 0 NONE 9 o acordo aprovado: 2, acordo: 4, o acordo pactuado: 1, um acordo similar: 2
2 eu 30 4 NONE 7 (tacit) eu: 7
3 May 100 0 PERSON 6 May: 3, (tacit) ele/ela (referent: May): 3
4 pacto 25 0 NONE 5 um pacto similar: 1, o pacto negociado: 1, o pacto proposto: 2, um pacto parecido: 1
5 governo 0 0 NONE 5 o próprio governo: 1, O governo: 1, o governo: 3
6 Brexit 0 90 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: Um Brexit): 2, Um Brexit: 1, um Brexit: 1
7 análise 0 0 NONE 4 esta análise: 1, sua própria análise: 1, a análise: 1, a chamada análise econômica: 1
8 Bruxelas 0 80 PLACE 3 Bruxelas: 3
9 UE 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: a UE): 1, a UE: 2
10 filiação 0 0 NONE 3 a filiação: 1, uma filiação: 2