Carteira de crédito do Santander Brasil deve aumentar entre um dígito alto e dois dígitos baixos em 2020, declara CFO

Por: SentiLecto

– A carteira de crédito do Santander Brasil deve aumenta entre um dígito alto e dois dígitos baixos em 2020, alegou Ángel Santodomingo nesta quarta-fera. Ángel Santodomingo é o vice-presidente de Finanças. Falando em São Paulo após a divulgação do resultado do quarto trimestre do banco, o executivo declarou esperar que todas as linhas de crédito aumentem praticamente na mesma taxa este ano.

– O Banco Santander Brasil SANB11.SA> reportou nesta quarta-feira crescimento de 9,4% no lucro líquido recorrente do quarto trimestre de 2019 em relação ao mesmo fase do ano anterior, apoiado principalmente nos empréstimos e tarifas. O lucro líquido recorrente, que exclui itens extraordinários, adicionou 3,726 bilhões de reais, praticamente em linha com os 3,859 bilhões de reais estimados por analistas, de acordo com dados Refinitiv. Embora também tenha aumentado as provisões para perdas com empréstimos, o banco alegou que teve um ganho extraordinário de 2,7 bilhões de reais no último trimestre de 2019 com créditos tributários. A estratégia do banco de ampliar sua base de clientes e crédito pessoal garantiu ao Santander Brasil um regresso sobre o patrimônio de 21,3%, alta de 0,2 ponto percentual em relação ao terceiro trimestre. A carteira de crédito do banco aumentou 6,2% no trimestre, refletindo expansão nos empréstimos para pessoas e corporativos. Apesar do rápido crescimento nos empréstimos, a taxa de inadimplência de 90 dias ficou praticamente estável, em 2,9%. A margem financeira líquida, ou a diferença entre o que o banco paga pelos depósitos e recebe com os empréstimos, subiu 10,7% frente ao mesmo fase do ano anterior, com elevação no volume de crédito. Ainda assim, o spread caiu 0,4 ponto percentual, para 9,3%. As receitas de prestação de serviços e tarifas adicionaram 4,8 bilhões de reais no último trimestre, crescimento de 1,4% na comparação ano a ano, com o banco atribuindo a performance aa ininterrupto ampliação da base de clientes e maior transacionalidade. Faz 3 meses, perspectiva o presidente-executivo publicou pela primeira vez metas operacionais para a subsidiária de Brasil de o Banco Santander da Espanha. O presidente-executivo é sergio Rial. As metas admiram um crescimento de mais de 10% ao ano na carteira de crédito até 2022 e manutenção do ROE ao redor de 21%. O Santander Brasil também busca conservar a taxa de crescimento da base de clientes em pelo menos 7% por ano até 2022. Em material mandado à Comissão de Valores Mobiliários , o banco aalegouque sua participação de mercado no crédito aampliou0,75 ponto percentual em 2019, para 10%, o maior pplatônos últimos dez anos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Carteira de crédito do Santander Brasil deve aumentar entre um dígito alto e dois dígitos baixos em 2020, declara CFO
>>>>>Lucro do Santander Brasil cresce 9,4% no 4º tri com aumento de empréstimos e tarifas – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 empréstimos 0 0 NONE 5 empréstimos: 1, os empréstimos: 4
2 crescimento 80 0 NONE 4 crescimento de %9,4: 1, rápido crescimento: 1, crescimento de %1,4: 1, um crescimento: 1
3 banco 0 0 NONE 4 O banco: 1, o banco: 3
4 Santander Brasil 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: O Santander_Brasil): 1, O Santander_Brasil: 1, o Santander_Brasil: 1
5 lucro 320 40 NONE 2 O lucro líquido recorrente: 2
6 ano 60 0 NONE 2 o ano anterior apoiado: 1, o ano anterior: 1
7 metas 20 0 NONE 2 As metas: 1, metas operacionais: 1
8 Refinitiv 0 0 PERSON 2 Refinitiv: 1, (tacit) ele/ela (referent: Refinitiv): 1
9 a carteira de crédito 0 0 NONE 2 a carteira de crédito: 1, A carteira de crédito: 1
10 crédito 0 0 NONE 2 crédito pessoal: 1, o crédito: 1