Caterpillar corta preços para lidar com tarifas de Trump

Por: SentiLecto

CLAYTON, Carolina do Norte – Seis meses após a adoção de tarifas norte-americanas sobre alumínio e aço importados, a Caterpillar está descobrindo que uma das melhores formas de proteger os lucros é uma estratégia de diminuição de preços que tem mais de dois anos.

Em uma grande fábrica na região central da Carolina do Norte, onde produz pequenas carregadeiras frontais, a companhia demitiu trabalhadores em 2016 em resposta à queda nas vendas, consolidando duas mudanças em uma em um programa chamado de Modelo de Operação e Execução. Sua fábrica de Clayton ainda funciona um único turno e somente quatro dias por semana, mesmo que a procura tenha ampliado desde então. Um terço dos 550 funcionários da instalação tem contratos flexíveis. O resultado é que a CAT está produzindo mais carregadeiras em tal unidade com 30 por cento menos pessoas no chão de fábrica do que no passado, disse a empresa à Reuters. A empresa redesenhou todas as novas máquinas produzidas com mais de 20 por cento de peças, reduzindo o consumo de aço, o que diminui o preço, declarou Tony Fassino depois de uma visita na fábrica em Clayton. Tony Fassino é vice-presidente de produtos de construção civil da Caterpillar.”Menos números de peças são uma grande vitória”, disse Fassino à Reuters. “Isso melhora a segurança, melhora a característica, melhora o preço.” Agora, essas abordagens de diminuição de preços estão auxiliando a lutar o efeito financeiro dos combates comerciais do presidente dos EUA, Donald Trump. A fabricante de equipamentos pesados ​​estima que as tarifas de importação vão inflacionar seus preços de matérias-primas em até 200 milhões de dólares entre julho e dezembro, embora não forneça uma previsão para os preços de fabricação em 2018. A Caterpillar declarou que compensaria o efeito com uma ampliação de custo que entrou em forcita em 1º de julho e medidas gerais de diminuição de preços, auxiliando a registrar lucro recorde em 2018. A crescente ênfase da Caterpillar na eficiência operacional tem se mostrado oportuna, auxiliando a diminuir o preço de produção em um momento em que as despesas de material estão ampliando diante das limitações de importação de Trump, e as limitações de habilidade estão ampliando os preços de frete.

Wall Street começou as negociações em queda, mas o movimento não mudou o clima dos mercados europeus.

Na sexta-feira 07 de setembro Sept 7 – Uma “extensa gama” de produtos da Apple AAPL.O, incluindo seu relógio, possivelmente seria atingida pelas tarifas sugeridas pelos Estados Unidos, havia declarado a empresa a autoridades comerciais dos EUA, mas não havia mencionado o iPhone entre os produtos afetados.

Um cálculo interno fornecido à Reuters, anteriormente não relatado, mostra que as medidas foram rculpadas​​por metade daosmaprimoramentosnas margens de lucro desde 2015 na divisão de indústrias de construção da ecompanhia Se implantou o modelo de eficiência desde janeiro de 2017, em toda a companhia, mas a CAT não divulgou mais detalhes. A CAT, a Deere & Co e a Harley-Davidson Inc estão entre os muitos fabricantes que tentam conservar um controle nas despesas para lidar com uma ampliação de 30 por cento nos custos do aço dos EUA desde o começo de 2018. Esses preços crescentes, juntamente com um combate tarifário direta com a China, afetam as perspectivas de lucro para as companhias industriais, pesando sobre suas ações.

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,03 por cento, a 7.302 pontos.O recolhimento das tarifas sobre a aguardada lista vai iniciar no dia 24 de setembro, mas a alíquota subirá para 25 por cento no fim de 2018, permitindo às cempresasdos EUA algum tempo para aadaptarsuas cadeias de fabastecimentoem outros países, ddeclarouuma autoridade do governo.O breve comunicado não deu detalhes sobre os planos chinos, mas Geng Shuang declarou em entrevista no jornalismo que as medidas dos EUA trouxeram “novas incertezas” nas negociações entre os dois países. Geng Shuang é o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Puerto Rico, China

Cities: Carolina

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Caterpillar corta preços para lidar com tarifas de Trump
>>>>>Índices terminam estáveis em meio a receios sobre tarifas; H&M registra ganhos – September 17, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Preços ao consumidor nos EUA sobem menos que o esperado em agosto – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump quer impor tarifas sobre cerca de US$200 bi em produtos chineses, diz Bloomberg – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Com Trump indicando mais tarifas, empresas dos EUA preparam enfrentamento público – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump impõe tarifas sobre US$200 bi em produtos chineses e ameaça taxar outros US$267 bi – (Extraoglobo-pt)
>>>>>China diz que não tem escolha a não ser retaliar contra novas tarifas dos EUA – September 18, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 empresa 0 0 NONE 4 a companhia: 1, A companhia: 1, a empresa: 1, toda_a empresa: 1
2 custo 100 0 NONE 3 preço: 1, o custo: 2
3 fábrica 50 0 NONE 2 uma grande fábrica: 1, a fábrica: 1
4 detalhes 0 0 NONE 2 mais detalhes: 1, detalhes: 1
5 eu 0 0 NONE 2 (tacit) eu: 2
6 fabricantes 0 0 NONE 2 os muitos fabricantes: 2
7 imprensa 0 0 NONE 2 a imprensa: 2
8 negociações 0 0 NONE 2 as negociações: 2
9 países 0 0 NONE 2 outros países: 1, os dois países: 1
10 por_cento 0 0 NONE 2 0,03 por_cento: 1, 25 por_cento: 1