Chega a 73 o número de voos cancelados por falta de combustível nos aeroportos

Por: SentiLecto

Pelo menos 73 voos em todo o país já foram cancelados nesta sexta-feira em decorrência da falta de combustível de aviação nos aeroportos, provocada pela greve dos caminhoneiros. As informações estão em balanços divulgados pelas empresas aéreas e pelos aeroportos. A maior parte dos voos cancelados são da Azul e da Latam .

O aeroporto brasileiro e mais dez aeroportos da Infraero estão sem combustíveis . Somente oito dos principais terminais do país recebem querosene de aviação normalmente. Entre esses terminais, estão os aeroportos do Galeão e Santos Domount, no Rio, e Congonhas e Guarulhos, em São Paulo.

A Infraero declarou estar em contato com órgãos públicos relacionados ao setor aéreo para garantir a chegada dos caminhões com combustível de aviação aos aeroportos gerenciar pela companhia. “Aos passageiros, a Infraero recomenda que procurem suas empresas para consultar a situação de seus voos”, adicionou.

Aeronaves que pousarem no aeroporto brasileiro e que necessitem de fornecimento vão ficar em solo até o abastecimento de combustível ser normalizado.

A Latam declarou que os passageiros dos voos cancelados estão recebendo toda a assistência necessária. A Azul informou que disponibiliza o cancelamento ou a remarcação do bilhete para voar até dia 31 de maio para os clientes impactados pela greve.

Por outro lado, – O aeroporto de Brasília ficou sem as reservas de querosene de aviação na manhã desta sexta-feira, causando o cancelamento até o momento de quatro voos que partiriam do aeroporto e um que chegaria à capital do país. Em comunicado, o aeroporto brasileiro informou que os aviõezinhos que pousarem no terminal e que necessitarem de fornecimento vão ficar em solo até que o abastecimento no aeroporto seja normalizado. O aeroporto recebe em média 20 caminhões de fornecimento por dia. No entanto, nos últimos dias, por causa da greve dos caminhoneiros, somente 10 caminhões chegaram ao terminal e até as 8h desta sexta-feira não havia registro de entrada de novos caminhões com combustível no terminal. Os protestos de caminhoneiros contra a alta do diesel continuam nesta sexta-feira em 24 Estados e no Distrito Federal, mesmo após o anúncio na véspera de um acordo entre a categoria e o governo. Devido ao racionamento de combustível, o aeroporto informou que a American Airlines cancelou de maneira preventiva o voo que vinha de Miami e que pousaria no Aeroporto de Brasília às 7h35 desta manhã. Cancelou-se o voo que partiria de a capital em as 21h55 também automaticamente .Além do cancelamento deste voo para Miami, outras partidas canceladas até o momento são um voo da Gol com destino a Teresina, um da Latam para Congonhas e um da Azul para Guarulhos. “Apesar do agravamento da situação, ainda não há previsão de regularização do estoque de combustível. A concessionária aguarda a liberação dos caminhões”, informou o aeroporto no comunicado. companhias AÉREAS As companhias aéreas vêm adotando medidas de contingência na tentativa de diminuir os efeitos do racionamento de combustível provocado pela manifestação dos caminhoneiros, que estão bloqueando estradas em todo o país desde segunda-feira. Neste sentido, a Latam informou que os passageiros com partidas, chegadas ou conexões domésticas programadas para esta sexta-feira nos aeroportos brasileiros, Confins , Goiânia, Maceió e Uberlândia podem modificar seus voos sem a cobrança de taxa de remarcação e das diferenças tarifárias da passagem para nova data, sem multas. A Azul informou que o serviço de ônibus gratuito oferecido aos clientes de e para o aeroporto de Viracopos, em Campinas, está suspenso nesta sexta-feira. Em relação aos voos, a companhia declarou que está acompanhando a situação e que deveu realizar alguns cancelamentos nas operações. A companhia também disponibiliza o cancelamento ou remarcação do bilhete para voar até dia 31 de maio para clientes impactados pela greve. A Gol declarou que dois voos foram cancelados nesta manhã em função da greve dos caminhoneiros. Os passageiros impactados poderão remarcar suas viagens, sem a cobrança de taxas e de acordo com a disponibilidade. Segundo a Latam, os passageiros podem fazer a remarcação ou o cancelamento sem multa direto no site da companhia no link “Minhas Viagens”, pela Central de Vendas, Informações, Fidelidade e Serviços ou numa das lojas da empresa.A situação do fornecimento é normal nos aeroportos de Guarulhos, Congonhas, Galeão, Santos Dumont, Porto Alegre, Confins , Curitiba e Belém.

Na quinta-feira 03 de maio – A procura por voos domésticos no Brasil subiu 1,91 por cento em março ante mesmo mês de 2017 e fechou o primeiro trimestre com alta acumulada de 3,4 por cento na comparação anual, alegou a Agência Nacional de Aviação Civil nesta quinta-feira. Faz 2 meses, a oferta de assentos por as empresas aéreas havia. Faz 2 meses, a taxa de profissão em os voos domésticos havia sido de 80,1 por cento melhor resultado para o mês de a série histórica que havia iniciado em 2000., que havia iniciado em 2000. No trimestre, a taxa de aproveitamento havia sido de 81,9 por cento. Faz 2 meses, haviam sido transportados 23 milhões de passageiros pagos em voos domésticos, alta de 2,2 por cento contra um ano antes, de janeiro a março. Faz 2 meses, as empresas haviam transportado 7,5 milhões de passageiros pagos, 0,5 por cento maior do que em o mesmo mês de 2017, em março. A Gol havia liderado a participação de mercado no trimestre, com 36,2 por cento da procura por voos domésticos. Na sequência haviam vindo Latam , Azul e Avianca Brasil . Faz 2 meses, enquanto a oferta havia progredido 18,3 por cento em a mesma base de comparação, mERCADO internacional a procura internacional de as companhias de Brasil havia subido 15,6 por cento em a comparação anual. Enquanto a oferta havia ampliado 18,8 por cento na comparação anual, de janeiro a março, a procura havia aumentado 16,2 por cento. haviam sido transportados 2,5 milhões de passageiros pagos em voos internacionais no primeiro trimestre. Faz 2 meses, haviam sido 779 mil passageiros transportados, alta de 16,3 por cento ano a ano, em março. Faz 2 meses, a taxa de aproveitamento de assentos em os voos internacionais havia sido de 82,1 por cento, queda de 2,3 pontos percentuais ante igual mês de 2017. No trimestre, a taxa de profissão havia sido de 83,6 por cento, abaixo dos 85,5 por cento um ano antes. Faz 2 meses, a participação de mercado em a procura por voos internacionais em o acumulado de janeiro a havia tido Latam em a liderança, com 67,6 por cento, seguida por Azul, Gol e Avianca.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo, Brasilia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Chega a 73 o número de voos cancelados por falta de combustível nos aeroportos
>>>>>Aeroporto de Brasília fica sem combustível por greve dos caminhoneiros e voos são cancelados – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Greve de caminhoneiros: Latam isenta passageiros de tarifa e multa para remarcar ou cancelar voos – May 23, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Apenas oito aeroportos são abastecidos regularmente com combustível – May 25, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 por_cento 0 0 NONE 12 15,6 por_cento: 1, 18,8 por_cento: 1, 16,2 por_cento: 1, 81,9 por_cento: 1, 1,91 por_cento: 1, 82,1 por_cento: 1, 67,6 por_cento: 1, 85,5 por_cento: 1, 83,6 por_cento: 1, 18,3 por_cento: 1, 80,1 por_cento: 1, 0,5 por_cento maior: 1
2 voos 0 0 NONE 10 os voos domésticos: 1, 73 voos: 1, os voos internacionais: 1, dois voos: 1, quatro voos: 2, seus voos: 1, voos domésticos: 2, os voos: 1
3 companhias 0 240 NONE 8 as companhias aéreas: 2, as companhias: 1, a empresa: 1, empresas: 1, empresas aéreas: 1, companhias: 1, A empresa: 1
4 passageiros 8 0 NONE 6 passageiros pagos: 1, os passageiros: 3, 779_mil passageiros transportados: 1, Os passageiros impactados: 1
5 aeronaves 180 0 NONE 5 Aviões e: 3, as aeronaves: 2
6 aeroporto 60 0 NONE 5 o aeroporto: 4, O aeroporto: 1
7 Azul 0 0 ORGANIZATION 5 a Azul: 1, A Azul: 2, (tacit) ele/ela (referent: A Azul): 2
8 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
9 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
10 Latam 0 0 ORGANIZATION 4 a Latam: 3, A Latam: 1