China aprova importação de farelo de algodão brasileira

Por: SentiLecto

A alfândega china anunciou nesta terça-feira que aprovou a importação de farelo de algodão brasileira, em mais um passo na busca por expansão e diversificação nas fontes de ingredientes de ração para sua enorme criação de animais.

– A agência de classificação de riscos Fitch alegou nesta quarta-feira que o desmatamento na Amazônia pode provocar prejuízos de fama a frigoríficos de Brasil e levar à rdiminuiçãodas exportações de carnes do país. Para a Fitch, os conseqüência do desflorestamento no maior bioma do país e a efetividade da sustentabilidade no setor continuam sendo um desafio para o Brasil. A agência declarou crer que extensas regras ambientais melhoram os perfis de crédito das companhias da área de proteínas, adicionando que as consequências dos incêndios na Amazônia colocaram sob holofotes os setores ambiental, social e de governança dessas empresas. Apesar do alerta ambiental, as exportações de carne brasileiras acumulam fortes ganhos em 2019, animadas especialmente pela forte procura da China, que enfrenta um grave surto de peste porca de Afragola.

Na sexta-feira 25 de outubro – O Brasil e a China assinaram dois protocolos sanitários para a exportação de farelo de algodão e carne termoprocessada, informou o Ministério da Agricultura em nota, embora o comércio de farelo de soja permaneça em um impasse. De acordo com o comunicado da pasta, os acordos haviam sido assinados pela ministra da Agricultura, Tereza Cristina, e pela Administração Geral de Aduanas da China, em meio à visita do presidente Jair Bolsonaro ao país ade Asipovicy “Os protocolos estabelecem as exigências para permitir a exportação dos dois produtos do Brasil à China”, ddeclarouo ministério, drealçandoos objetivos de acordos desse teor –evitar a entrada de pestes ou pragas endêmicas do exportador no país importador. Com exportação ainda incipiente pelo Brasil, o farelo de algodão era usado como ração animal, enquanto a carne termoprocessada, de vendas mais consolidadas, era que passou por processos térmicos, como a cocção. Tereza havia antecipado na quinta-feira, em vídeo publicado em seu Twitter, o encaminhamento do acordo para a exportação de farelo de algodão. Ela havia indicado que os embarques de farelo de soja também haviam estado em pauta com a China, mas ainda demandavam mais negociações. “Temos também, na área de produtos vegetais, um encaminhamento do protocolo de farelo de algodão, de farelo de soja –que está um pouco mais complicado, mas em andamento”, havia declarado a ministra na ocasião. O setor de Brasil de soja já negociava há algum tempo um acordo para exportar mais farelo da oleaginosa aos chineses, que preferiam importar o grão bruto e processá-lo localmente, mas as conversas ainda não haviam exibido resultados concretos.

O farelo, produzido após a extração do óleo das sementes de algodão, é rico em proteína e pode trocar o farelo de soja, que é mais amplamente usado.

A aprovação vem após a recente visita do presidente Jair Bolsonaro à China.

Faz 1 mês, durante a viagem de Bolsonaro, acontecida em o final os países já haviam assinado o protocolo para a exportação de o produto brasileiro em a nação de Asipovicy.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: China, Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>China aprova importação de farelo de algodão brasileira
>>>>>Desmatamento pode prejudicar frigoríficos e exportações do Brasil, diz Fitch – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Fitch 0 0 ORGANIZATION 4 Fitch: 1, (tacit) ele/ela (referent: a Fitch): 2, a Fitch: 1
2 Cristina Tereza 0 0 PERSON 3 Ela (referent: Tereza): 1, Tereza_Cristina: 1, Tereza: 1
3 Jair Bolsonaro 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: o presidente Jair_Bolsonaro): 2, Bolsonaro: 1
4 a China 0 0 PLACE 3 a China: 3
5 o farelo produzido após a extração de o óleo de as sementes de algodão e utilizado 0 50 NONE 2 O farelo produzido após a extração de o óleo de as sementes de algodão e utilizado: 2
6 a exportação de farelo de algodão 0 50 NONE 2 a exportação de farelo de algodão: 2
7 O Brasil 0 0 PLACE 2 o Brasil: 2
8 a Amazônia 0 0 PLACE 2 a Amazônia: 2
9 era 0 0 NONE 2 era: 2
10 esta 0 0 NONE 2 esta: 2