Chinesa CNPC declara que vai continuar retirando petróleo no Irã normalmente

Por: SentiLecto

A China National Petroleum Corp vai continuar a retirar petróleo de campos iranianos onde detém participação, mesmo após os Estados Unidos terem restaurado as sanções sobre o setor petroleiro do Irã, declarou um executivo da companhia nesta sexta-feira.

Washington impôs sanções contra o Irã nesta segunda-feira, restaurando medidas suspensas sob um acordo nuclear de 2015 negociado pelo governo do ex-presidente dos EUA Barack Obama, e somando 300 novas nomeações, incluindo petróleo, transporte, seguros e bancos.

Na quarta-feira 24 de outubro o Sinopec Group e a China National Petroleum Corp , as maiores refinarias estatais do país de Asipovicy, não haviam feito nenhuma indicação para carregar petróleo iraniano em novembro por causa de preocupações de que estariam violando as sanções dos Estados Unidos, haviam declarado duas fontes com conhecimento direto do tema.

Faz 14 anos, quando adquiriu o campo de petróleo MIS, em o qual tem participação de 75 por cento, a estatal de China entrou em o Irã. A CNPC não informa nenhum volume de produção em seu site.

A petroleira também gastou bilhões de dólares desenvolvendo o campo de North Azadegan, que iniciou sua produção em 2016, com cerca de 80 mil barris por dia de óleo, junto com gás natural, segundo o site da companhia.

A produção conjunta dos principais produtores globais –Rússia, Estados Unidos e Arábia Saudita– subiu acima de 33 milhões de barris por dia em outubro, ampliação de 10 milhões de bpd em relação a 2010.

“Nossa principal parceria com o Irã é o investimento upstream. A ampliação do capital do petróleo está recuperando o nosso investimento lá”, declarou Hou Qijun nos bastidores de um acontecimento da indústria. Hou Qijun é vice-diretor geral da CNPC.

Sob a isenção, a China pode adquiri 360 mil barris por dia de petróleo da República Islâmica por 180 dias, declararam à Reuters duas fontes próximas do atemanesta semana.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Chinesa CNPC declara que vai continuar retirando petróleo no Irã normalmente
>>>>>Preços do petróleo recuam com início das sanções dos EUA sobre o Irã – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Irã 0 0 ORGANIZATION 3 o Irã: 3
2 as maiores refinarias estatais de o país asiático 0 160 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: as maiores refinarias estatais de o país asiático): 2
3 preocupações 0 120 NONE 2 preocupações: 2
4 alguien 0 0 NONE 2 (tacit) alguien: 2
5 barris 0 0 NONE 2 80_mil barris: 1, 360_mil barris: 1
6 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
7 investimento 0 0 NONE 2 o investimento upstream: 1, nosso investimento: 1
8 petróleo 0 0 NONE 2 petróleo iraniano: 1, o petróleo: 1
9 sanções 0 0 NONE 2 as sanções: 1, sanções: 1
10 Washington 40 40 PLACE 1 Washington: 1