Consórcio de Libra contrata SBM para 2° sistema de produção de Mero, declara Petrobras

Por: SentiLecto

– O consórcio responsável pelo bloco de produção de petróleo de Libra assinou contrato com o Grupo SBM SBMO.AS> para afretamento e operação do segundo sistema de produção definitivo do campo de Mero, na área noroeste do bloco, declarou a Petrobras PETR4.SA> em comunicado nesta terça-feira. A Petrobras, que , em parceria com Shell , Total , CNPC e CNOOC Limited , que é a operadora do consórcio, declarou que a plataforma, do espécie FPSO, terá que interligar até 16 poços e vai ter habilidade de processar até 180 mil barris de petróleo por dia, além de 12 milhões de metros cúbicos por dia de gás. O começo da produção está calculado para 2022. A SBM que também vai ser culpada por a construção , vai operar a unidade , com afretamento de o FPSO por 22,5 anos. Vai realizar-se parte de a construção em o Brasil, em modelo semelhante a o adotado por outras unidades afretadas por a Petrobras.

— A Petrobras informou nesta segunda-feira que a Caixa Econômica Federal vai fazer uma oferta secundária de ações ordinárias que detém na estatal, em operação que deve agitar cerca de R$ 7,2 bilhões. Do total a ser negociado, 24% serão destinados a pequenos investidores, sendo que 2% vão para funcionários da Petrobras e da Caixa que desejem adquiri essas ações. A Caixa já vinha informando desde o começo do ano que pretendia se desfazer de todas as ações que tem da Petrobras. A Caixa detém uma fatia de 3,2% da estatal e, com a oferta anunciada há pouco, tem que zerar sua posição na estatal. Segundo o prospecto preliminar divulgado hoje pela Petrobras, a Caixa tentará vender 241,34 milhões de ações. Se considerado o custo de encerramento dos papéis da petroleira em 7 de junho, que foi de R$ 29,85, o valor da operação vai ser de R$ 7,2 bilhões. No Brasil e no exterior As ações serão oferecidas no Brasil e no exterior, sob a maneira de ADRs, que são recibos de ações de Brasil negociados nas Bolsas estadunidense. O pequeno investidor que desejar participar deverá fazer uma aplicação mínima de R$ 3 mil. O valor mínimo é menor, de R$ 100, se a compra de ações for via fundo de investimento. Da fatia de 24% que vão para o varejo, 4% serão destinados preferencialmente aos investidores que consentirem em não vender as ações compradas por um prazo de 45 dias, fase chamado de “lock-up”. UBS organizará a oferta , Morgan Stanley , Bank of America Merrill Lynch e XP Investimentos. Em 14 dias, Ação o custo vai fixar, após finalização de o procedimento de coleta de intenções de investimento junto a investidores institucionais. Em 13 dias, os interessados poderão reservar as ações. No prospecto preliminar, a Petrobras informou, porém, que a oferta vai depender de aprovação da Comissão de Valores Mobiliários e da Securities Exchange Comission , órgãos que regulam os mercados de capitais no Brasil e nos EUA. Segundo a estatal, vai depender também de “condições favoráveis dos mercados de capitais nacional e internacional”. O anúncio acontece num momento em que as ações ON da Petrobras acumulam alta superior à do Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo. Nas últimas 52 semanas, as ações ON da Petrobras progrediram 66%, contra valorização de 34% do Ibovespa. Na semana passada, os papéis subiram 5,7%. Na manhã desta segunda-feira, as ações ON da Petrobras operam em queda de 1,04%, a R$ 29,54. Se negoceiam os papéis pN a R $ 26,59, com desvalorização de %0,60. Mande acusações, informações, vídeos e imagens para o Whatsapp do Extra .No dia seguinte à dresoluçãodo Supremo Tribunal Federal , que autoriza o governo a vender subsidiárias de estatais sem ter de ser aprovado pelo Legislativo, a Petrobras deu mais um passo para vender o controle da BR Distribuidora , sua subsidiária líder no mercado de distribuição de combustíveis.- A Petrobras disponibilizou o prospecto preliminar de uma oferta secundária de ações na qual a Caixa Econômica Federal[CEF.UL] vai buscar vender 241,34 milhões de ações que detém na petroleira estatal, segundo comunicado da empresa nesta segunda-feira. A oferta, que vai envolver distribuição no Brasil e no exterior, sob a maneira de American Depositary Receipts , agitaria um total de cerca de 7,2 bilhões de reais, se considerado o custo de encerramento das ações da petroleira estatal em 7 de junho, segundo o prospecto. UBS organizará a oferta , Morgan Stanley , Bank of America Merrill Lynch e XP Investimentos. Ação o custo vai fixar após finalização de o procedimento de coleta de intenções de investimento junto a investidores institucionais. Segundo programa disponibilizado no prospecto preliminar, o custo deve ser fixado em 25 de junho, com anúncio de começo no dia seguinte. A data de liquidação calculada é 28 de junho.

Na quarta-feira 22 de maio – A Petrobras PETR4.SA> havia constatado, após inspeção com submarino operado remotamente, o naufrágio de dois módulos de geração de energia da plataforma P-71, mas avaliava opções de reposição das equipamentos de forma a evitar efeitos sobre o programa da unidade, havia alegado a petroleira em comunicado nesta quarta-feira. “Análises, preliminares, mencionavam que, ainda que aconteça a perda integral dos módulos, era possível mitigar o efeito do acidente na finalização da obra de construção e montagem da Unidade. A Petrobras estava envidando todos os esforços necessários para que não haja atraso na data calculada de entrada em operação da plataforma P-71, tampouco perda de receita para o consórcio”, havia alegado a empresa. O comunicado da estatal havia vindo após questionamento da Comissão de Valores Mobiliários em meio a notícias no jornalismo sobre o naufrágio, que havia ocorrido de sábado perto de Itajaí, em Santa Catarina.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Consórcio de Libra contrata SBM para 2° sistema de produção de Mero, declara Petrobras
>>>>>Caixa vai vender suas ações da Petrobras em operação que deve movimentar R$ 7,2 bi – June 10, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Petrobras avança no processo de venda de ações da BR Distribuidora – June 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Petrobras pede registro para oferta de ações da BR Distribuidora – June 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ministro Fachin autoriza venda da TAG, subsidiária da Petrobras – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>STF retoma julgamento sobre vendas de estatais que envolve TAG, da Petrobras – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>BR Distribuidora pede registro para oferta secundária de ações – June 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Rede D’Or São Luiz pede registro de companhia aberta, mas não deve emitir ações – June 03, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Petrobras diz que oferta secundária terá venda de 241,3 mi ações detidas pela Caixa – June 10, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 ações 25 130 NONE 11 ações serão: 1, essas ações: 1, ações ordinárias: 1, ações: 3, as ações: 5
2 Petrobras 0 0 ORGANIZATION 11 A Petrobras: 4, a Petrobras: 7
3 oferta 160 0 NONE 6 a oferta: 1, a oferta anunciada: 1, A oferta: 4
4 Caixa 0 0 ORGANIZATION 6 a Caixa: 3, (tacit) ele/ela (referent: A Caixa): 1, A Caixa: 2
5 R 0 0 ORGANIZATION 6 a R: 1, R: 5
6 o Brasil 0 0 PLACE 6 o Brasil: 5, (tacit) ele/ela (referent: o Brasil): 1
7 petroleira 0 0 NONE 5 a petroleira: 5
8 investidores 25 0 NONE 4 investidores institucionais: 2, pequenos investidores: 1, os investidores: 1
9 Caixa Econômica Federal 0 80 ORGANIZATION 3 a Caixa_Econômica_Federal: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Caixa_Econômica_Federal): 1
10 ON_da_Petrobras 0 0 OTHER 3 ON_da_Petrobras: 3