Dólar fecha 4ª semana seguida de alta ante real com exterior arisco por vírus na China

Por: SentiLecto

– O dólar fechou em alta contra o real nesta sexta-feira e engatou a quarta semana consecutiva de ganhos, mais longa sequência da espécie em cerca de cinco meses, puxado por um dia de aversão mundial a risco por causa dos temores sobre um vírus oriundo chino. O dólar à vista fechou em alta de 0,45%, a 4,1856 reais na venda. Na semana, o câmbio acumulou ganho de 0,50%. Em quatro semanas consecutivas de valorização, a moeda se fortaleceu 3,35%. Na B3, o dólar futuro de maior liquidez registrava alta de 0,35%, a 4,1875 reais. No exterior, o índice do dólar subia 0,17%, chegando a alcançar uma máxima desde 2 de dezembro do ano passado.

– O dólar começou a semana em firme alta ante o real, fechando perto de 4,19 reais e das máximas da sessão desta segunda-feira, em pregão sem a referência de Wall Street e de dólar forte em outras praças financeiras. O mercado analisou ainda a repetição pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, de declarações sobre o novo normal para a economia de Brasil admirar juro baixo e dólar mais alto. O dólar à vista fechou esta segunda-feira em alta de 0,59%, a 4,1892 reais na venda, depois de alcançar 4,1930 reais na venda no pico intradiário. Na B3, o contrato de dólar futuro mais negociado tinha ganho de 0,66%, a 4,1925 reais. – O dólar começou a semana em firme alta ante o real, fechando perto de 4,19 reais e das máximas da sessão desta segunda-feira, em pregão sem a referência de Wall Street e de dólar forte em outras praças financeiras. O mercado analisou ainda a repetição pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, de declarações sobre o novo normal para a economia de Brasil admirar juro baixo e dólar mais alto. A observação de Guedes vem num momento de contínuas altas do dólar neste começo de ano, as quais têm desafiado previsões do mercado de que o câmbio poderia se beneficiar de um fase sazonalmente benéfico para o real. Faz 2 meses, o ministro fez as mesmas declarações e também em meio a um quadro de fragilidade de a taxa de cotação, em o fim de novembro passado. Naquele mês, o dólar bateu recorde atrás de recorde, flertando com 4,30 reais e obrigando o Banco Central a intensificar intervenções no mercado para diminuir a volatilidade. “Não sei se é uma estratégia ou se é a menos ruidosa, mas acredito que a ideia é declarar que movimentos vão determinar a taxa de cotação de mercado , com interferência mínima”, declarou Fabrizio Velloni, chefe da mesa de cotação e sócio da Frente Corretora. O dólar sobe 4,39% no acumulado de janeiro, o que faz do real a divisa com pior performance neste começo de ano. A carência de fluxo cambial continua a ser um fator mencionado por analistas para esse desempenho mais fraca. Dados do governo mostraram nesta segunda que a balança comercial teve na semana passada saldo negativo de 816 milhões de dólares. O dólar à vista fechou esta segunda-feira em alta de 0,59%, a 4,1892 reais na venda, depois de alcançar 4,1930 reais na venda no pico intradiário. Na B3, o contrato de dólar futuro mais negociado tinha ganho de 0,64%, a 4,1915 reais, por volta de 17h45. No exterior, o dólar subia frente a várias divisas emergentes, como iuan de China, lira turca e rand sul-africano.- O Índice Geral de Preços-Mercado retardou a alta a 0,57% na segunda prévia de janeiro, de 2,06% no mesmo fase do mês anterior, devido ao arrefecimento dos custos tanto no agredido quanto no varejo, informou a Fundação Getulio Vargas nesta terça-feira. Faz 1 mês, o Índice de Preços a o Produtor Amplo, que responde por %60 de o índice geral e apura a variação de os custos em o atacado, teve alta de %0,67, sobre progressão de %2,85 em a segunda prévia de dezembro. Faz 1 mês, a conduta de a alta de a IPA estimulou a diminuição de as Matérias-Primas Brutas que deixaram, para trás progressão de %5,22 para registrar variação positiva de %0,03 em a segunda prévia de este mês. Dentro do grupo, houve menor pressão dos bovinos, cujos custos passaram a cair 5,39% em janeiro depois de disparar 22,01% anteriormente. Por sua vez, o Índice de Preços ao Consumidor , que tem peso de 30% no índice geral, subiu 0,45% na segunda prévia de janeiro, contra alta de 0,74% antes. Enquanto o grupo Educação, Leitura e Recreação passou de ganho de 0,79% para variação positiva de 0,01%, cooperando para essa leitura, o grupo Despesas Diversas retardou a alta a 0,30% em janeiro, depois de progredir 3,09% no mesmo fase do mês anterior. Faz 1 mês, já o Índice Nacional de Custo da Construção teve alta de %0,17, contra estabilidade em a segunda prévia. Se usa O Igp-m como referência para a correção de valores de contratos, como os de aluguel de imóveis. A segunda prévia do IGP-M calculou as variações de custos no fase entre os dias 21 do mês anterior e 10 do mês de referência.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Dólar fecha 4ª semana seguida de alta ante real com exterior arisco por vírus na China
>>>>>Dólar começa semana em alta e perto de R$4,19 com menor liquidez e declarações de Guedes – January 20, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Dólar tem maior queda de 2020 ante real com exterior positivo, mas sobe na semana – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Dólar fecha perto de R$4,19 em dia sem Wall St e atento a declarações de Guedes – (Extraoglobo-pt)
>>>>>IGP-M reduz alta a 0,57% na 2ª prévia de janeiro com arrefecimento do atacado, diz FGV – January 21, 2020 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>IBC-Br tem alta de 0,18% em novembro, diz BC – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 alta 160 0 NONE 13 alta de %0,35: 1, firme alta: 2, alta: 1, alta de %0,45: 1, alta de %0,74: 1, alta de %0,59: 2, alta de %0,17: 1, alta de %0,67: 1, a alta: 3
2 dólar 240 0 NONE 11 O dólar: 7, o dólar: 2, dólar forte: 2
3 reais 480 0 NONE 6 4,30 reais: 1, 4,1875 reais: 1, 4,1892 reais: 2, 4,1856 reais: 1, 4,1925 reais: 1
4 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
5 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
6 ganho 0 0 NONE 4 ganho de %0,66: 1, ganho de %0,64: 1, ganho de %0,50: 1, ganho de %0,79: 1
7 mercado 0 0 NONE 4 mercado: 1, O mercado: 2, o mercado: 1
8 segunda 0 0 NONE 4 a segunda prévia: 4
9 real 240 0 NONE 3 o real: 3
10 venda 0 0 NONE 3 a venda: 3