EDP Brasil obtém R$124,5 mi do BNB para projeto de transmissão no Maranhão

Por: SentiLecto

– A elétrica EDP Brasil informou que sua controlada EDP Transmissão MA II festejou contrato de financiamento com o Banco do Nordeste Brasileiro para uma linha de crédito de 124,5 milhões de reais, segundo comunicado da empresa nesta quinta-feira. A companhia do grupo de Portugal Energias de Portugal declarou que o valor captado corresponde a cerca de 70 por cento do investimento total calculado pela controlada em um projeto de transmissão no Maranhão cuja concessão a empresa arrematou ela em um leilão realizado por o governo em 2017. O preço da emissão é de IPCA mais 2,57 por cento, ou IPCA mais 2,18 por cento condições que segundo a EDP trazem ganhos em termos de regresso e valor presente líquido em relação nas premissas adotadas pela companhia na época da licitação. Por cento são bonificações de adimplência oferecido pelo BNB.

– A elétrica EDP Brasil recebeu autorização para começar a operação de um projeto de transmissão de energia no Espírito Santo com 20 meses de antecedência ante o programa inicial do empreendimento estimado pela Agência Nacional de Energia Elétrica , declarou a empresa em comunicado nesta quarta-feira. A finalização das obras antes do calculado vai possibilitar à cempresaantecipar uma receita de aproximadamente 38 milhões de reais, aadicionoua ecompanhia controlada pelo grupo pde PortugalEnergias de Portugal . Faz 1 mês, emitiu se a autorização para a operação com data retroativa a 23 de dezembro, segundo a empresa que antes havia projetado a chance de antecipar o projeto em 10 meses,. O empreendimento da EDP Brasil consiste em 113 quilômetros de linhas de transmissão e uma subestação no Espírito Santo. Faz 3 anos, a empresa arrematou a concessão para a construção e futura operação de o projeto em leilão realizado por o governo federal. Desde que a empresa passou a disputar leilões de projetos no setor, as instalações são as primeiras de transmissão entregues pela EDP. Desde então, a empresa já assumiu compromisso de aportes de cerca de 3 bilhões de reais no segmento.

Na quarta-feira 26 de dezembro – A elétrica EDP Renováveis está em negociação avançada com a fabricante dinamarquesa Vestas para a compra de turbinas eólicas que seriam usadas em complexos da companhia no Rio Grande do Norte, que adicionarão quase 650 megawatts em habilidade, declarou à Reuters uma fonte com conhecimento direto do atema Faz 2 anos, as conversas de a companhia, de o grupo de Portugal Energias de Portugal, visavam um contrato de abastecimento para projetos que haviam vendido antecipadamente a produção futura em leilões realizados por o governo brasileiro e 2018, havia adicionado a fonte que havia falado sob a condição de anonimato, porque não tem autorização para dar informações em o jornalismo.Estão envolvidos nessas tratativas, inclusive, parques no Rio Grande do Norte que a EDP Renováveis havia projetado originalmente para serem montados com turbinas da espanhola Gamesa, ainda segundo a fonte. “As usinas da EDP Renováveis vão utilizar turbinas das Vestas. As negociações estavam progredidas. Até aqueles parques projetados com máquinas da Gamesa tinham que fechar com Vestas”, havia declarado. Faz 1 mês, a EDP Renováveis havia viabilizado em o leilão A-6 realizado por o governo de o ano passado a venda antecipada de a energia de usinas eólicas de os complexo ” Aventura ” e ” Santa Rosa “, com habilidade de cerca de 218 megawatts. Em 4 anos, os empreendimentos precisavam. Mais recentemente, no leilão A-6 deste ano, em agosto, a empresa havia fechado contratos para mais uma série de usinas, dos complexos “Jerusalém” e “Monte Verde”, que adicionariam 429 megawatts em potência instalada e deveriam ser deduzidos até 2024. Procurada para falar sobre as negociações mencionadas pela fonte, a EDP Renováveis não havia respondido de imediato. A Vestas havia informado que não comentaria o tema. A Vestas havia anunciado mais cedo neste mês um contrato para fornecer 151 megawatts em turbinas à brasileira Casa dos Ventos. O acordo envolve turbinas com 4,2 megawatts de potência cada, que serão montadas na fábrica da empresa em Aquiraz, no Ceará, de forma a atender requisitos de conteúdo local do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social . A EDP Renováveis contava com um portfólio de projetos em operação e desenvolvimento no Brasil que adicionavam habilidade de 1 gigawatt, segundo informações do site da empresa, que estima que todos esses empreendimentos estarão deduzidos até 2024. O grupo EDP ainda controlava no país a EDP Brasil, com ativos de geração hidrelétrica e termelétrica e negócios em distribuição e transmissão de energia.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EDP Brasil obtém R$124,5 mi do BNB para projeto de transmissão no Maranhão
>>>>>EDP Brasil conclui projeto de transmissão de energia 20 meses antes do prazo – January 02, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 companhia 0 0 NONE 12 A companhia: 1, a companhia: 9, a empresa: 2
2 Energias de Portugal 0 0 ORGANIZATION 5 (tacit) ela (referent: Energias_de_Portugal): 1, (tacit) ele/ela (referent: Energias_de_Portugal): 1, Energias_de_Portugal: 3
3 Vestas 0 0 ORGANIZATION 5 A Vestas: 3, Vestas: 2
4 EDP Renováveis 0 0 ORGANIZATION 4 A EDP_Renováveis: 2, a EDP_Renováveis: 1, A elétrica EDP_Renováveis: 1
5 governo 0 0 NONE 4 o governo brasileiro: 1, o governo: 2, o governo federal: 1
6 leilão 0 0 NONE 4 um leilão realizado: 1, o leilão: 2, leilão realizado: 1
7 EDP 30 0 ORGANIZATION 3 a EDP: 2, O grupo EDP: 1
8 autorização 0 0 NONE 3 autorização: 2, A autorização: 1
9 fonte 0 0 NONE 3 uma fonte: 1, a fonte: 2
10 megawatts 0 0 NONE 3 218 megawatts: 1, 429 megawatts: 1, megawatts: 1