Enel melhora oferta e calcula aportar ao menos R$1,5 bi na Eletropaulo após aquisição

Por: SentiLecto

– A de Italia Enel melhorou os termos de sua proposta voluntária de oferta pública de aquisição das ações da distribuidora de energia paulista Eletropaulo e calcula agora um aporte de ao menos 1,5 bilhão de reais na companhia em caso de êxito no negócio, ante 1 bilhão de reais oferecidos em seu arremesse anterior. “Esse valor é um adicional ao investimento geral na oferta, estimado em até 4,7 bilhões de reais. Com esses novos termos, a Enel está oferecendo uma fonte certa de financiamento para a empresa e os termos mais atrativos para os acionistas que quererem participar no leilão da OPA”, informou a Enel em comunicado ao mercado de Italia.

– A Neoenergia, controlada pelo grupo de Espanha Iberdrola, fez uma oferta para comprar uma participação na distribuidora de energia paulista Eletropaulo ao custo de 25,51 reais por ação, declararam as companhias em comunicados nesta terça-feira. A proposta vem após a Energisa ter exibido em 5 de abril uma oferta pública de aquisição do controle da Eletropaulo a um valor por ação de 19,38 reais, que poderia levar a um desembolso de até 3,24 bilhões de reais pela companhia. A Neoenergia, que ainda tem Previ e BB Banco de Investimento como acionistas, também se comprometeu a realizar uma oferta pública concorrente à Eletropaulo, para disputar com a Energisa a compra da distribuidora, líder de mercado em faturamento e energia transacionada. Experts escutados pelo Reuters já haviam comentado que a oferta da Energisa abriria um intensa disputa pela Eletropaulo entre investidores em energia. Faz 1 mês, a italiana Enel já havia exibido em o final de março uma proposta para participar de uma oferta primária em preparação por a Eletropaulo. e secundária de ações, antes de a Neoenergia e de a Energisa em preparação pela Eletropaulo. A elétrica paulista, culpada pela distribuição na região metropolitana de São Paulo, tem como um dos principais acionistas a norte-americana AES. PROPOSTAS A Neoenergia também declarou que festejou um acordo de investimento com a Eletropaulo por meio do qual se compromete a subscrever ações emitidas pela empresa em uma oferta pública primária em preparação pela distribuidora. Se elas forem negociadas, pelo acordo, a Neoenergia poderá ficar com 80 por cento das ações da oferta a valores equivalentes aos exibidos em sua proposta de compra de participação. Caso não haja procura suficiente para fixar o custo da oferta ao custo ofertado, mas a companhia poderá ficar com até 100 por cento das ações emitidas ou acima dele. A oferta pública concorrente da Neoenergia pela Eletropaulo também vai ter o custo de 25,51 reais por ação. A Neoenergia em fato pertinente alegou: “A empresa elucida que está tomando providências imediatas para a execução da OPA concorrente, tais como a contratação de prestadores de serviços”. Avaliou-se a oferta de a Energisa já e recusada por o Conselho de Administração da Eletropaulo, segundo ata divulgada por a empresa em esta terça-feira. Ata da reunião, realizada na véspera ponta: “Os conselheiros demonstraram-se, por unanimidade de votos, contrariamente à aceitação da OPA pelos acionistas da cempresa,.OFERTA Em paralelo, o Conselho da Eletropaulo aprovou a execução de uma oferta pela empresa para distribuição primária de 58,9 milhões de ações. A quantidade de papéis a ser ofertada vai poder ainda ser acrescida em até 15 por cento em caso de eventual excesso de procura. Ação o custo vai fixar após coleta de intenção de investimento junto a investidores profissionais , segundo ata de a reunião de o colegiado divulgada por a companhia. A Neoenergia vai ser o investidor-âncora, devido ao acordo de investimento selado junto à Eletropaulo, e poderá comprar até a totalidade da emissão, a depender do exercício do direito de preferência pelos atuais acionistas e da procura dos investidores profissionais. – A de Italia Enel exibiu uma oferta pública voluntária concorrente para aquisição da distribuidora de energia AES Eletropaulo, a um valor de 28 reais por ação, informou a elétrica paulista nesta terça-feira, em fato pertinente. A Enel já havia exibido anteriormente uma proposta para participar de uma oferta pública de ações a ser realizada pela Eletropaulo, mas o novo movimento da empresa vem após a Neoenergia exibi nesta terça-feira um lance de 25,51 reais por ação pela compra da distribuidora. – A italiana Enel tomou a frente em uma intensa disputa pela aquisição da maior distribuidora de energia do Brasil em faturamento, a Eletropaulo, ao exibi nesta terça-feira uma nova proposta pela elétrica, com uma oferta pública para aquisição até da totalidade das ações da empresa a 28 reais por papel. A proposta da Enel, que poderia adicionar cerca de 4,7 bilhões de reais, vem no mesmo dia em que a Eletropaulo comunicou um acordo de investimento com a Neoenergia, do grupo de Espanha Iberdrola, que havia se comprometido a exibi uma oferta pública de compra da companhia por 25,51 reais por ação. Quando a própria Enel exibiu uma proposta à Eletropaulo para participar de uma oferta pública de ações em preparação pela ecompanhia a concorrência pela compra da distribuidora, rculpadapelo fabastecimentona região metropolitana de São Paulo, ciniciouno final de março.Divulgaram-se os valores de a oferta não em a época. Faz 15 dias, pouco depois o grupo de Brasil Energisa divulgou uma oferta pública de aquisição de o controle de a empresa por 19,38 reais por ação. Em meio à briga pelo ativo, os papéis da Eletropaulo operavam a 27,51 reais por volta das 13:15 desta terça-feira, em alta de mais de 25 por cento. Com isso, as ações alcançam um nível que encarna alta de mais de 55 por cento frente ao custo visto antes do começo das ofertas pela companhia, de 17,68 reais. A Eletropaulo vinha comunicando que a norte-americana AES poderia vender sua fatia na companhia, onde é a principal acionista junto ao braço de participações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social . Faz 2 meses, a Reuters publicou com informação de uma fonte que a saída de a AES poderia ser viabilizada por meio de uma oferta pública primária e secundária em preparação por a Eletropaulo. AVALIAÇÃO A Eletropaulo declarou que “está avaliando os termos e efeitos” da oferta da Enel e vai divulgar ao mercado em até 15 dias um parecer prévio fundamentado sobre o negócio. A manifestação vai avaliar a conveniência e chance da oferta da ponto de vista da companhia e de seus acionistas, inclusive em relação ao custo e aos potenciais efeitos para a liquidez das ações. Planos estratégicos divulgados pela Enel em relação à cempresae possíveis aopçõesà aceitação da oferta também serão levados em consideração, de acordo com a emcompanhiaSe considera A Eletropaulo a maior concessão de distribuição de eletricidade de o país em termos de faturamento e energia transacionada. A Enel controla distribuidoras de energia no Rio de Janeiro e no Ceará, além de ter ativos de geração e grande presença em fontes renováveis. A Neoenergia tem operações de distribuição na Bahia, Pernambuco, Rio Grande do Norte e no interior de São Paulo, além de ativos de geração e transmissão. Já a Energisa controla nove distribuidoras em diversos Estados e atua também em linhas de transmissão.

Na sexta-feira 23 de março – A elétrica italiana Enel ENEI.MI> havia confirmado que havia mandado uma proposta à Eletropaulo ELPL3.SA> sobre uma eventual participação em uma ampliação de capital que estaria sendo analisado pela distribuidora de eletricidade de Brasil, responsável pelo abastecimento na região metropolitana de São Paulo, segundo comunicado da companhia nesta sexta-feira. “Os debates eram somente preliminares neste estágio e, a Enel irá conservar o mercado de forma adequada, caso progridam informado”, havia declarado a Enel. A Eletropaulo havia informado de quinta-feira que havia recebido uma proposta da Enel Brasil relativa a uma eventual participação da companhia em uma possível oferta pública de distribuição de ações a ser realizada pela distribuidora. [nL1N1R50AL] A norte-americana AES havia declarado recentemente que avaliava vender sua fatia de quase 17 por cento na Eletropaulo. [nL1N1QX0AQ] Segundo o comunicado da Eletropaulo na quinta-feira, a Enel havia feito uma proposta “relativa ao investimento indireto da AES Corporation na empresa”. A Eletropaulo era a maior distribuidora de energia brasileiro em volume agitado e em faturamento, segundo dados da Agência Nacional de Energia Elétrica .

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Enel melhora oferta e calcula aportar ao menos R$1,5 bi na Eletropaulo após aquisição
>>>>>Neoenergia oferece R$25,51 por ação para adquirir participação na Eletropaulo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Italiana Enel faz nova oferta pela Eletropaulo; oferece R$28 por ação da elétrica – April 17, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Neoenergia faz oferta para adquirir participação na Eletropaulo – April 17, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Energisa tem aval do Cade para possível aquisição da Eletropaulo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Aneel aprova elevação de até 22,5% em tarifas de distribuidoras de energia – April 17, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Italiana Enel faz nova oferta e toma dianteira em disputa pela Eletropaulo – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Eletropaulo 40 0 ORGANIZATION 13 A Eletropaulo era a maior distribuidora de energia de o Brasil em volume movimentado e em faturamento segundo dados de a Agência_Nacional_de_Energia_Elétrica: 1, A Eletropaulo: 4, a Eletropaulo: 8
2 Neoenergia 47 80 ORGANIZATION 11 A Neoenergia: 5, a Neoenergia: 4, (tacit) ele/ela (referent: A Neoenergia): 1, (tacit) ele/ela (referent: a Neoenergia): 1
3 companhia 0 0 NONE 11 A companhia: 1, a companhia: 4, a empresa: 6
4 Enel 210 0 ORGANIZATION 10 a italiana Enel: 1, a Enel: 4, A italiana Enel: 3, A Enel: 2
5 proposta 80 0 NONE 6 A proposta: 1, uma proposta: 5
6 oferta 0 0 NONE 6 uma oferta: 1, uma oferta pública: 2, a oferta: 2, A oferta pública: 1
7 reais 320 0 NONE 4 17,68 reais: 1, 19,38 reais: 1, reais: 2
8 acionistas 50 0 NONE 4 os acionistas: 2, os principais acionistas: 1, seus acionistas: 1
9 Energisa 0 0 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: a Energisa): 1, Energisa: 1, a Energisa: 2
10 ação 0 0 NONE 4 ação: 4