Equatorial Energia tem alta de 4% no lucro do 3° tri

Por: SentiLecto

– A empresa de eletricidade Equatorial Energia teve lucro líquido adaptado de 262 milhões de reais no terceiro trimestre, alta de 3,9 por cento ante o mesmo fase do ano passado, em performance impulsionada por um melhor resultado financeiro consolidado, informou a empresa nesta quinta-feira. A companhia, que controla distribuidoras de energia no Maranhão, Pará e Piauí, tem negócios em transmissão e comercialização e opera alguns ativos de geração, teve lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização adaptado de 576 milhões de reais no fase, progressão 14,6 por cento na comparação anual. A receita operacional líquida consolidada da empresa adicionou 2,7 bilhões de reais no trimestre, alta de 12,5 por cento ante os 2,4 bilhões de reais no mesmo trimestre de 2017. Na Cemar, elétrica da empresa no Maranhão, a Equatorial teve lucro líquido de 103 milhões de reais no trimestre, queda de 14,1 por cento frente aos 120 milhões obtidos há um ano. Já a Celpa reportou ganhos de 129 milhões de reais entre julho e setembro, queda de 29,9 por cento ante 184 milhões no mesmo fase de 2017. A Celpa é distribuidora do grupo no Pará. Faz 4 meses, a Equatorial ainda não consolidou resultados de a Cepisa, distribuidora em o Piauí que foi comprada por a empresa junto em a Eletrobras, após leilão de privatização.A elétrica ainda reportou um lucro líquido de 16 milhões de reais em sua holding, o dobro dos 8 milhões no ano anterior. A empresa realizou investimentos de 506 milhões de reais no terceiro trimestre, alta de 74,9 por cento ante mesmo fase do ano anterior. A dívida líquida consolidada da Equatorial fechou o terceiro trimestre em 3,37 bilhões de reais, o que encarna uma alavancagem de 1,8 vezes medida pela relação entre a dívida líquida e o Ebitda. No final de setembro de 2017 a dívida líquida era de 2,58 bilhões, uma alavancagem de 1,5 vezes.

– A negociante Magazine Luiza aumentou em 29,3 por cento o lucro líquido do terceiro trimestre na comparação com igual fase do ano passado, com forte performance de vendas, sobretudo no comércio eletrônico, e diluição de despesas, de acordo com balanço divulgado na noite desta segunda-feira. O resultado operacional da empresa medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização aumentou 11,4 por cento na mesma base, para 278,9 milhões de reais, auxiliado por diminuição em despesas financeiras e crescimento nas vendas. Faz 1 ano, mas a margem Ebitda caiu 1,2 ponto percentual, para 7,6 por cento, afetada por investimentos complementares em aprimoramento em o nível de serviço e aquisição de novos clientes. As vendas totais da Magazine Luiza, incluindo lojas físicas, ecommerce próprio e terceiros , adicionaram 4,6 bilhões de reais entre julho e setembro, um valor 33,6 por cento maior ano a ano. Liderou-se o crescimento por o comércio eletrônico cujas vendas saltaram 54,6 por cento em relação a o terceiro trimestre de 2017,, para 1,7 bilhão de reais, entendendo 36,2 por cento de o total comercializado por o Magazine Luiza em o fase. Nos pontos físicos, enquanto isso, a negociante vendeu 24 por cento mais e, na concepção mesmas lojas, a alta foi de 16,3 por cento. A companhia no balanço alegou: “Realçamo também a excelente performance das lojas novas que, com resultados acima do esperado, contribuíram com 8 pontos percentuais para o crescimento de vendas”. Faz 1 mês, a adversária Via Varejo, talento de as marcas Casas Bahia e Pontofrio, divulgou em o final vendas mesmas lojas em alta de 4,2 por cento. Faz 2 meses, só em setembro, o Magazine Luiza abriu 29 lojas, com entrada em novas regiões, adicionando 87 inaugurações em os últimos 12 meses. A rede contava com um total de 913 lojas físicas, das quais 22 por cento estavam em amadurecimento. Faz 2 meses, a receita líquida trimestral de a Magazine Luiza ampliou 28,5 por cento, para 3,67 bilhões de reais, aumentando para 10,98 bilhões de reais o faturamento acumulado de janeiro a setembro. Já as despesas operacionais subiram 25,7 por cento ante o terceiro trimestre do ano passado, para 821,1 milhões de reais, enquanto a despesa financeira líquida adaptada encolheu 16,7 por cento, para 69,9 milhões de reais, em meio aos juros mais baixos. Faz 2 meses, a o fim a Magazine Luiza tinha uma posição total de caixa de 1,9 bilhão de reais, incluindo aplicações financeiras de 700 milhões de reais e 1,2 bilhão de reais em recebíveis de cartão de crédito. Os investimentos alcançaram 112,8 milhões de reais entre julho e setembro, mais que o dobro dos 47,6 milhões de reais desembolsados no terceiro trimestre de 2017, com os recursos direcionados a abertura de lojas, reformas, tecnologia e logística. Em 2018, as ações da Magazine Luiza acumulam alta de mais de 116 por cento, superando a performance de adversárias como B2W, que subiu cerca de 60 por cento, e Via Varejo, que perdeu mais de 31 por cento desde o início do ano.- A Marfrig teve perda líquida de 126 milhões de reais no terceiro trimestre, refletindo o efeito cambial sobre a dívida, além de despesas não recorrentes, embora a perda tenha sido 28 por cento menor do que um ano antes. Faz 2 meses, a performance operacional de a empresa medido por o lucro, impostos, depreciação e amortização aumentou quase cinco vezes em a comparação anual, adicionando 1,055 bilhão de reais de julho a setembro. Em termos adaptados, o Ebitda atingiu recorde de 1,08 bilhão de reais, superando em 23 por cento a soma apurada um ano atrás, com margem de 9,7 por cento. Considerando o resultado ao acionista controlador, a Marfrig teve uma perda líquida de 80 milhões de reais. No fim de setembro, a dívida bruta da Marfrig, quase toda em moeda estrangeira, era de 4,83 bilhões de dólares. Em reais, adicionava 19,34 bilhões. A alavancagem medida pela relação dívida líquida adaptada e Ebitda adaptado , era de 2,57 vezes em reais, e 2,3 vezes em dólar. A Marfrig teve receita líquida lembre de 11 bilhões de reais no trimestre, alta de 21 por cento em relação ao número proforma do mesmo fase de 2017. O maior volume beneficiou o faturamento de vendas em a América do Sul , além do efeito positivo de 2,045 bilhões de reais proveniente de a depreciação de o real que compensou o custo médio de vendas mais baixo e o menor número de semanas em a operação de a América do Norte ,. Os gastos com vendas, gerais e administrativas subiram 30 por cento na comparação ano a ano, para 608 milhões de reais, com conseqüência da cotação nas operações internacionais. As despesas financeiras subiram 49,35 por cento por cento, a 572 milhões de reais, progressão atribuída pela companhia a despesas provisória de 90 milhões de reais ligadas ao empréstimo para compra da National Beef. Faz 3 meses, mais cedo, a Marfrig informou que o órgão regulador chino aprovou a venda de sua unidade Keystone Foods para a norte-americana Tyson Foods.- O BTG Pactual teve queda no lucro recorrente do terceiro trimestre, refletindo principalmente a forte queda nas receitas do negócio de sales & trading . O maior banco de investimentos independente da América Latina anunciou nesta segunda-feira que seu lucro excluindo itens extraordinários foi de 685 milhões de reais no fase, uma queda de 9,75 por cento ante mesmo fase de 2017. Na base sequencial, o resultado foi de estabilidade. Considerando o resultado contábil, base para pagamento de remuneração aos acionistas, o lucro foi de 585,5 milhões de reais, ampliação de 16,9 por cento ano a ano. A receita total do grupo caiu 24 por cento ano a ano, para 1,255 bilhão de reais, atingida sobretudo pelo fraco desempenho de corretagem, a mais importante do conglomerado, com faturamento 77 por cento menor, diminui atribuída ao “baixo apetite à riscos devido à condições de mercado desafiadoras e baixo volume nos mercados emergentes, especialmente no Brasil”. Outras divisões, como de banco de investimento, empréstimos corporativos e administração de recursos de terceiros, tiveram ampliações de receita, mas somente aliviaram a fraqueza do resultado do conjunto. Faz 2 meses, o estoque de crédito fechou em 26,1 bilhões de reais, ampliação de 20,9 por cento em 12 meses, produzindo uma ampliação de receitas de 69,4 por cento em o fase. A queda de 15,5 por cento da despesa operacional ano a ano, para 595,7 milhões de reais foi destaque positivo do trimestre. Mas isso não foi suficiente para evitar uma queda de 2,2 pontos percentuais do regresso anualizado sobre o patrimônio líquido, para 14,3 por cento.

Na quinta-feira 18 de outubro – Uma câmara de arbitragem decidiu que a estatal Eletrobras não é obrigada a firmar contrato de compra e venda de energia destinada ao Ambiente de Contratação Livre da Usina de Belo Monte, no Pará, informou a estatal em comunicado ao mercado. A companhia, que detinha participação na gigante hidrelétrica, havia explicado que os sócios de Belo Monte dispunham de uma cláusula que tratava da compra e venda de energia elétrica gerada pela usina, destinada ao ACL. existia, porém, uma divergência quanto à aplicação da referida cláusula sobre aoodeverou não de a Eletrobras acomprara energia gerada pela usina, e havia explicadoa companhia. A disputa entre Eletrobras e os demais sócios havia sido resolvida pela Câmara de Mediação e Arbitragem da FGV. A arbitragem havia sido instaurada em 2016. CEPISA Em fato pertinente divulgado separadamente, a Eletrobras havia informado que o processo de privatização da Cepisa, distribuidora de energia da empresa no Piauí, havia sido deduzido. A Cepisa havia sido arrematada em julho pelava Equatorial Energia em leilão. No comunicado, a Eletrobras havia declarado que as aprovações necessárias, incluindo a do órgão antitruste Cade, já haviam sido obtidas e que a Equatorial havia realizado aporte de mais de 721 milhões de reais na Cepisa.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Equatorial Energia tem alta de 4% no lucro do 3° tri
>>>>>Magazine Luiza lucra 29% mais no 3º tri com crescimento de vendas puxado por ecommerce – November 05, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Marfrig tem prejuízo de R$126 mi no 3º tri afetada por câmbio e despesas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Forte queda das receitas com corretagem derruba lucro do BTG Pactual no 3º tri – November 05, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Lucro da BB Seguridade cai 12,7% no 3º trimestre – November 05, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Lucro recorrente do BTG Pactual cai 10% no 3º tri – November 05, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 por_cento 0 80 NONE 20 24 por_cento: 1, 49,35 por_cento por_cento: 1, 22 por_cento: 1, 25,7 por_cento: 1, 54,6 por_cento: 1, 24 por_cento ano: 1, 16,3 por_cento: 1, 77 por_cento menor: 1, 29,3 por_cento: 1, 116 por_cento: 1, 7,6 por_cento: 1, 60 por_cento: 1, 28 por_cento menor: 1, 30 por_cento: 1, 23 por_cento: 1, 16,7 por_cento: 1, 28,5 por_cento: 1, 11,4 por_cento: 1, 14,6 por_cento: 1, 33,6 por_cento: 1
2 companhia 80 50 NONE 12 A empresa em a: 2, empresa: 1, A companhia: 1, a companhia: 4, A empresa e: 2, a empresa: 2
3 reais 560 0 NONE 7 reais: 7
4 eu 335 0 NONE 7 (tacit) eu: 7
5 Marfrig 240 160 ORGANIZATION 6 A Marfrig: 2, a Marfrig: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Marfrig): 2
6 lucro 80 0 NONE 6 seu lucro: 1, lucro: 1, lucro líquido ajustado de 262_milhões: 1, o lucro: 3
7 despesas 260 0 NONE 5 despesas operacionais: 1, despesas: 3, despesas financeiras: 1
8 Eletrobras 0 0 ORGANIZATION 5 a Eletrobras: 4, a estatal Eletrobras: 1
9 lojas 0 0 NONE 5 29 lojas: 1, mesmas lojas: 2, lojas físicas: 1, 913 lojas físicas: 1
10 vendas 0 0 NONE 5 as vendas: 1, vendas: 4