Ex-advogado de Trump se exibe em prisão federal após novo ataque a presidente

Por: SentiLecto

Michael Cohen fez um último ataque contra o ex-chefe, delatando “xenofobia, injustiça e mentiras”, antes de se exibi em uma prisão federal nesta segunda-feira para satisfazer pena de 3 anos. Michael Cohen é ex-advogado pessoal do presidente dos Estados Unidos.

Cohen, que chegou a prometer “levar um tiro” por Trump e agora o chama de “trapaceiro”, chegou à Instituição Federal Corretiva de Otisville, em Nova York, cerca de 110 quilômetros a noroeste da cidade de Nova York, para csatisfazerpena por ocoordenarpagamentos pelo silêncio de duas mulheres que ddeclaramter tido encontros sexuais com Trump e por mentir ao Congresso.

Se o viu sendo levado em uma SUV preta até a entrada de as dependências de a prisão pouco antes as 11h30, cerca de duas horas e meia antes de seu prazo para se exibi. O veículo parou e agentes abordaram ele de a lei que pareceram conversar com os ocupantes durante vários minutos , que pareceram conversar com os ocupantes durante vários minutos, e depois foi embora e saiu de vista.

Antes de ser governado ao local, Cohen fez observações breves a um aglomerado de repórteres reunidos na calçada diante de seu edifício de apartamentos de Manhattan.

Quando reencontrar minha família e amigos, cohen declarou: “Espero que que o país seja um lugar sem xenofobia, injustiça e mentiras no comando de nosso país”. “Ainda existe bastante a ser declarado, e pretensão pelo dia em que poderei compartilhar a verdade”.

Cohen, de 52 anos, vestia jeans, tênis, camiseta branca e um blazer azul-marinho ao sair do construção Trump Park Avenue.

Várias dezenas de observadores pararam para tirar fotografias, e um apertou sua mão. Depois de ter feito as observações, a cena se tornou caótica e pessoas e equipamentos caíram no chão, quando Cohen começou a sair. Se o levou, o advogado auxiliou um jornalista que havia caído a se erguer, depois entrou no banco de trás de um veículo preto e embora.

Cohen tem que ficar no local de segurança mínima da prisão.

Faz 1 ano, o relacionamento começou a depois que agentes de o FBI fizeram uma busca em o escritório de Cohen em o Rockefeller Center e em seu quarto de hotel que contribuiu para uma série de denúncias criminais contra Cohen.

– A recusa do secretário de Justiça e procurador-geral dos Estados Unidos, William Barr, a depor em uma audiência da Câmara dos Deputados nesta quinta-feira intensificou os nervosismos com os democratas que investigam seu papel na divulgação do relatório do procurador especial Robert Mueller sobre a interferência de Rusia na votação norte-americana de 2016. Barr declarou na quarta-feira que não vai comparecer à audiência do Comitê Judiciário da Câmara, comandado por democratas, devido a um desentendimento com o presidente do colegiado, Jerrold Nadler, quanto ao formato da audiência. Nadler declarou a repórteres que a audiência ocorrerá, na esperança de que Barr reconsidere sua posição. Democratas do comitê prometeram emitir uma intimação na tentativa de forçar Barr a depor se ele não aparecer. Em uma audiência no Senado na quarta-feira, Barr defendeu a forma como tratou o relatório Mueller sobre interferência russa em defesa do presidente Donald Trump na votação de 2016 e sobre a questão de Trump ter ou não tentado obstruir o investigação Mueller subsequentemente. O relatório Mueller detalha uma série de atos de Trump para impedir a investigação sobre a Rússia, sem deduzi se estas ações constituem um crime de obstrução, mas assinala que Trump e sua campanha não se envolveram em um complô criminoso com Moscou. Barr passou a ser criticado por sua descrição do relatório em um sumário que emitiu em 24 de março, várias semanas antes de o relatório ser divulgado, que Trump aproveitou para dizer que foi totalmente exonerado. O comitê da Câmara é um de vários que investigam Trump, seu governo e seus interesses comerciais. A resolução de Barr veio à tona horas depois de o comitê adotar um formato mais agressivo que sujeitaria o secretário de Justiça a uma hora acomplementarde pquestõesde advogados do comitê, além das pquestõesde parlamentares democratas e republicanos do organismo. O governo Trump vem contestando em várias frentes os pedidos de documentos e testemunhos feitos pelo Congresso. Ainda na quarta-feira, o Departamento de Justiça declarou que não vai obedecer uma intimação que pede a íntegra do relatório Mueller e arquivos investigativos subjacentes aa investigação.

Na sexta-feira 19 de abril democratas do Congresso dos Estados Unidos tomaram medidas, nesta sexta-feira, para obter acesso inteiro àoiinquéritodo procurador especial Robert Mueller sobre a interferência rde Rusiana evotaçãonorte-americana de 2016, enquanto aosddescobrimentosdoaiinvestigaçãoa haviam abaladoa aprovação do presidente Donald Trump.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: United States, United Kingdom

Cities: York

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ex-advogado de Trump se exibe em prisão federal após novo ataque a presidente
>>>>>Democratas aumentam pressão após recusa de secretário de Justiça a depor ao Congresso dos EUA – May 02, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Vice-secretário de Justiça dos EUA que apontou Mueller, oficializa renúncia – April 29, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Michael Cohen 0 0 PERSON 12 o (referent: Michael_Cohen): 1, Cohen: 5, Cohen de 52 anos: 1, (tacit) ele/ela (referent: Cohen levar um tiro por Trump e): 1, Ele (referent: Cohen levar um tiro por Trump e): 1, Michael_Cohen (apposition: ex-advogado pessoal de o presidente de os Estados_Unidos, Donald_Trump): 1, Cohen levar um tiro por Trump e: 2
2 William Barr 30 0 PERSON 8 William_Barr: 1, (tacit) ele/ela (referent: Barr): 2, Barr: 5
3 Robert Mueller 0 0 PERSON 6 (tacit) ele/ela (referent: O relatório Mueller): 1, Robert_Mueller: 3, o relatório Mueller: 1, O relatório Mueller: 1
4 eu 0 0 NONE 4 (tacit) eu: 4
5 interferência 0 105 NONE 3 a interferência russa: 3
6 Departamento de Justiça 0 0 ORGANIZATION 3 o Departamento_de_Justiça: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Departamento_de_Justiça): 2
7 Donald Trump 0 0 PERSON 3 O governo Trump: 1, Trump: 2
8 intimação 0 100 NONE 2 uma intimação: 2
9 veículo 0 25 NONE 2 um veículo preto: 1, O veículo: 1
10 hotel 80 0 NONE 2 hotel: 2