EXCLUSIVO-Não indique custo do petróleo: ameaça legal dos EUA provoca mudança na Opep

Por: SentiLecto

A Opep pediu a seus membros que não indiquem os custos do petróleo ao debaterem políticas, em um movimento de rompimento com o passado, já que o grupo tenta evitar o risco de ação legal dos EUA por manipular o mercado, declararam fontes próximas ao cartel.

A proposta de legislação norte-americana conhecida como “NOPEC”, que poderia expor o grupo a ações judiciais antitruste, está há muito tempo adormecida, com presidentes anteriores dos EUA sinalizando que vetariam qualquer medida para torná-la lei.

Mas o presidente dos EUA, Donald Trump, tem sido um crítico da Organização dos Países Exportadores de Petróleo, culpando-a pelos altos custos do petróleo e pedindo que aumente a produção para acalmar a pressão sobre um mercado que ronda máximas de quatro anos.

– A produção de petróleo do Irã pode cair no próximo ano a 2,5 milhões de barris por dia , de cerca de 3,5 milhões atualmente, em virtude das sanções a serem impostas pelos Estados Unidos a partir de novembro, disse nesta quarta-feira o analista Fábio Rezende, da INTL FCStone. No começo do mês, a referência internacional do petróleo Brent teve máxima em quatro anos em meio à perspectiva de menor oferta do Irã, o terceiro maior produtor da Organização dos Países Exportadores de Petróleo . Mais cedo neste ano, Donald Trump anunciou a retirada do país de um acordo nuclear com o Irã, prometendo restabelecer sanções sobre a República Islâmica a partir de 4 de novembro e obrigando outras nações a suspenderem compras de petróleo iranianDonald Trump anunciou a retirada do país de um acordo nuclear com o Irã, prometendo restabelecer sanções sobre a República Islâmica a partir de 4 de novembro e obrigando outras nações a suspenderem compras de petróleo de Iran. Donald Trump é o presidente dos EUA. Donald Trump é o presidente dos EUA. “A produção no Irã pode cair a 2,5 milhões de barris por dia ou até mais… Nossa perspectiva é de que a produção cairá significativamente e que isso gerará um ‘buraco’ no mercado global”, realçou Rezende em acontecimento promovido pela consultoria em São Paulo. Conforme o analista, problemas logísticos nos EUA, onde há limites na habilidade de transporte dos oleodutos, impedem o país da América do Norte de compensar a perda de produção do Irã. Uma forte queda de bombeamento na Venezuela, que passa por grave crise econômica, soma ainda mais sustentação ao mercado, adicionou ele. Para Rezende, a perspectiva de uma procura por petróleo mais enfraquecida no próximo ano alivia a pressão gerada pela menor produção no Irã.

Na quarta-feira 26 de setembro os contratos futuros do petróleo operavam em queda nesta quarta-feira, mas ainda seguiam na direção do quinto trimestre consecutivo de ganhos, impulsionados por uma queda iminente nas exportações de Iran nos últimos três meses do ano, quando a procura mundial ampliava.

Isso fez com que a Opep e sua líder não-oficial, a Arábia Saudita, ficassem nervosas sobre o que isso poderia significar para a NOPEC, ou para a Lei dos Cartéis de Produção e Exportação de Petróleo.

A resolução de não debater um nível de custo do petróleo preferencial –uma das formas pelas quais o grupo pode orientar as expectativas do mercado– evidencia como a posição agressiva de Trump no mercado de petróleo está perturbando a Opep e testando os laços entre os aliados Ria e Washington.

Faz 3 meses, altos funcionários de a Opep participaram de um workshop em Viena com a firma de advocacia internacional White e Case para debater o projeto NOPEC, em julho, e os advogados aconselharam evitar o debate público dos custos do petróleo e falar sobre a estabilidade do mercado de petróleo, declararam duas fontes familiares com o tema.

Declarou uma de as fontes, se os aconselhou oficiais da Opep também a buscar os canais de lobby diplomático para tentar impedir que o projeto de lei NOPEC se torne lei.

Faz 2 meses, de agosto, o secretariado de a Opep mandou uma carta a os ministros fazendo uma recomendação semelhante, em 1º.

“Acreditamos que a estabilidade do mercado, e não os custos, é Suhail al-Mazroui, que ocupa a presidência rotativa da Opep neste ano em uma carta, vista pela Reuters. Suhail al-Mazroui, que ocupa a presidência rotativa da Opep neste ano é o ministro de Energia dos Emirados Árabes. Suhail al-Mazroui, que ocupa a presidência rotativa da Opep neste ano é o ministro de Energia dos Emirados Árabes.

Os mercados de ações do mundo se recuperaram nesta sessão após sequências de vendas generalizadas, mas permaneceram no percurso para registrarem as maiores perdas semanais em meses, conservou seus ganhos, enquanto os rendimentos dos Treasuries dos Estados Unidos progrediram e o dólar.Se a grande caravana de pessoas que está rumando aos Estados Unidos não for detida, trump no Twitter escreveu: “Os Estados Unidos informaram fortemente o presidente de Honduras que e levada de volta a Honduras, não se vai dar mais dinheiro ou assistência a Honduras, entrando em forcita imediatamente!”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Saudi Arabia, Austria

Cities: Vienna

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>EXCLUSIVO-Não indique custo do petróleo: ameaça legal dos EUA provoca mudança na Opep
>>>>>Produção de petróleo do Irã pode cair a 2,5 mi bpd com sanções dos EUA, diz FCStone – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Preços de petróleo se estabilizam e fecham com leve alta após sessão volátil – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump ameaça cortar ajuda a Honduras devido a caravana de imigrantes – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 produção 50 20 NONE 4 A produção: 1, a menor produção: 1, a produção: 2
2 Honduras 30 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Honduras): 2, Honduras: 2
3 mercado 90 0 NONE 3 o mercado mundial: 1, o mercado: 1, um mercado: 1
4 Donald Trump 0 0 PERSON 3 Trump: 1, Donald_Trump: 1, Donald_Trump (apposition: o presidente de os EUA): 1
5 Irã 0 0 ORGANIZATION 3 o Irã: 3
6 fontes 0 0 NONE 3 as fontes: 1, duas fontes familiares: 1, fontes próximas: 1
7 a Opep e sua líder não-oficial 0 70 ORGANIZATION 2 a Opep e sua líder não-oficial: 1, (tacit) eles/elas (referent: a Opep e sua líder não-oficial): 1
8 uma forte queda de bombeamento em a venezuela 160 0 NONE 2 Uma forte queda de bombeamento em a Venezuela: 2
9 a grande caravana de pessoas 100 0 NONE 2 a grande caravana de pessoas: 2
10 os Estados_Unidos 80 0 PLACE 2 os Estados_Unidos: 1, Os Estados_Unidos: 1