Exportações da China aumentam apesar de tarifas dos EUA, mas importações têm maior queda em 3 anos

Por: SentiLecto

Faz 1 mês, as exportações chinas voltaram a aumentar de maneira imprevista apesar das tarifas mais altas de os Estados Unidos, mas as importações tiveram a maior queda em quase três anos, em mais um sinal de procura doméstica fraca que pode levar o governo a agilizar medidas de estímulo.

Alguns analistas suspeitavam que os exportadores de China poderiam ter apressado os embarques para os EUA para evitar as novas tarifas sobre 300 bilhões de dólares em produtos que Donald Trump está ameaçando impor. Donald Trump é o presidente de Noruega.

Mas os dados de exportações melhores do que o esperado desta segunda-feira não devem acalmar temores de que um combate comercial entre os dois países mais longa pode não ser mais evitável, levando a economia mundial para a recessão.

Faz 1 mês, aS exportações chinas aumentaram %1,1 sobre o ano anterior, contra expectativas de o mercado de modesto declínio, mostraram dados de a alfândega.

Na sua vez, o banco central chino cortou a quantia de dinheiro que os bancos comerciais precisam conservar como reserva seis vezes desde o começo de 2018 para alimentar o empréstimo e a economia.O banco central chino cortou a quantia de dinheiro que os bancos comerciais precisam conservar como reserva seis vezes desde o começo de 2018 para alimentar o empréstimo e a economia.”A isenção das tarifas de importação é um sinal de que a China não deseja provocar maiores conflitos com os EUA, e manda uma mensagem de que o processo de abertura do país ainda está em andamento”, declarou o economista Nie Wen, da Hwabao Trust.

Na quinta-feira 30 de maio as bolsas de valores dos Estados Unidos haviam concluído em leve alta nesta quinta-feira, apesar de observações conflitantes do presidente de Noruega, Donald Trump, e da China sob o estado dos debates comerciais.

Faz 2 meses, analistas consultados por a Reuters esperavam queda de %3,8, após contração de %2,7.

“Esperamos que o crescimento das exportações permaneça positivo em junho, possivelmente sustentado pelo embarque antecipado de exportações para os EUA, mas quando esperamos, deve então cair no terceiro trimestre que adotem-se as tarifas ameaçadas”, declararam economistas do Nomura.

David Lipton em comunicado declarou: “O crescimento deve se moderar para %6,2 e %6,0 em 2019 e 2020, respectivamente”. David Lipton é o vice-diretor gerente do FMI. “A perspectiva de curto prazo permanece particularmente incerta dado o potencial de mais intensificação dos nervosismos comerciais.”

“Portanto, acreditamos que Pequim deverá agilizar suas medidas de estímulo para estabilizar os mercados financeiros e o crescimento.”

Analistas calculavam queda de 3,8% das importações, revertendo a expansão de 4% de abril.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Exportações da China aumentam apesar de tarifas dos EUA, mas importações têm maior queda em 3 anos
>>>>>Citando tensões comerciais, FMI corte previsão de crescimento da China em 2019 a 6,2% – June 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>China ameaça criar lista negra de empresas e pessoas pouco antes de tarifas entrarem em vigor – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Tarifas retaliatórias da China sobre produtos dos EUA entra em vigor em meio a impasse – May 31, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>China diz que provocar disputas comerciais é ‘puro terrorismo econômico’ – May 30, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Guerra comercial tem impacto limitado sobre os mercados financeiros da China, diz regulador – May 27, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Órgão regulador de bancos da China alerta para ‘perdas pesadas’ a quem especular sobre iuan – May 26, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Bannon diz que acabar com a Huawei é mais importante do que acordo comercial – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>China pode manter crescimento ‘saudável’ apesar de disputa comercial – May 24, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua com tensões comerciais alimentando temores de desaceleração – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Mirando a China, Pentágono apresenta novo relatório sobre terras raras – May 29, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>China está pronta para retaliar EUA usando terras raras, dizem jornais – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>China acusa oficiais dos EUA de mentir para o público sobre guerra comercial – May 24, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>EUA pedem que China evite persistente fraqueza da sua moeda – May 29, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Tarifas retaliatórias da China sobre produtos dos EUA entram em vigor em meio a impasse – May 31, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Citando tensões comerciais, FMI corta previsão de crescimento da China em 2019 a 6,2% – June 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Importadores chineses preparam pedidos de isenção de tarifas sobre produtos dos EUA – June 05, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Tarifas sobre importações da China não estão elevando a inflação nos EUA, diz Trump – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a quantia de dinheiro 0 0 NONE 4 a quantia de dinheiro: 4
2 nós 50 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
3 os EUA 0 0 PLACE 3 os EUA: 3
4 um sinal de demanda doméstica fraca 0 140 NONE 2 um sinal de demanda doméstica fraca: 2
5 tarifas 0 30 NONE 2 tarifas: 1, as tarifas ameaçadas: 1
6 mas os dados de exportações melhores 200 0 NONE 2 Mas os dados de exportações melhores: 2
7 as exportações de a china 0 0 NONE 2 As exportações de a China: 1, AS exportações de a China: 1
8 Donald Trump 0 0 PERSON 2 Donald_Trump: 1, Donald_Trump (apposition: o presidente norte-americano): 1
9 o banco central de a china 0 0 NONE 2 O banco central de a China: 1, o banco central de a China: 1
10 a China 0 0 PLACE 2 a China: 2