Governo do Rio não tem data para definir reajuste do piso regional para dois milhões de trabalhadores

Por: SentiLecto

Com 15 dias de governo, Wilson Witzel ainda não decidiu qual vai ser o percentual de reajuste do piso regional em 2019 para cerca de dois milhões de trabalhadores da iniciativa privada no Estado do Rio. A informação é da Casa Civil estadual. O valor corrigido deverá ser pago pelos patrões de maneira retroativa a 1º de janeiro.

Witzel e Carvalho estão inquietado com o déficit fiscal calculado para 2019. Técnicos do governo já informaram ao governador quer a previsão de R$ 8 bilhões de déficit para este ano pode ser ainda maior, chegando a R$ 10 bilhões. O Estado, portanto, deverá tirar do papel chances que estão calculadas no Plano de Recuperação Fiscal, como, por exemplo, a prorrogação da concessão da Ceg e da Ceg-Rio.

Na quarta-feira 09 de janeiro Não haveria antecipação do salário de dezembro para boa parte dos funcionários públicos do Estado do Rio. Segundo o próprio governo, tudo mencionava que o vencimento seria pago em 15 de janeiro, 10º dia útil ao mês seguinte trabalhado. De acordo com o governador Wilson Witzel, o Rio tem poucos dias para preencher um rombo apreciável.

Faz 1 mês, durante as negociações de o ano passado, representantes de os empregados pediram %8,7 de ampliação, mas os empregadores só se dispuseram a conceder 1,22% de correção. Os trabalhadores ainda exibiram uma contraproposta, de 6,95%, mas a sugestão não foi aceita.

O governador em exercício no fase, Francisco Dornelles, decidiu não mandar uma proposta de percentual à Assembleia Legislativa do Rio , deixando a dresoluçãoa cargo do eleito. Vai caber a Witzel, agora, fixar um índice de ampliação e mandar a mensagem para a aprovação dos deputados estaduais, que terão que tomar posse em fevereiro.

O governador Wilson Witzel receberá, hoje, todo o seu secretariado para reunião que irá exibi medidas para controlar o Orçamento e, principalmente, incrementar a receita do Estado nos próximos meses. A apresentação principal vai ficar sob a responsabilidade do secretário de Fazenda, Luiz Claudio Carvalho. Ele irá exibi diversas medidas que serão adotadas de imediato com o intuito de diminuir a sonegação de impostos e incrementar a arrecadação por meio da Dívida Ativa. Outras propostas também serão consolidas e há a chance do envio de projeto de lei, a partir de fevereiro, para avaliação da Assembleia Legislativa do Rio .

Faz 1 ano, não houve consenso, em 2018

No ano passado, também houve queda de braço entre os patrões e os empregados. Na época, os empresários votaram pela manutenção do piso regional no platô em que estava, e os empregados pediram 6,8% de reajuste.

O governo do estado, por sua vez, sugeriu uma ampliação de 2,52%, percentual inferior a inflação acumulada de 2017, que foi de 2,95%. Mas, ao chegar à Alerj, o texto recebeu emendas que eaumentaramo percentual de aampliaçãopara 5%. Faz 10 meses, o governador Pezão sancionou o novo valor exclusivamente.

Vetaram-se algumas categorias em a lei de o piso regional em 2018 : técnicos de nível médio regularmente inscritos em os conselhos regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, marinheiros de esportes e recreio, e jornalistas.

Faz 1 dia, se publicou Flavio Bolsonaro o veto integral a o Projeto de Lei 1.339 de o então deputado estadual, em o Diário Oficial do Estado de esta segunda-feira, dia 15.O governador, no entanto, vetou o artigo 3º do projeto de lei que previa multa de 20 UFIR-RJ por cada protocolo não entregue ao cliente e de 35 UFIR-RJ para cada ausência no registro. Cada UFIR-RJ corresponde a R$ 3,29.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Governo do Rio não tem data para definir reajuste do piso regional para dois milhões de trabalhadores
>>>>>Reunião neste sábado vai definir ações do governo do Estado para elevar a receita – January 12, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Governador do Rio veta projeto que previa entrega de documento do veículo via Correios – January 15, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Witzel veta proposta que permitia parcela conta da Cedae antes do vencimento da fatura – January 15, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Witzel veta proposta que permitia parcelar conta da Cedae antes do vencimento da fatura – January 15, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Detran-RJ vai divulgar regras para motorista fazer autodeclaração sem vistoria nesta 6ª feira – January 10, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Redução de idade para ser considerado idoso no Rio não amplia passe livre – January 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Prefeitura do Rio reduz idade para idoso ter acesso a benefícios de 65 para 60 anos – January 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Serviços de assistência técnica do Rio ficam obrigados a fornecer protocolo de atendimento aos clientes – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Wilson Witzel 50 0 PERSON 3 o governador Wilson_Witzel: 1, O governador Wilson_Witzel: 1, Wilson_Witzel: 1
2 aumento 0 0 NONE 3 um aumento de %2,52: 1, aumento: 2
3 governador 0 0 NONE 3 O governador: 2, o governador: 1
4 valor 150 30 NONE 2 O valor corrigido: 1, O novo valor: 1
5 Luiz Claudio Carvalho 0 0 PERSON 2 Luiz_Claudio_Carvalho: 1, Ele (referent: Luiz_Claudio_Carvalho): 1
6 emendas 0 0 NONE 2 emendas: 2
7 empregados 0 0 NONE 2 os empregados: 2
8 governo 0 0 NONE 2 o próprio governo: 1, governo: 1
9 inflação 0 0 NONE 2 a inflação acumulada de 2017: 2
10 medidas 0 0 NONE 2 medidas: 1, diversas medidas: 1