Greve dos caminhoneiros afetou concessão de crédito a companhias pelo BB, declara CEO

Por: SentiLecto

– A greve dos caminhoneiros suspendeu momentaneamente o ritmo de crescimento do crédito do Banco do Brasil para companhias, declarou nesta quarta-feira o presidente-executivo do banco, Paulo Caffarelli. O executivo a jornalistas ao ser questionado sobre o tema admitiu: “Deu uma estagnada no crédito a companhias”. De acordo com Caffarelli, no entanto, as concessões de financiamentos no BB para companhias estão recomeçando o ritmo e por enquanto o banco não vê necessidade de revisar suas previsões para o acumulado de 2018. Já a paralisação para o varejo não atingiu os empréstimos de os caminhoneiros , declarou ele.

– O Banco do Brasil anunciou nesta quarta-feira um acordo de 86 milhões de reais com a EDP no mercado livre de energia. O contrato, que envolve 400 GWh para 24 construções do BB em 14 Estados do país, tem duração calculada de cinco anos, o que tem que gerar uma economia total de cerca de 50 milhões de reais para o banco. O BB gasta cerca de 450 milhões de reais por ano com consumo de energia elétrica. Segundo o presidente-executivo do BB, Paulo Caffarelli, à medida faz parte dos esforços da ecompanhiapara rdiminuircpreços Caffarelli a jornalistas ao anunciar o acordo. declarou: “A ordem é agredi a eficiência operacional”. Segundo ele, novas iniciativas para diminuir as despesas com energia elétrica estão sendo preparadas, como a utilização de energia solar em algumas das novas agências do BB. – O Banco do Brasil anunciou nesta sexta-feira que aumentou sua participação do Banco Patagonia para 80,38 por cento, após três acionistas minoritários no banco argentino terem exercido alternativa de vender para a instituição brasileira a fatia conjunta equivalente a 21,42 por cento no negócio. Em fato pertinente, o BB alegou ter sido informado que os acionistas Jorge Guillermo Stuart Milne, Ricardo Alberto Stuart Milne e Emilio Carlos González Moreno exerceram a alternativa de venda de suas fatias no Banco Patagonia para o banco brasileiro. O custo de exercício da alternativa de venda é de 1,314 dólar por ação, adicionando um total de 202,375 milhões de dólares. – O Banco do Brasil BBAS3.SA> anunciou nesta sexta-feira que fez uma permuta de imóveis com a Secretaria do Patrimônio da União, do Ministério do Planejamento. Na troca, o BB recebeu um terreno avaliado em 162 milhões de reais e transferiu imóveis situados em Brasília, Campo Grande, Porto Alegre e Rio de Janeiro. O banco em comunicado alegou: “Estima-se que a permuta vai impactar positivamente o resultado do segundo trimestre em 73 milhões de reais, líquidos de impostos”.

Na terça-feira 29 de maio – As operações de crédito do Banco do Brasil ainda não foram afetadas em função da greve dos caminhoneiros, declarou o presidente-executivo do banco, Paulo Caffarelli, a jornalistas. “Por enquanto não havia tido efeito”, havia declarado o executivo, explicando durante fórum de inverstimentos em São Paulo que as projeções do grupo para 2018 estavam sendo conservadas.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Greve dos caminhoneiros afetou concessão de crédito a companhias pelo BB, declara CEO
>>>>>BB assina acordo com EDP no mercado de energia livre – (Extraoglobo-pt)
>>>>>BB eleva participação em argentino Banco Patagonia para 80,4% – June 15, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>BB faz permuta de imóveis com Ministério do Planejamento; operação terá impacto positivo de R$73 mi no 2º tri – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 esta 0 50 NONE 6 esta: 6
2 BB 120 0 ORGANIZATION 5 o BB: 3, ele (referent: o BB): 1, O BB: 1
3 Paulo Caffarelli 70 0 PERSON 5 Paulo_Caffarelli (apposition: o presidente-executivo de o banco): 1, Caffarelli: 2, Paulo_Caffarelli: 2
4 banco 0 0 NONE 4 o banco argentino: 1, o banco: 3
5 Banco do Brasil 80 0 ORGANIZATION 3 O Banco_do_Brasil: 3
6 empresas 0 0 NONE 3 empresas: 3
7 jornalistas 0 0 NONE 3 jornalistas: 3
8 executivo 0 36 NONE 2 o executivo: 2
9 Porto Alegre 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: Porto_Alegre): 2
10 caminhoneiros 0 0 NONE 2 os caminhoneiros: 2