Ibovespa fecha em queda por receios sobre suporte à reforma da Previdência

Por: SentiLecto

– O principal índice da bolsa paulista fechou em baixa nesta quinta-feira, pressionado pela volta dos receios de que o governo não tenha votos suficientes para colocar a proposta da reforma da Previdência em eleição na próxima semana na Câmara dos Deputados. O Ibovespa .BVSP> fechou em baixa de 1,07 por cento, a 72.487 pontos, mas longe da mínima, quando caiu 2,61 por cento. O giro financeiro adicionou 9,05 bilhões de reais. Depois que o PMDB fechou questão em defesa da reforma, a piora do humor nesta sessão veio após o Ibovespa concluir em alta de 1 por cento na véspera, com a renovação dos ânimos sobre a reforma da Previdência. Os ânimos voltaram a esfriar nesta sessão, no entanto, diante das dúvidas em relação à quantidade de votos em asuporteà reforma. Uma liderança governista declarou à Reuters que as cpossibilidadesde veleiçãoda reforma da Previdência na próxima semana estão menores, devido a resistências de partidos aliados como o PRB, o PR e o PSD. Na véspera, o governo do presidente Michel Temer protelou para esta quinta-feira uma resolução sobre se a nova versão da reforma da Previdência seria colocada em eleição no plenário da Câmara na próxima semana. A medida precisa de pelo menos 308 votos para passar na Câmara. “O mercado está bem atento a cada palavra. Se alguém falar que tem os votos necessários, ou que a eleição foi marcada, o bom humor volta”, declarou o administrador de renda mutável da corretora H.Commcor Ari Santos. DESTAQUES – PETROBRAS PN PETR4.SA> caiu 1,68 por cento e PETROBRAS ON PETR3.SA> perdeu 0,88 por cento, cedendo ao mau humor no mercado, apesar do tom mais positivo para os custos do petróleo no mercado internacional. – VALE ON VALE3.SA> teve baixa de 1,17 por cento, em sessão de perdas para os contratos futuros do minério de ferro na China. – BANCO DO BRASIL ON BBAS3.SA> caiu 3,87 por cento, na pior performance para o setor bancário dentro do Ibovespa e entre as maiores quedas do índice. BRADESCO PN BBDC4.SA> recuou 0,72 por cento e ITAÚ UNIBANCO PN ITUB4.SA> perdeu 0,33 por cento. Já SANTANDER UNIT SANB11.SA> abandonou as perdas vistas mais cedo e fechou com ganhos de 0,51 por cento. – JBS JBSS3.SA> recuou 2,16 por cento em dia de apresentação da empresa a investidores e analistas. No encontro, executivos alegaram que o grupo ainda avalia como prioridade listagem em Nova York de sua subsidiária norte-americana e que a unidade Seara está aproveitando os sinais de recuperação na economia de Brasil para aumentar o custo médio de seus produtos. Também no radar estava a informação que o BNDESPar pode vender ações da JBS. – EMBRAER ON EMBR3.SA> subiu 1,51 por cento, liderando a ponta positiva do índice, com os ganhos amparados na alta do dólar frente ao real, que nesta sessão voltou a se aproximar de 3,30 reais diante dos receios em torno do progressão da reforma da Previdência. – MAGAZINE LUIZA ON MGLU3.SA>, que não faz parte do Ibovespa, disparou 10,55 por cento, diante da visão mais otimista sobre a companhia após encontro com analistas e investidores acontecido mais cedo.

– O principal índice da bolsa paulista operava no azul nesta segunda-feira, com alguma expectativa de que a eleição da reforma da Previdência poderá acontecer ainda este ano, em sessão que tinha as ações da Vale entre as maiores influências positivas. Às 11:28, o Ibovespa subia 0,83 por cento, a 72.861,5193354 pontos. O giro financeiro era de 1,084 bilhão de reais. Rodrigo Maia adotou um tom mais otimista sobre o andamento da reforma na noite passada, após reunião com o presidente Michel Temer, líderes e presidentes de partidos da base aliada e ministros, alegando que as lideranças das siglas que dão sustentaçãoRodrigo Maia adotou um tom mais otimista sobre o andamento da reforma na noite passada, após reunião com o presidente Michel Temer, líderes e presidentes de partidos da base aliada e ministros, alegando que as lideranças das siglas que dão sustentação a Temer demonstraram suporte na reforma. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara dos Deputados. Rodrigo Maia é o presidente da Câmara dos Deputados.Maia declarou esperar ter uma ideia até a próxima quinta-feira de quantos votos favoráveis à reforma da Previdência há na Casa. Apesar da leve melhora no humor, no entanto, o tom de precaução ainda segue rondando os negócios, e espera-se a volatilidade ao longo dos próximos dias, de olho em toda a movimentação para emplacar a eleição em primeiro turno em a Câmara dos Deputados este ano ainda. Segundo operadores, o receio é que se o processo for totalmente protelado para 2018, ano eleitoral, o o obstáculo de aprovar a reforma vai ser maior. Os analistas da corretora Magliano, em nota a clientes escreveram: “Assim, os agentes do mercado irão seguir a semana com luz amarela e com o dedo no gatilho”. No exterior, o humor também é mais favorável após o Senado dos Estados Unidos aprovar no sábado uma extensa reforma tributária, em um triunfo para o presidente Donald Trump. No que tem que ser a maior reforma tributária dos EUA desde a década de 1980, os republicanos desejam ampliar a dívida nacional de 20 trilhões de dólares em 1,4 trilhão ao longo de 10 anos para financiar as mudanças, que eles declaram impulsionarão ainda mais uma economia já em crescimento. DESTAQUES – VALE ON subia 2,62 por cento, após os fortes ganhos para os contratos futuros do minério de ferro na China, que dispararam nesta sessão devido a cortes de produção ordenados por Pequim, que têm gerado uma oferta restrita de alguns produtos. – USIMINAS PNA progredia 1,46 por cento, GERDAU PN tinha alta de 1,72 por cento e CSN ON ganhava 1,48 por cento, também na esteira dos ganhos dos contratos futuros de minério de ferro e de aço na China. – BRADESCO PN subia 1,72 por cento e ITAÚ UNIBANCO PN tinha alta de 1,21 por cento, auxiliando o tom positivo do índice devido ao peso em sua composição. Os demais bancos que fazem parte do Ibovespa também mostravam ganhos, com SANTANDER UNIT em alta de 0,68 por cento e BANCO DO BRASIL ON progredindo 2,4 por cento. – PETROBRAS PN caía 0,26 por cento e PETROBRAS ON tinha perda 0,74 por cento, tirando força do índice devido à participação em sua composição, em sessão de perdas para os pcustosdo petróleo no mercado internacional. – O principal índice da bolsa paulista fechou em alta nesta segunda-feira, com a melhora do humor em relação ao andamento da reforma da Previdência dando alento aos negócios, em sessão que teve as ações da Vale entre as principais influências positivas devido aos ganhos do minério de ferro. Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou em alta de 1,37 por cento, a 73.256 pontos. O giro financeiro era de 6,99 bilhões de reais. – O principal índice da bolsa paulista fechou em alta nesta segunda-feira, com a melhora do humor em relação ao andamento da reforma da Previdência dando alento aos negócios, em sessão que teve as ações da Vale entre as principais influências positivas devido aos ganhos do minério de ferro. Com base em dados preliminares, o Ibovespa fechou em alta de 1,37 por cento, a 73.256 pontos. O giro financeiro era de 6,99 bilhões de reais.

Na quarta-feira 29 de novembro – O principal índice da bolsa paulista caiu quase 2 por cento e voltou a ficar abaixo dos 73 mil pontos, com a ampliação das incertezas em torno das negociações sobre a reforma da Previdência. O Ibovespa havia fechado em queda de 1,94 por cento, a 72.700 pontos, menor platô de encerramento em duas semanas. O giro financeiro do pregão havia adicionado 9,72 bilhões de reais. As oscilações do mercado têm sido fortemente influídas pelo noticiário político. Nesta sessão, as declarações do ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, haviam estimulado precaução. O ministro havia alegado que o PSDB não estava mais na base do governo e havia declarado ainda que não via chance de novas concessões sobre a reforma da Previdência, embora tenha realçado que o governo esperava uma eleição da proposta na Câmara dos Deputados já na próxima semana. “As observações haviam vindo para alimentar mais a incerteza… O lado político continuava com a indefinição”, havia declarado Raphael Figueredo adicionando que o humor do pregão havia sido pressionado ainda pela queda nos custos do petróleo, que haviam derrubado as ações da Petrobras. Raphael Figueredo é o sócio analista da Eleven Financial. que haviam derrubado as ações da Petrobras. Também reforçando a visão de obstáculo diante do calendário apertado, o líder do governo na Câmara, Aguinaldo Ribeiro , alegou no fim da tarde que o prazo limite para votar a reforma da Previdência neste ano é a penúltimde trabalhos no Congresso, ou seja, 15 de dezembro, já que os últimos dias de sessões do Lesgislativo serão dedicados à votação do Orçamento. DESTAQUES – CPFL ENERGIA ON caiu 6,89 por cento, liderando as perdas do Ibovespa, na véspera da oferta pública de aquisição das ações pela chinesa State Grid. O prazo para definir a titularidade das ações para participar da OPA havia vencido na sexta-feira, diminuindo a liquidez dos papéis, uma vez que as ações negociadas ficavam de fora da oferta. – PETROBRAS PN havia caído 3,22 por cento e PETROBRAS ON havia tido baixa de 2,27 por cento, em sessão negativa para os custos do petróleo no mercado internacional. [O/R] – ITAÚ UNIBANCO PN perdeu 2,06 por cento e BRADESCO PN teve baixa de 1,91 por cento. BANCO DO BRASIL ON havia cedido 4,53 por cento, após o Citi cortar o preço-alvo da ação do banco de 42 para 39 reais. – valia ON havia recuado 1,52 por cento, na contramão dos contratos futuros do minério de ferro na China, que haviam fechado em alta, mas com os ganhos recentes da ação abrindo espaço para ajustes. O papel havia subido em sete dos últimos oito pregões, fase em que havia acumulado ganhos de 12,7 por cento. Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: China, Brazil

Cities: Americana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ibovespa fecha em queda por receios sobre suporte à reforma da Previdência
>>>>>Bovespa sobe com melhora em humor sobre Previdência e ganhos da Vale – December 04, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Dólar sobe 1% e vai a R$3,27 com temor sobre Previdência – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Incerteza com Previdência pesa e Ibovespa cai abaixo dos 72 mil pontos; perda no mês é de 3,4% – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ibovespa fecha no azul após perdas recentes, de olho na Previdência – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ibovespa sobe com melhora de humor sobre Previdência; Vale é destaque positivo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Índice sobe com melhora de humor sobre Previdência; Vale é destaque positivo – December 04, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Incerteza com Previdência pesa e Ibovespa cai dos 72 mil pontos; perda no mês é de 3,7% – November 30, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ibovespa cai quase 2%, para baixo dos 73 mil pontos, por incertezas sobre Pevidência – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 50 10 NONE 14 (tacit) eu: 14
2 por_cento 0 0 NONE 14 2,61 por_cento: 1, 3,87 por_cento: 1, 4,53 por_cento: 1, 10,55 por_cento: 1, 2,4 por_cento: 1, 1,46 por_cento: 1, 0,33 por_cento: 1, 1,51 por_cento: 1, 0,88 por_cento: 1, 2,16 por_cento: 1, por_cento: 1, 1,52 por_cento: 1, 0,74 por_cento: 1, 1,48 por_cento: 1
3 SA 245 0 ORGANIZATION 13 SA e: 1, SA: 10, (tacit) ele/ela (referent: SA e): 2
4 sessão 0 70 NONE 11 sessão: 6, sessão negativa: 1, esta sessão: 4
5 On Petrobras 0 0 PERSON 8 On: 1, brasil On: 3, Embraer_On: 1, ON: 1, Petrobras_Pn: 2
6 Ibovespa 0 0 ORGANIZATION 6 o Ibovespa: 3, Ibovespa: 1, O Ibovespa: 2
7 o principal índice de a bolsa paulista 410 30 NONE 5 O principal índice de a bolsa paulista: 5
8 pontos 0 0 NONE 5 72.700 pontos: 1, 73.256 pontos: 2, 72.487 pontos: 1, 73_mil pontos: 1
9 a China 0 0 PLACE 4 a China: 4
10 esta 0 0 NONE 4 esta: 4