Ibovespa renova máxima de encerramento de olho em noticiário corporativo; BB é destaque positivo

Por: SentiLecto

– O principal índice da bolsa paulista emplacou o sétimo pregão seguido no azul, de olho no noticiário corporativo e tendo as ações do Banco do Brasil entre os principais destaques positivos após a divulgação de balanço. O Ibovespa subiu 0,74 por cento nesta quinta-feira, renovando a máxima de encerramento aos 86.686 pontos, após subir 1,29 por cento no melhor momento do dia. O giro financeiro adicionou 11,13 bilhões de reais. O mercado acionário local vem sustentando o recente viés positivo amparado na perspectiva de recuperação da economia e por fluxo de investimento tanto externo como interno. “Aqui a gente tem o adicional de colheita de resultados. Mas o mercado ainda está com muito volatilidade e está difícil pontuar por fundamentos”, declarou o analista de investimentos da Magliano Pedro Galdi. A volatilidade acontece na esteira, principalmente, do cenário externo, após as fortes altas em janeiro seguidas por perdas acentuadas e oscilações bruscas. DESTAQUES – BANCO DO BRASIL ON subiu 3,11 por cento, entre as maiores altas do índice, após resultado do quarto trimestre que mostrou lucro líquido adaptado de 3,188 bilhões de reais, salto de 82,5 por cento ante igual fase de 2016. O lucro contábil progrediu 222,7 por cento na mesma base, a 3,108 bilhões de reais. – ELETROBRAS ON teve alta de 2,31 por cento e ELETROBRAS PNB ganhou 2,19 por cento, em mais um dia positivo diante da perspectiva em torno da privatização da elétrica, após o governo colocar o assunto entre as medidas importantes para adaptar as contas públicas. – ULTRAPAR ON, que subiu 2,42 por cento e PETROBRAS ON ganhou 2,99 por cento, seguindo o tom mais favorável para o mercado local e ganhando mais impulso conforme os custos internacionais do petróleo também migraram para o azul e se fortaleceram ao longo da tarde, fechou em leve alta de 0,13 por cento, em sessão marcada por volatilidade para os papéis da companhia, com alta de 1,41 por cento na máxima e queda de 1,96 por cento na mínima, tendo no radar o resultado do quarto trimestre e os observações da companhia sobre perspectivas para este ano. A Ultrapar avalia que sua principal divisão de negócios está cruzando um primeiro trimestre mais difícil que o esperado, diante de uma recuperação da economia em velocidade abaixo das expectativas do grupo. Sua principal divisão de negócios é a rede de postos de combustíveis Ipiranga. – ITAÚ UNIBANCO PN subiu 0,55 por cento e BRADESCO PN ganhou 0,6 por cento, dando respaldo aos ganhos do índice devido ao peso desses papéis em sua composição, mas longe das máximas da sessão. – VALE ON teve alta de 1,94 por cento, em pregão de alta para o minério de ferro na Bolsa de Dalian, na volta do feriado na China.

– O conglomerado Ultrapar avalia que sua principal divisão de negócios está cruzando um primeiro trimestre mais difícil que o esperado diante de uma recuperação da economia em velocidade abaixo das expectativas da companhia. Sua principal divisão de negócios é a rede de postos de combustíveis Ipiranga. Em teleconferência com analistas, André Pires Dias alegou que o ambiente tem que impactar a evolução do lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização do fase. André Pires Dias é o vice-presidente financeiro da Ultrapar. – Faz 1 ano, a BB Seguridade registrou lucro líquido adaptado de 941 milhões de reais ante 1,075 bilhão de reais em o mesmo fase de 2016, informou a companhia nesta segunda-feira. Faz 1 ano, o lucro líquido adaptado foi de 3,911 bilhões de reais, queda de 4,8 por cento ante o lucro de 4,107 bilhões de reais em 2016, em todo o ano de 2017. Para o ano de 2018, o braço de seguros do Banco do Brasil calcula variação do lucro líquido adaptado entre queda de 2 por cento e alta de 2 por cento, de acordo com fato pertinente divulgado nesta segunda-feira. – Faz 1 ano, a BB Seguridade registrou lucro líquido adaptado de 941 milhões de reais, queda de 12,5 por cento ante resultado positivo de 1,075 bilhão de reais no mesmo fase de 2016, informou a companhia nesta segunda-feira. Faz 1 ano, o lucro líquido adaptado foi de 3,911 bilhões de reais, queda de 4,8 por cento ante o lucro de 4,107 bilhões de reais em 2016, em o acumulado de 2017. O braço de seguros do Banco do Brasil nesta segunda-feira declarou: “Em 2017 , os índices impactaram principalmente por a queda de a taxa Selic e de os índices de inflação , o que levou o resultado financeiro combinado de as companhias de o grupo a uma queda de 12,2 por cento quando comparado ao exercício anterior”. Para o ano de 2018, a BB Seguridade calcula variação do lucro líquido adaptado entre queda de 2 por cento e alta de 2 por cento, de acordo com fato pertinente divulgado nesta segunda-feira.

Na quinta-feira 01 de fevereiro – O principal índice de ações da B3 fechou em alta nesta quinta-feira, em movimento guiado pelas ações da Petrobras, enquanto Bradesco foi destaque negativo após resultado trimestral. O Ibovespa havia subido 0,69 por cento, a 85.495 pontos. O volume financeiro havia sido novamente forte e havia totalizado 12,3 bilhões de reais. Profissionais da área de renda mutável escutados pela Reuters mencionavam tanto investidores estrangeiros como locais adquirindo ações de Brasil nesta sessão. Faz 1 mês, dados de fluxo de a B3 mostravam entrada líquida de mais de 9 bilhões de reais em a bolsa de Brasil este ano. E o fato de os papéis domésticos ainda não estarem exatamente cara para essa classe de investidor endossava apostas de novas altas no pregão. Embora não descartem algum respiro, estrategistas de renda mutável de modo geral têm um cenário de permanência do tom positivo na bolsa em fevereiro, com base na perspectiva de retomada econômica e entrada de recursos de estrangeiros. Faz 1 mês, em seu relatório gerencial de o fundo Adam Icatu Previdenciário Fic Fim, a equipe de a Adam Capital havia realçado que a forte presença de investidores estrangeiros havia fortalecido a boa desempenho de os ativos de Brasil em o mês passado, com destaque para a posição adquirida em bolsa de valores, que, em a visão de eles ” ainda tem muito espaço para valorização “. DESTAQUES – PETROBRAS PN e PETROBRAS ON progrediram 4,16 e 3,90 por cento, respectivamente, tendo como pano de fundo a alta dos custos petróleo no exterior e relatório do Goldman Sachs aumentando a recomendação das ações da empresa de ‘venda’ para ‘neutra’ – BRADESCO PN e BRADESCO ON caíram 2,65 e 2,87 por cento, entre as maiores quedas do índice, em meio à reação negativa para o resultado trimestral do banco, que, entre outros pontos, mostrou aampliaçãonas provisões para perdas com calotes. ITAÚ UNIBANCO havia subido X por cento. – BB SEGURIDADE havia subido 2,6 por cento, em meio à notícia do jornal O Estado de São Paulo de cfinalizaçãoda renegociação da parceria entre o Banco do Brasil e a ede Espanhade EspanhaMapfre, que d devia recompraras participações que e estavamsob o guarda-chuva da Mapfre BB SH2, coligada da BB Seguridade. – CIELO havia fechado com acréscimo de 0,33 por cento antes da divulgação de seu resultado, calculada para após o encerramento do mercado de Brasil. Analistas do Santander Brasil esperavam um recuperação morna nos números da companhia de meios de pagamentos a partir da aprimoramento do cenário macroeconômico. – CYRELA havia subido 3,67 por cento, com operadores mencionando desmonte de posições vendidas.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ibovespa renova máxima de encerramento de olho em noticiário corporativo; BB é destaque positivo
>>>>>Ultrapar vê recuperação da economia mais lenta que o esperado no 1ºtri – (Extraoglobo-pt)
>>>>>BB Seguridade tem lucro líquido ajustado de R$ 941 mi no 4º tri – February 19, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Mineradora Nexa Resources eleva receita em 27,4% no 4º tri para US$736,7 mi – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Lucro líquido ajustado da BB Seguridade encolhe 12,5% no 4º tri – February 19, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 por_cento 0 0 NONE 10 0,6 por_cento: 1, 3,67 por_cento: 1, 0,69 por_cento: 1, 222,7 por_cento: 1, 2,6 por_cento: 1, 2,99 por_cento: 1, 2,19 por_cento: 1, 0,13 por_cento: 1, por_cento: 1, 0,74 por_cento: 1
2 lucro 425 0 NONE 8 o lucro de 4,107_bilhões: 2, lucro líquido ajustado de 941_milhões: 2, o lucro líquido ajustado: 2, o lucro líquido: 1, O lucro contábil: 1
3 esta 0 0 NONE 7 esta: 7
4 BB Seguridade 290 0 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: a BB_Seguridade): 1, a BB_Seguridade: 2, A BB_Seguridade: 2, BB_SEGURIDADE: 1
5 On Petrobras 80 0 PERSON 6 On: 1, Ultrapar_On: 2, Eletrobras_On: 1, (tacit) ele/ela (referent: Eletrobras_On): 2
6 Itaú Unibanco Pn 0 0 PERSON 4 Itaú_Unibanco: 1, (tacit) ele/ela (referent: Itaú_Unibanco_Pn): 2, Itaú_Unibanco_Pn: 1
7 volatilidade 50 170 NONE 3 volatilidade: 2, A volatilidade: 1
8 mercado 0 15 NONE 3 o mercado local: 1, O mercado acionário local: 1, o mercado: 1
9 eu 80 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
10 resultado 80 0 NONE 3 resultado trimestral: 1, resultado positivo de 1,075_bilhão: 1, seu resultado: 1