Índices caem após Fed esfriar apostas de um corte de juros no fim do ano

Por: SentiLecto

Os principais índices de ações dos Estados Unidos fecharam em baixa nesta quarta-feira e o S&P 500 quebrou uma série de três recordes seguidos, após observações do presidente do Federal Reserve, Jerome Powell, diminuírem esperanças de que se agitar, o banco central possa no final do ano.

Esperanças de uma determinação do combate comercial entre EUA e China, balanços corporativos positivos e um Federal Reserve “dovish” têm impulsionado a recuperação das ações neste ano. E, apesar dos ganhos desta segunda-feira terem sido pequenos, estrategistas declararam que novas altas encorajam mais compras.Uma temporada de balanços menos frágeis que o esperado, dados econômicos positivos e sinais de melhoria nas negociações comerciais entre EUA e China auxiliaram a impulsionar os ganhos recentes.

Na segunda-feira 22 de abril as ações norte-americanas haviam fechado com discretas variações nesta segunda-feira, sessão de baixo volume de negócios, e investidores haviam ficado de lado antes das divulgações de balanços de importantes empresas.

O Dow Jones .DJI> caiu 0,61 por cento, a 26.430 pontos, o S&P 500 .SPX> perdeu 0,75 por cento, para 2.923 pontos. O Nasdaq .IXIC> caiu 0,57 por cento, para 8.049 pontos.

O Fed conservou a taxa de juro ​​como esperado e adotou um tom cuidadoso sobre a inflação. Mas Powell, falando após a declaração do Fed, declarou que um declínio na inflação neste ano pode ser devido a fatores transitórios.

Enquanto navega no cabo de combate, diante da “dicotomia” entre o ininterrupto crescimento econômico e a inflação abaixo da meta, “o Fed deve conservar a política suspensa em sua reunião de maio do Fomc “, escreveram analistas do Deutsche Bank.

Isso pareceu jogar água fria na opinião de alguns no mercado de que o Fed possa fazer um movimento preventivo para evitar a inflação mais baixa ou uma recessão por meio de corte nas taxas.

Na sua vez, dados compilados pelo CME Group colocam as possibilidades de o Fed conservar as taxas inalteradas esta semana em 97 por cento.

Após a fala de Powell, os futuros de taxa de juros de curto prazo dos EUA começaram a diminuir as apostas que o Fed vá diminuir as taxas antes do final do ano.

As ações mostraram alta durante boa parte da sessão e o S&P 500 atingiu um recorde intradia, impulsionado por um salto nas ações da Apple AAPL.O>. A companhia divulgou na terça-feira resultados trimestrais que superaram as estimativas de Wall Street, apesar de uma queda recorde nas receitas do iPhone.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Índices caem após Fed esfriar apostas de um corte de juros no fim do ano
>>>>>Forte crescimento dos EUA e inflação fraca dão conforto para Fed manter juro – April 29, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Índices europeus fecham em alta com impulso de balanços e PIB dos EUA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>S&P 500 crava novo recorde e estende rali de 2019 – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Alphabet pressiona Nasdaq, mas Apple sobe no pós-mercado com balanço – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Fed 0 0 ORGANIZATION 7 (tacit) ele/ela (referent: O Fed): 2, (tacit) ele/ela (referent: o Fed): 1, O Fed: 1, o Fed: 3
2 Jerome Powell 0 0 PERSON 3 Jerome_Powell: 1, Powell: 2
3 SeP 0 0 ORGANIZATION 3 o SeP: 3
4 ações 0 0 NONE 3 as ações: 1, As ações: 1, as ações norte-americanas: 1
5 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
6 inflação 0 0 NONE 3 a inflação: 3
7 pontos 0 0 NONE 3 26.430 pontos: 1, 8.049 pontos: 1, 2.923 pontos: 1
8 por_cento 0 0 NONE 3 0,75 por_cento: 1, 0,61 por_cento: 1, 0,57 por_cento: 1
9 guerra 0 40 NONE 2 guerra: 1, a guerra comercial: 1
10 esperanças 180 0 NONE 2 esperanças: 2