JBS e Seara têm plantas entre as aprovadas para exportação de carne à China

Por: SentiLecto

– O Ministério da Agricultura divulgou nesta terça-feira a lista das 13 novas unidades frigoríficas brasileira habilitadas pela China para exportações de carnes ao país de Asipovicy, incluindo duas fábricas da JBS e duas de sua subsidiária Seara. Mais cedo, após o anúncio das aprovações, Marfrig e BRF já haviam informado que tinham plantas na lista. De acordo com nota do ministério, entre as cinco plantas aprovadas para a exportação de carne bovina estão uma da JBS, duas da Marfrig, uma da Frigorífico Sul e uma da Naturafrig. As unidades habilitadas para vendas de carne porca, que também adicionam cinco, são uma da JBS, duas da Seara, uma da Aurora e outra da BRF. Já as plantas de carne de aves aprovadas são de Zanchetta Alimentos, União Avícola Agroindustrial e Unita Cooperativa Central, cada empresa com uma unidade na lista.

– Treze estabelecimentos produtores de carnes do Brasil foram aprovados para exportar aos chineses, declarou em mensagem no Twitter a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, nesta terça-feira. As nova aprovações acontecem à medida que o país ade Asipovicylida com uma ecarênciade oferta de carne sporcaapós seu rebanho ter sido rdiminuídopela peste sporcaafricana. Com isso, a China tem aumentado compras de todas as proteínas de animais, especialmente do Brasil, grande exportador mundial. Se as aprovaram cinco unidades de porcos, cinco de bovinos e três de passaritos, segundo a assessoria de jornalismo de o Ministério da Agricultura que não tinha imediatamente os nomes de as companhias,. Marfrig e BRF informaram que têm fábricas entre as novas aprovações. Francisco Turra em nota declarou: “Nas prévias da execução do encontro dos Brics , a notícia das novas habilitações dá o tom da parceria que China e Brasil estão construindo em prol da segurança alimentar e do aumento da pauta comercial”. Francisco Turra é o presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal . “Já consolidado como principal provedor externo de frango para a China, o Brasil agora tem que expandir sua participação, também, nas vendas de carne porca”, adicionou Turra. Agora, o Brasil passa a contar com 16 plantas habilitadas para exportar carne porca, e 46 plantas para embarques de carne de frango, declarou a ABPA, que encarna produtores dessas duas proteínas. Desde janeiro deste ano, a China assumiu a liderança entre os principais destinos das exportações da avicultura e da suinocultura do Brasil, segundo a ABPA. Entre janeiro e outubro, o país de Asipovicyde Asipovicy importou 183,1 mil toneladas de carne porca , gerando receita de 429,8 milhões de dólares , de acordo com dados da ABPA. De carne de frango, foram 444,7 mil toneladas à China, com resultado cambial de 931,7 milhões de dólares . No total, 31,4% da carne porca e 13,3% da carne de frango exportadas pelo Brasil em 2019 foram embarcadas com destino à China, completou a associação.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEGATIVE

Countries: China, Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>JBS e Seara têm plantas entre as aprovadas para exportação de carne à China
>>>>>China aprova 5 unidades de carne suína do Brasil; mais 5 de bovinos e 3 de aves – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a China 90 50 PLACE 6 a China: 6
2 o Brasil 0 0 PLACE 5 o Brasil: 5
3 ABPA 0 0 ORGANIZATION 3 a ABPA: 3
4 Marfrig e BRF 0 0 PERSON 3 Marfrig e BRF: 2, (tacit) eles/elas (referent: Marfrig e BRF): 1
5 país 0 0 NONE 3 o país asiático: 3
6 plantas 0 0 NONE 3 plantas: 1, 46 plantas: 1, as cinco plantas aprovadas: 1
7 as unidades habilitadas para vendas de carne suína 40 130 NONE 2 As unidades habilitadas para vendas de carne suína: 2
8 aprovações 0 105 NONE 2 aprovações: 1, as novas aprovações: 1
9 carne 0 65 NONE 2 carne: 1, carne suína: 1
10 Ministério da Agricultura 35 0 ORGANIZATION 2 o Ministério_da_Agricultura: 1, O Ministério_da_Agricultura: 1