Johnson pressiona por eleição de acordo do Brexit após ser forçado a pedir deferimento

Por: SentiLecto

Boris Johnson tentará submeter o acordo fechado com a União Europeia para a saída do Reino Unido do bloco mais uma vez a uma eleição no Parlamento nesta segunda-feira, depois de ser forçado por adversárias a mandar umaBoris Johnson tentará submeter o acordo fechado com a União Europeia para a saída do Reino Unido do bloco mais uma vez a uma eleição no Parlamento nesta segunda-feira, depois de ser forçado por adversárias a mandar uma carta ao bloco pedindo um deferimento. Boris Johnson é o primeiro-ministro do Reino Unido. Boris Johnson é o primeiro-ministro do Reino Unido.

O partido, advertindo que a eleição parlamentar calculada para sábado é somente a primeira etapa da aprovação do acordo alegou: “Essas propostas não são, em nossa opinião, benéficas para o bem-estar econômico irlandês e prejudicam a integridade da união”.

Na sexta-feira 04 de outubro Boris Johnson mandaria uma carta na União Europeia pedindo um deferimento no Brexit se nenhum acordo de separação tiver sido fechado até 19 de outubro, segundo documentos do governo submetidos a um tribunal de Escondido, i havia informadoa BBoris Johnson mandaria uma carta na União Europeia pedindo um deferimento no Brexit se nenhum acordo de separação tiver sido fechado até 19 de outubro, segundo documentos do governo submetidos a um tribunal de Escondido, i havia informadoa BBC. Boris Johnson é o primeiro-ministro britânico. Boris Johnson é o primeiro-ministro britânico.Faz 10 dias, faltando exclusivamente para a desfiliação, agendada para 31 de outubro, o rompimento voltou a ficar em xeque, já que a classe política britânica debate se o país tem que sair com um acordo, sair sem um acordo ou convidar outro plebiscito. Embora Johnson, que em sua própria carta, assinada “Boris Johnson”, tenha firmado um convênio em conversas exaustivas com autoridades da UE na semana passada, não era certo que o presidente da Câmara dos Comuns permitiria uma eleição do acordo nesta segunda-feira. No sábado, Johnson foi emboscado por adversárias no Parlamento que exigiram uma mudança no andamento da ratificação do convênio, sujeitando o premiê a uma lei que o obriga a pedir um deferimento até 31 de janeiro.

Em uma reviravolta que ilustra até que ponto o Brexit esgarçou as regras da estatística britânica, Johnson mandou a nota à UE sem assiná-la — e adicionou outra carta assinada argumentando contra o que qualificou como uma prorrogação profundamente corrosiva.

“Um novo deferimento prejudicaria os interesses do Reino Unido e de nossos parceiros da UE, e

O bloco ainda não deu uma resposta clara.

No domingo, o governo britânico insistiu que o país vai deixar a UE no dia 31 de outubro, e embora não esteja claro se John Bercow a vai permitir, planeja submeter o acordo a uma eleição no Parlamento ainda nesta segunda-feira. John Bercow é o presidente da Câmara dos Comuns.

“A eleição de sábado no Parlamento sobre as propostas vai ser somente o começo de um longo processo para a aprovação de qualquer projeto de lei de retirada através da Câmara dos Comuns”, adicionou.

Bercow vai fazer um pronunciamento a respeito dos procedimentos pouco após a abertura do Parlamento, às 13h30 locais.

Se Bercow, que no sábado declarou ter sido pego de surpresa pela proposta de discussão do governo, não a liberar, Londres terá que tentar levar adiante a legislação necessária para ratificar o acordo de Johnson.

Por 322 votos a 306, parlamentares aprovaram uma emenda, exibida pelo ex-legislador conservador Oliver Letwin. Com isso, o Parlamento não vai decidir neste sábado o acordo de Johnson é aprovado.Johnson, de acordo com uma fonte presente à reunião do Comitê 1922 de parlamentares do Partido Conservador, fez um breve discurso aestimulado que foi mbastantebem recebido.

Do ponto de vista do bloco, as alternativas de deferimento vão de exclusivamente um mês complementar, até o final de novembro, até um semestre ou mais.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United Kingdom

Cities: London

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Johnson pressiona por eleição de acordo do Brexit após ser forçado a pedir deferimento
>>>>>Partido norte-irlandês DUP diz que não vai apoiar acordo do Brexit – October 17, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Reino Unido e UE se aproximam de acordo do Brexit, mas Johnson ainda luta por apoio do Parlamento – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Rainha Elizabeth inclui Brexit em 31 de outubro entre prioridades da agenda política de Johnson – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Acordo do Brexit é possível mas há trabalho significativo a ser feito, diz premiê britânico – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Parlamentares britânicos forçam primeiro-ministro a adiar Brexit – October 19, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Euro salta para máxima de quase 2 meses com acordo do Brexit – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Johnson aposta tudo em votação do ‘super sábado’ no Parlamento para aprovar Brexit – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Premiê britânico Johnson afirma que acordo do Brexit está próximo, dizem parlamentares – October 16, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Propostas britânicas para o Brexit decepcionam, mas texto tem que sair nesta terça, dizem diplomatas – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Premiê irlandês diz que divergências sobre Brexit permanecem; fontes da UE relatam ‘impasse’ – October 16, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Negociadores britânicos e da UE fazem reunião ‘construtiva’ sobre acordo do Brexit – October 11, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Índices europeus caem com tensões sobre comércio e Brexit – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Johnson 308 0 PERSON 9 (tacit) ele/ela (referent: Johnson): 3, Johnson: 5, o (referent: Johnson): 1
2 Parlamento 0 0 ORGANIZATION 6 o (referent: o Parlamento): 1, o Parlamento: 5
3 Boris Johnson 0 0 PERSON 5 Boris_Johnson (apposition: O primeiro-ministro de o Reino_Unido): 1, Boris_Johnson: 1, (tacit) ele/ela (referent: Boris_Johnson): 2, Boris_Johnson (apposition: o primeiro-ministro britânico): 1
4 UE 0 0 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: a UE): 1, a UE: 4
5 John Bercow 0 0 PERSON 4 Bercow: 3, John_Bercow (apposition: o presidente de a Câmara_dos_Comuns): 1
6 adiamento 0 7 NONE 3 um adiamento: 2, Um novo adiamento: 1
7 votação 30 0 NONE 3 a votação parlamentar: 1, uma votação: 1, A votação: 1
8 carta 0 0 NONE 3 uma carta: 1, outra carta assinada: 1, sua própria carta: 1
9 propostas 0 25 NONE 2 as propostas: 1, Essas propostas: 1
10 país 30 15 NONE 2 o país: 2