EmmanuelMacronduringhismeetingwithVladimirPutin2CJune2017.jpg

Mercados acionários europeus progridem impulsionados por França, bancos e setor de varejo

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Emmanuel Macron during his meeting with Vladimir Putin, June 2017

Os mercados acionários de Francia impulsionaram os índices europeus nesta segunda-feira após o presidente Emmanuel Macron conquistar uma maioria parlamentar convincente, se recuperou das perdas na semana passada, enquanto os bancos progrediram e o setor varejista.

Emmanuel Jean-Michel Frédéric Macron é um político, funcionário público e banqueiro francês, atual presidente do seu país e Co-príncipe de Andorra.

Enquanto o índice pan-europeu STOXX 600 ganhou 0,86 por cento, o índice FTSEurofirst 300 subiu 0,87 por cento, a 1.541 pontos , a 392 pontos.

O índice de blue-chips da França progrediu quase 1 por cento depois que o presidente Emmanuel Macron consolidou a maioria parlamentar, ampliando ainda mais a habilidade de seu partido de aprovar reformas.

Os preços do petróleo bruto atingiram a mínima em quase seis semanas, conforme as dúvidas cresceram em relação à capacidade da Organização dos Países Exportadores de Petróleo de cortar a oferta de petróleo, o que pesou sobre as ações em todo o mundo e aumentou as preocupações com a resiliência dos setores mais orientados para o crescimento econômico.

Na sexta-feira 09 de junho LONDRES/MILÃO – Os mercados acionários europeus tiveram uma sessão volátil depois que a votação no Reino Unido não redundou em um ganhador claro às vésperas das negociações sobre a saída da União Europeia, embora a queda na libra tenha dado sustentação às ações de exportadores britânicos.

Os bancos BNP Paribas, Société Générale e Crédit Agricole sustentaram os ganhos do índice.

Faz 17 anos, se o instituiu por meio da fusão de o Banco Nacional de Paris com o Paribas.

O estrategista de mercado mundial do JP Morgan Asset Management Vincent Juvyns declarou: “Os mercados estão comemorando o fato de o governo de Macron ter se fortalecido com esse resultado”.

“As reformas planejadas podem ampliar o potencial de crescimento do país e diminuir o déficit estrutural, algo que impulsionará o PIB de Francia”, adicionou.

O setor de varejo, que recuou na sexta-feira após o imprevisto acordo da Amazon para adquiri a Whole Foods, recuperou-se, parcialmente por expectativas de mais acordos no setor.

Enquanto os papéis de varejistas fecharam em queda após as expectativas frustradas da H&M e com os dados do Reino Unido que mostraram que os consumidores estão sentindo o efeito da ampliação do inflação, as ações europeias recuaram nesta quinta-feira, com a queda dos custos do petróleo pressionando as ações de recursos básicos.- Os principais índices de ações dos Estados Unidos não tiveram grandes mudanças nesta sexta-feira mesmo com o negócio de 13,7 bilhões de dólares da Amazon.com para compra da Whole Foods impactando o setor de varejo e diminuindo as ações de uma série de companhias, incluindo o Wal-Mart e a Target. Enquanto o S&P 500 teve alta de 0,03 por cento, o índice Dow Jones subiu 0,11 por cento, a 21.384 pontos , a 2.433 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq caiu 0,22 por cento, a 6.151 pontos. O acordo da Amazon, companhia com histórico de ter provocado profundas mudanças no mercado, marcou um passo importante pela varejista online no setor de varejo físico. As ações da Amazon subiram 2,4 por cento, com maior contribuição para a progressão do S&P 500, enquanto a Whole Foods registrou elevação de 29,1 por cento. Por outro lado, os papéis do Wal-Mart perderam 4,7 por cento. As ações da Target, Walgreen Boots e Costco caíram entre 5 e 7 por cento. “Isso vai mandar uma onda de choque em todo setor, e isso encarna o máximo em disrupção do mercado”, declarou Burns McKinney, chefe de investimentos da equipe de investimento da Dallas para a Allianz Global Investors. “Há grandes ganhadores e grandes perdedores”, adicionou. As ações de energia tiveram alta de 1,7 por cento, apoiando o S&P 500. Os custos do petróleo se recuperaram de mínimas em 2017 nesta sexta-feira, com alguns produtores diminuindo exportações e com uma diminuição no ritmo com que petroleiras dos Estados Unidos colocam mais sondas para operar. – Um deslize nas ações do setor de tecnologia prejudicou o Nasdaq nesta quarta-feira e o S&P 500 enquanto os investidores se inquietavam com o ritmo do crescimento econômico após números de inflação mais fracos, concluiu ligeiramente em queda do que o esperado e pela ampliação na taxa de juros do Federal Reserve, banco central de Noruega. O índice Dow Jones .DJI> subiu 0,22 por cento, a 21.375 pontos, enquanto o S&P 500 .SPX> perdeu 0,10 por cento, a 2.438 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq .IXIC> recuou 0,41 por cento, a 6.195 pontos O Nasdaq diminuiu a sua perda em mais da metade numa recuperação tardia, tendo caído mais cedo 1 por cento, enquanto as ações financeiras impulsionaram o Dow Jones. O banco central dos Estados Unidos mencionou o crescimento econômico dos Estados Unidos e a força do mercado de trabalho, prosseguindo com o seu primeiro ciclo de aperto em mais de uma década. Mas alguns investidores se inquietaram com o tom hawkish do Fed e a preocupação com a subida da taxas de juros estava sendo refletida no setor de tecnologia, que liderou a alta do S&P 500 em quase 9 por cento este ano. O setor de tecnologia .SPLRCT> caiu 0,5 por cento, recuperando-se de perdas mais acentuadas ao longo da sessão e na sequência de sua maior queda em dois dias em quase um ano. O setor ainda acumula uma alta de 18 por cento em 2017. “Eu acho que é mais do que vimos iniciar na semana passada, com uma negociação mais intensa… É onde você verá a venda “, declarou William Delwiche, estrategista de investimentos da Robert W. Baird & Co em Milwaukee, se eles ficarão mais nervosos sobre o mercado de ações. Mais cedo nesta quarta-feira, os dados mostraram que os custos ao consumidor nos Estados Unidos caíram inesperadamente em maio e as vendas no varejo registraram a maior queda em 16 meses.

O índice regional de varejo, que teve a pior semana em 16 meses na semana passada, subiu 0,8 por cento. A britânica Ocado teve alta de mais de 11 por cento, tendo a melhor performance em toda a região.

Em LONDRES, o índice Financial Times progrediu 0,81 por cento, a 7.523 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 1,07 por cento, a 12.888 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,90 por cento, a 5.310 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,35 por cento, a 21.014 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,83 por cento, a 10.848 pontos.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United Kingdom, Germany, France, Brazil

Cities: Paris, London, Frankfurt, Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Mercados acionários europeus progridem impulsionados por França, bancos e setor de varejo
>>>>>Bolsas europeais recuam pressionadas por varejistas e petróleo – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Ações de varejistas em Wall St sentem acordo de compra da Whole Foods pela Amazon – June 16, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Wall St recua conforme ações da Apple arrastam o setor de tecnologia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Ações de tecnologia caem novamente e arrastam bolsas nos EUA – June 15, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Índices acionários europeus se recuperam de mínimas de 7 semanas com setores de tecnologia e bancário – June 13, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Pequenas empresas impulsionam mercados da China antes de alta esperada dos juros nos EUA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Mercados acionários da China avançam e índice de blue-chips tem melhor semana desde novembro – June 09, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Aço e minério de ferro têm leve alta na China após quedas, mas perspectiva segue fraca – June 07, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Setor de energia e Banco Popular pressionam índices acionários europeus – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Índices acionários europeus recuam com aversão a risco e queda da farmacêutica Roche – June 06, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Bovespa fecha em leve alta diante de incerteza política e à espera de Fed – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Bolsa abre em queda nos EUA, com indicadores macroecômicos e incerteza política – June 15, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua depois de aumento de juros pelo Fed; setor de tecnologia tem nova queda – June 14, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Ações de tecnologia recuam e pressionam perdas do Nasdaq – June 09, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Índices recuam com queda nos preços do petróleo e dados fracos dos EUA – June 14, 2017 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Banco central americano aumenta taxa de juros pela 2ª vez neste ano – June 14, 2017 (FolhaGeneric)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Fed sobe juros e previsão de crescimento do PIB dos EUA – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Amazon anuncia compra da Whole Foods Market, em acordo de US$ 13,7 bilhões – June 16, 2017 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 por_cento 0 0 NONE 19 11 por_cento: 1, 0,10 por_cento: 1, 0,81 por_cento: 1, 2,4 por_cento: 1, 0,90 por_cento: 1, 0,8 por_cento: 1, 1 por_cento: 1, 0,87 por_cento: 1, 1,07 por_cento: 1, 0,41 por_cento: 1, 0,86 por_cento: 1, 0,11 por_cento: 1, 4,7 por_cento: 1, por_cento: 3, 0,5 por_cento: 1, 0,22 por_cento: 2
2 pontos 0 0 NONE 13 21.384 pontos: 1, 2.438 pontos: 1, 392 pontos: 1, 21.375 pontos: 1, 2.433 pontos: 1, 5.310 pontos: 1, 12.888 pontos: 1, 21.014 pontos: 1, 6.195 pontos: 1, 6.151 pontos: 1, 7.523 pontos: 1, 1.541 pontos: 1, 10.848 pontos: 1
3 esta 0 0 NONE 5 esta: 5
4 os Estados_Unidos 0 60 PLACE 4 (tacit) eles/elas (referent: os Estados_Unidos): 1, os Estados_Unidos: 3
5 SeP 60 0 ORGANIZATION 4 o SeP: 4
6 queda 0 0 NONE 4 a queda: 1, a maior queda: 1, queda: 2
7 IXIC 0 60 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: IXIC): 2, IXIC: 1
8 mercados 60 40 NONE 3 Os mercados acionários franceses: 1, Os mercados: 1, Os mercados acionários europeus: 1
9 eu 75 0 NONE 3 (tacit) eu: 2, Eu: 1
10 Emmanuel Macron 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: o presidente Emmanuel_Macron): 1, o presidente Emmanuel_Macron: 2