Ministro das Finanças do Japão declara que riscos estão inclinados para o lado negativo

Por: SentiLecto

Taro Aso declarou nesta sexta-feira que os riscos para a economia mundial estão inclinados para o lado negativo, principalmente devido a uma maior escalada do comércio e dos nervosismos geopolíticos Taro Aso é o ministro das Finanças do Japão., mas adicionou que voltou a se sentir encorajado pelas recentes negociações comerciais entre Estados Unidos e China.

– O tom negativo prevalecia na bolsa paulista na manhã desta quarta-feira, marcada pelo vencimento de alternativas sobre o Ibovespa e índice futuro, com os papéis da Vale entre as maiores pressões de baixa, na esteira da queda do minério de ferro na China. Às 11:28, o Ibovespa caía 0,5%, a 103.968,99 pontos. O volume financeiro adicionava 3,4 bilhões de reais. O declínio no pregão de Brasil era corroborado pela fraqueza de mercados acionários no exterior, em meio ao ceticismo com o recente acordo comercial entre Estados Unidos e China, com o S&P em baixa de 0,3%. A equipe da Guide Investimentos chamou a atenção para a aprovação de medidas de suporte a Hong Kong pela Câmara dos Deputados dos EUA como acontecimento que pode dificultar a relação entre Washington e Pequim. Se adotadas as medidas, vai tomar medidas efetivas para proteger firmemente sua soberania, o governo de China informou que. “Não há indício de que se vai comprometer o acordo parcial firmado entre as duas maiores economias de o mundo em a última rodada de negociações, mas se recebe o fato chino já estar ponderando retaliação não como bom sinal “, declarou a Guide. Autoridades do FMI alegaram nesta quarta-feira que os nervosismos comerciais entre EUA e China são uma fonte expressiva de risco para a economia mundial, com “conseqüência reais de repercussão” nos mercados emergentes. No Brasil, as atenções seguem voltadas para Brasília. Após o Senado aprovar projeto de lei que trata da divisão dos recursos do megaleilão da cessão onerosa, agentes financeiros aguardam desfecho da reforma da Previdência e progressão na pauta econômica. DESTAQUES – VALE ON caía 1,7%, após queda de mais de 3% nos futuros do minério de ferro na bolsa chinesa de Dalian, para o menor nível em 6 semanas, após o pólo siderúrgico de Tangshan emitir alerta de poluição de segundo nível que exige que usinas de aço restrinjam mais suas operações. – ITAÚ UNIBANCO PN perdia 1%, também entre as maiores pressões de baixa do Ibovespa, em sessão de fraqueza generalizada entre bancos. BRADESCO PN caía 0,2%. – LOCALIZA ON perdia 2,2%. Em nota a clientes, equipe brasileira chamou atenção a projeto de lei em debate na Câmara que calcula ampliação do prazo sem recolhimento de ICMS de 12 para 24 meses a revendedores de veículos, o que afetaria as locadoras de automóveis. – PETROBRAS PN cedia 0,3%, após cinco sessões consecutivas de alta, tendo de pano de fundo pequena variação do custo do petróleo no mercado internacional. – GPA PN valorizava-se 0,4%, após divulgar que suas as vendas totais atingiram 14,57 bilhões de reais entre julho e setembro, um acréscimo de 9,5% ante o mesmo fase de 2018, em trimestre marcado pela evolução da estratégia de expansão e adequação de formatos.No mês passado, o BCE cortou as taxas de juros a território ainda mais negativo e prometeu a compra de títulos por tempo indefinido, numa tentativa de reverter a desaceleração renovada da economia da zona do euro, quase uma década após a crise da dívida do bloco.Enquanto o S&P 500 cedeu 0,14%, o Dow Jones fechou em queda de 0,11%, a 26.786,62 pontos , para 2.966,20 pontos, e o Nasdaq Composto caiu 0,10%, a 8.048,65 pontos.

Na sexta-feira 04 de outubro – O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, prometeu adotar “todas as medidas possíveis” se os riscos para a economia se intensificarem, sinalizando um impulso de estímulo fiscal no caso de a ampliação dos impostos sobre vendas este mês desencadear uma forte queda no crescimento. O governo havia arremessado uma ampliação duas vezes protelado no imposto sobre vendas na terça-feira, de 8% para 10%, uma medida que era considerada crítica para corrigir as finanças do país. Contudo, há temores de que o imposto mais alto possa prejudicar os gastos dos consumidores e levar a economia à recessão. Isso havia levado à especulação de que Tóquio a aumentariaos gastos fiscais, embora já tenha tomado medidas para mitigar a questão no consumo, levando em consideração a grave crise econômica que se s havia seguidoao último aampliaçãodo imposto sobre vendas em 2014. “Atingir o crescimento econômico continuava sendo a principal prioridade do meu governo”, havia declarado Abe em um discurso numa sessão extraordinária do Parlamento, realizada nesta sexta-feira. A promessa de Abe de oferecer apoio à economia e ecoavaos cobservaçõesfeitos recentemente pelo banco central japonês, que m havia mantidoa política monetária no mês passado mas s havia sinalizadosua disposição em expandir o estímulo já na reunião de 30 e 31 de outubro. Por enquanto, no entanto, Taro Aso havia descartado a necessidade de ampliar o estímulo para lutar o efeito da ampliação dos impostos, apesar das expectativas de que o governo e o banco central possam comportar-se para diminuir a pressão sobre a terceira maior economia do mundo. Taro Aso é o ministro das Finanças do Japão. Falando a repórteres após uma reunião da salinha, Aso havia declarado que não havia visto grande confusão entre varejistas e compradores sobre a ampliação de impostos, já que os ganhos corporativos e a renda familiar eram sólidos.

Falando na entrevista coletiva final da presidência japonesa do G20, Aso declarou que as autoridades norte-americanas e de China “agora estão conversando de uma forma normal” e que os nervosismos comerciais entre os dois não parecem estar piorando.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States, China

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ministro das Finanças do Japão declara que riscos estão inclinados para o lado negativo
>>>>>Ibovespa recua em dia de vencimentos com noticiário mais negativo no exterior – (Extraoglobo-pt)
>>>>>De Guindos, do BCE, não vê zona do euro entrando em recessão – October 14, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Wall Street recua por incertezas sobre acordo comercial e foco em resultados – October 14, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Wall St avança por otimismo comercial, mas Pequim ameniza expectativas – October 09, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Relatório moderado de emprego dos EUA leva Wall St a melhor dia desde agosto – October 04, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall St avança com apoio de Apple, Microsoft e alívio em preocupações comerciais – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street fecha em queda após recuo da atividade fabril dos EUA – October 01, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street desliza sob incerteza de processo de impeachment de Trump – September 26, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua, documento de delator amplia cautela de investidores – September 26, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua com preocupações comerciais em torno da China – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua após dados dos EUA atiçarem temores sobre economia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua em meio a cautela comercial – October 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street cai após dados mais fracos do que o esperado do setor de serviços – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Índices de Japão e Austrália avançam em dia de cautela antes de dados de emprego dos EUA – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua em meio a cautela antes de negociações comerciais – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua em meio a cautela em disputa comercial EUA-China – October 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street recua à medida que guerra comercial ameaça economia dos EUA – October 02, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall Street avança com apoio de Apple, Microsoft – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Wall St tem queda após atividade industrial dos EUA registrar forte contração – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Expectativa de acordo comercial EUA-China impulsiona Wall St – October 10, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Preços do petróleo caem por preocupação com EUA-China e sinais de fraca demanda – October 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Índices da China sobem por expectativa de estímulo – October 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Trump diz que não vai vincular preocupações sobre Biden a acordo comercial com a China – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Dados dos EUA impulsionam índices europeus, mas têm pior semana em um ano – October 04, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Dólar encerra em alta de mais de 1% contra real com foco em relação EUA-China – October 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Tensões EUA-China sobre Hong Kong e direitos de minorias dificultam chance de acordo comercial – October 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Negociações de alto nível entre EUA e China começam em meio a clima tenso – October 07, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Wall St recua após restrição a vistos alimentar temores sobre EUA-China – October 08, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Índices europeus avançam com expectativas sobre Brexit e acordo comercial – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Taro Aso 50 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Taro_Aso): 2, Taro_Aso (apposition: o ministro de as Finanças_do_Japão): 1, Taro_Aso (apposition: O ministro de as Finanças_do_Japão): 1
2 China 0 0 PLACE 4 a China: 2, China: 2
3 esta 0 0 NONE 4 esta: 4
4 tensões 50 205 NONE 3 as tensões geopolíticas: 1, as tensões comerciais: 2
5 eu 60 7 NONE 3 (tacit) eu: 3
6 medidas 90 0 NONE 3 medidas efetivas: 1, medidas possíveis: 1, as medidas: 1
7 Aso 0 0 PERSON 3 Aso: 3
8 economia 0 0 NONE 3 a economia: 1, a economia global: 2
9 governo 0 0 NONE 3 O governo chinês: 1, O governo: 1, governo: 1
10 pontos 0 0 NONE 3 26.786,62 pontos: 1, 2.966,20 pontos: 1, 8.048,65 pontos: 1