PetrobrasProduction2006.jpg

Para garantir conserto, Petrobras pede bloqueio de R$ 12,4 bilhões

Foto: Wikipedia – Petrobras Production 2006

Para garantir que a Petrobras recupere a perda com os casos de corrupção, foi pedido o bloqueio de R$ 12,4 bilhões de bens de companhias e pessoas físicas.

Petróleo brasileiro s.a. é uma companhia de capital aberto, cujo acionista majoritário é o governo do brasil, sendo, portanto, uma companhia estatal de economia mista.

Se deferiu o bloqueio de R de esse total, já $ 1,35 bilhão, de os quais R $ 290 milhões já foram apreendidos e estão depositados em uma conta.

“Alguns são imóveis, automóveis, leva um tempo para os recursos irem para essa conta. O maior soma é das empresas, mas há também bens de gerentes das companhias e de funcionários públicos envolvidos”, alega Taísa Maciel, gerente-executiva da área jurídica da Petrobras.

“Não se pode falar ainda no total de cada companhia. A prioridade é a área penal porque há pessoas presas, mas ainda há bastante mais para entrar [em ações de improbidade administrativa]”, declara.

“O relevante é que efetivamente estão sendo tomadas providências. O Ministério Público tem essa preocupação e os juízes têm acatado para garantir que haja dinheiro para reparar a Petrobras.”

De 30 ações penais relacionadas na Operação Lava Jato à Petrobras, 13 já foram julgadas em primeira instância, com ressarcimento mínimo à emcompanhiaixado pelo juiz Sérgio Moro de R$ 720 milhões, apsomentea esfera penal.

Já entraram no caixa da empresa R$ 660 milhões —R$ 513 milhões da força-tarefa de Curitiba. Se estima o potencial de recuperação em R $ 5,5 bilhões.

Faz 3 anos, a operação em a Petrobras iniciou, com a prisão de Paulo Roberto Costa, diretor de a petroleira. “Mas, para nós, está completando dois anos. Faz 2 anos, nosso marco é, data [ de a primeira declaração ] de o acordo de ele e de o [ gerente Pedro ] Barusco.”

É o total pedido de bloqueio de bens para que se garanta que a Petrobras receba no momento oportuno o dinheiro pleiteado.

Faz 9 anos, adquiriu se a refinaria de Oknawa que agora a Petrobras conseguiu vender e a parcela restante em 2010, por cerca de US $ 76 milhões. De acordo com fontes fontes do setor, se estima que a Petrobras já teria gasto cerca de US$ 1,9 bilhão com despesas de manutenção em aprimoramentos operacionais e principalmente para atender a inúmeras pré-requisito dos órgãos ambientais do país.

Se os deferiram já em bloqueio, sendo que R $ 290 milhões já foram apreendidos e estão em uma conta. O maior soma é das empresas, além de bens de seus gerentes e funcionários públicos envolvidos.

“O relevante é que efetivamente estão sendo tomadas providências. O MP tem essa preocupação e os juízes têm acatado para garantir que ao final haja dinheiro para reembolsar a Petrobras.”

Foram os pedidos de informações variadas do Judiciário e da Polícia Federal à cempresa

É o valor potencial de recuperação que consta das ações.

Foram recuperados e já entraram no caixa da empresa. Esse valor engloba os recursos recuperados pela Operação Lava Jato e R$ 147 milhões recuperados de Júlio Faerman, ex-representante no Brasil da companhia holandesa construtora de plataformas de exploração de petróleo SBM Offshore, em inquérito separada feita pelo Ministério Público do Rio de Janeiro.

“Este resultado é fruto de cooperação da Petrobras consistente e ininterrupta com os inquéritos, e bastante de perto com a força-tarefa de Curitiba”, declara Taísa Maciel, gerente-executiva do jurídico.

Foram as ações de improbidade administrativa —uma com o Ministério Público Federal e outra com a União— em que a Petrobras cobra ainda R$ 5,5 bilhões, além dos R$ 720 milhões mencionados acima .

Foram os indícios de crimes encontrados e encaminhados à Operação Lava Jato pelas cdelegaçõesinternas de apuração.

A refinaria de Nansei, em Okinawa no Japão, é mais um triste herança deixado à Petrobras pelo ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa,participante confesso do esquema de esquema de corrupção que existiu durante anos na estatal e que foi descoberto pela Operação lava-Jato da Polícia Federal. Considera-se essa refinaria a ” Pasadena japonesa “, uma referência refinaria de o Texas, em os Estados Unidos que também provocou aumentados perdas em a Petrobras.A refinaria estava fechada desde o começo do ano passado.

São as ações penais já sugeridas e aceitas pelo juiz Sérgio Moro em que a Petrobras atua como assistente de denúncia. Maciel declara: “São casos de réus que prejudicaram a companhia”. “Se o juiz Moro aceitar, há mais quatro pedidos feitos, e ele tem sido bastante rápido.”

Foram os testemunhos como testemunhas de denúncia.

R$ 17,3 bilhões

Faz 1 ano, foi a perda líquido de a Petrobras

R$ 325,6 bilhões

Em 8 meses, foi o endividamento líquido registrado foi a queda de o endividamento em relação a 2015 R $ 63 bilhões foi o Ebitda adaptado entre os meses de janeiro e setembro foi o crescimento de o Ebitda em a comparação com 2015 R $ 212,1 bilhões foi a receita de vendas de a empresa em os nove primeiros meses de o ano passado foi a queda, em relação a o mesmo fase de 2015 R $ 5,3 bilhões foi o lucro operacional registrado entre janeiro foi a diminuição em relação a o ano passado

Fonte: FolhaGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Brazil

Cities: Curitiba

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Para garantir conserto, Petrobras pede bloqueio de R$ 12,4 bilhões
>>>>>Refinaria do japão foi mais um projeto que resultou em prejuízos para a Petrobras – December 29, 2016 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Petrobras 50 60 ORGANIZATION 11 (tacit) ele/ela (referent: a Petrobras): 1, a Petrobras: 10
2 R 0 0 ORGANIZATION 8 a companhia R: 1, R: 7
3 eu 85 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
4 2015 R 0 0 OTHER 5 2015 R: 3, R 325,6_bilhões: 1, R 17,3_bilhões: 1
5 companhias 0 49 NONE 4 as companhias: 2, a empresa: 2
6 relevante 200 0 NONE 4 O relevante: 4
7 Sérgio Moro 80 0 PERSON 4 ele (referent: o juiz Moro): 1, o juiz Sérgio_Moro_de_R: 1, o juiz Sérgio_Moro: 1, o juiz Moro: 1
8 A operação 0 40 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: A operação): 2, A operação: 1
9 Operação Lava Jato 0 0 ORGANIZATION 3 a Operação_Lava_Jato: 3
10 ações 0 0 NONE 3 as ações penais já propostas e aceitas: 1, as ações: 1, 30 ações penais relacionadas: 1