Parlamentares anti-Brexit são advertidos a apoiar May para não enfrentarem votação antecipada

Por: SentiLecto

Se ameaçou parlamentares conservadores britânicos pró-União Europeia com uma votação geral ainda este ano se frustrarem os planos de a primeira-ministra Theresa May para as operações alfandegárias após a saída de a UE, declarou um parlamentar em esta quarta-feira, o que pode ampliar a discórdia dentro do partido de a premiê.

Os conservadores encarregados da disciplina partidária ameaçaram convidar uma moção de confiança que pode derrubar o próprio governo da conservadora May, declarou um parlamentar à Reuters. A parlamentar rebelde Anna Soubry alegou à rádio BBC que ase mindicoua pchancede uma evotaçãonacional também .Anna à BBC Radio 4 ddeclarou “Foi um espetáculo pavoroso”.”Esta insensatez de ameaçar com votações gerais, e moções de confiança na primeira-ministra… venham com tudo, porque vou ser a primeira na fila a dar meu voto de confiança total na primeira-ministra”, declarou Anna. “O problema é que não acho que ela esteja mais no comando”.

Parlamentares conservadores temem uma votação e o possível triunfo do trabalhista Jeremy Corbyn, cujo partido assumiu a liderança das pesquisas no começo deste mês.

Os trabalhistas declaram que o plebiscito de 2016 que decidiu a desfiliação britânica da UE, conhecida como Brexit, deve ser respeitado, mas agrediram a premiê devido às divisões em seu Partido Conservador.

Nos últimos quatro anos, um dos fases mais tumultuados da história política britânica recente, houve quatro eleições: o plebiscito sobre a independência escocesa de 2014, a votação britânica de 2015, o plebiscito do Brexit de 2016 e a votação antecipada convidada por May no ano passado. May fugiu por pouco de uma derrota no Parlamento, que se não tivesse, recusou uma emenda em uma legislação comercial que teria obrigado o governo a tentar negociar uma união alfandegária com a UE conseguido obter um acordo com o bloco que oferecesse livre-comércio para bens sem fricções até o dia 21 de janeiro de 2019, pelas mãos de parlamentares pró-UE de seu próprio partido na terça-feira, ajudada por quatro parlamentares trabalhistas que contrariaram sua sigla e apoiaram o governo. Os distúrbios em torno dos planos para o Brexit afetaram a libra esterlina.

A eleição desta terça-feira vai tratar do projeto de lei para o comércio, cujo foco é converter acordos comerciais entre a UE e terceiros países em convênio bilaterais com o Reino Unido. Trata-se de um projeto de lei técnico, cujo objetivo inicial não era definir uma nova política comercial.O Parlamento também vai votar uma tentativa londrina de adiantar seu recesso de verão para a quinta-feira da semana que vem, o que o governo declara ser lógico porque há bastante poucas matérias legislativas em pauta nos dias restantes. Críticos declaram ser uma manobra de um governo em pânico com os diversos motins na sigla governista.Trump declarou ao jornal The Sun que os planos de May para a saída britânica da União Europeia havia, possivelmente, invalidado qualquer possibilidade de um acordo comercial entre os Estados Unidos e o Reino Unido, e que o ex-chanceler britânico Boris Johnson seria “um ótimo primeiro-ministro”. Boris Johnson é atual adversária de May.Em entrevista publicada somente horas antes da reunião entre os dois líderes, Trump criticou os “bastante infelizes” resultados da estratégia da primeira-ministra para a saída do Reino Unido da União Europeia.

Na segunda-feira 09 de julho o Reino Unido não realizará um plebiscito sobre o acordo para deixar a União Europeia e também não pretendia protelar a data de saída do bloco, havia alegado Theresa May depois da saída de dois ministros de seu governo, o que havia colocado em risco o plano da premiê para o Brexit. Theresa May é a primeira-ministra britânica.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: NEUTRAL

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Parlamentares anti-Brexit são advertidos a apoiar May para não enfrentarem votação antecipada
>>>>>May enfrenta batalha no Parlamento sobre comércio pós-Brexit após concessão – July 17, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Parlamento britânico aprova Lei de Alfândegas para depois do “Brexit” – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Premiê May tem bom relacionamento com Trump e está confiante com acordo comercial, diz porta-voz – July 13, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ministro do Brexit renuncia em golpe para premiê britânica May – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ministro de Relações Exteriores britânico Boris Johnson renuncia, diz gabinete de May – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Chanceler britânico renuncia em protesto contra planos de May para o Brexit – July 09, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Premiê May tem bom relacionamento com Trump e está confiante em acordo comercial, diz porta-voz – July 13, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>Podemos fechar acordo comercial entre EUA e Reino Unido, diz Trump após críticas a May – July 13, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump diz que relacionamento com Reino Unido é ‘muito, muito forte’ – July 13, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Premiê britânica May vai resistir a qualquer tentativa de tirá-la do poder, diz porta-voz – July 09, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Ministros eurocéticos renunciam e afetam planos de premiê britância para saída da UE – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 10 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
2 Anna Soubry 0 50 PERSON 4 ela (referent: Anna): 1, A parlamentar rebelde Anna_Soubry: 1, Anna: 2
3 referendo 160 0 NONE 4 o referendo: 1, o referendo de 2016: 2, um referendo: 1
4 Parlamento 0 0 ORGANIZATION 3 o Parlamento: 2, O Parlamento: 1
5 problema 0 160 NONE 2 O problema: 2
6 Trump 0 90 PERSON 2 Trump: 2
7 legislação 0 10 NONE 2 uma legislação comercial: 2
8 Jeremy Corbyn 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: o trabalhista Jeremy_Corbyn): 1, o trabalhista Jeremy_Corbyn: 1
9 comércio 0 0 NONE 2 o comércio: 2
10 conservadores 0 0 NONE 2 Parlamentares conservadores britânicos: 1, Parlamentares conservadores: 1