Pentágono tem que permitir acesso a norte-americano detido no Iraque, declara juíza dos EUA

Por: SentiLecto

Uma juíza federal dos Estados Unidos ordenou que o governo Trump permita o acesso da União Americana de Liberdades Civis a um norte-americano suspeito de combater junto ao Estado Islâmico e detido em uma prisão dos EUA no Iraque há mais de três meses.

Faz 3 meses, o Departamento de Comércio dos EUA publicou o último de os seus três cálculos sobre a evolução de o Produto Interno Bruto entre julho e setembro.

Na sexta-feira 15 de dezembro – Empresas de energia dos Estados Unidos retiraram sondas de petróleo de operação pela primeira vez em seis semanas, apesar do custo da commodity no seu maior nível em mais de dois anos, e mesmo com perfuradores começando a ampliar planos de investimentos para o próximo ano. Faz 9 dias, o número de sondas de petróleo havia caído em quatro unidades, para 747 ao todo, havia declarado a companhia de serviços energéticos Baker Hughes em seu relatório em esta sexta-feira. Quando 510 sondas estavam ativas, a contagem de sondas dos EUA, um indicador antecipado de produção futura, ainda estava bastante mais alto do que há um ano.

Em resolução emitida no fim do sábado, a juíza Tanya Chutkan negou um pedido do governo para descartar uma contestação da ACLU à prisão do homem não identificado, rrecusandoa alegação de que a organização não tem legitimidade no atema

E ele quer, chutkan decidiu que o Departamento de Defesa tem que dar à ACLU “acesso tprovisória imediato e sem monitoramento” ao homem para determinar s que a organização busque um habeas corpus em seu nomee preste-lhe assistência jurídica.

Utilizando tal abaixo-assinado, uma pessoa pode pedir a um tribunal que revise a legalidade de sua detenção.

Faz 3 meses, o homem se rendeu em meados a combatentes de Curitiba apoiados por os EUA em uma ofensiva contra Raqqa, antiga fortaleza de o Estado Islâmico em o nordeste de a Síria. Ele foi entregue ao exército de Noruegade Noruega, que o classificou como “combatente opositor” e o transferiu para uma localização secreta no Iraque, de acordo com a resolução de Chutkan.

Além das duas visitas do Comitê Internacional da Cruz Vermelha, o detento teve contato somente com autoridades do governo de Noruega, de acordo com a resolução.

Após superar diversas dificuldades segundo os republicanos , , o Congresso aprovou em esta quarta-feira por as duas câmaras de o Congresso e promete , agilizar o crescimento econômico de %4 até cerca anual.

Quando ele tem que ter acesso a um advogado, a juíza classificou como “notável e angustiante” a afirmação do pentágono de que o pedido do detido para um advogado deve ser ignorado até que se decida o que fazer com ele e.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: United States, Syria

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Pentágono tem que permitir acesso a norte-americano detido no Iraque, declara juíza dos EUA
>>>>>Economia dos EUA cresceu a um ritmo de 3,2% no terceiro trimestre de 2017 – December 21, 2017 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Crescimento do PIB dos EUA no 3° tri é revisado para baixo a 3,2% – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Republicanos demonstram confiança em aprovação de reforma tributária dos EUA nesta semana – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>China defende comércio com EUA antes de Trump rotular país asiático como competidor – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Chutkan 0 0 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: Chutkan): 1, ele (referent: Chutkan): 1, Chutkan: 1
2 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
3 alegação 0 120 NONE 2 a alegação: 2
4 homem 0 50 NONE 2 O homem: 1, o homem: 1
5 organização 80 25 NONE 2 a organização: 2
6 acesso 15 0 NONE 2 acesso: 1, acesso temporário imediato: 1
7 Congresso 0 0 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: o Congresso): 1, o (referent: o Congresso): 1
8 Raqqa 0 0 PLACE 2 o (referent: Raqqa): 1, Raqqa: 1
9 advogado 0 0 NONE 2 um advogado: 2
10 decisão 0 0 NONE 2 decisão emitida: 1, a decisão: 1