Petrobras começa a produzir na P-77, sétima FPSO a começar operação em 12 meses

Por: SentiLecto

A Petrobras começou nesta terça-feira a produção de petróleo e gás natural da P-77, quarta plataforma a entrar em operação no importante campo de Búzios, pré-sal da Bacia de Santos, informou a empresa em comunicado.

– A estatal Petrobras informou que realizou um pré-pagamento de notas de crédito à exportação com o Banco no Brasil que venceriam em 2022 no valor total de 7 bilhões de reais, segundo comunicado da cempresanesta segunda-feira. Petroleira isse: “A operação está em linha com o Plano de Resiliência e com a estratégia de gerenciamento de passivos da empresa, que visa à melhora do perfil de amortização e do cpreçoda dívida”,.- A Petrobras informou que a reguladora ANP informou ela sobre a aprovação de sua proposta de Acordo de Individualização da Produção de a jazida compartilhada de Lula , em a bacia de Santos , segundo comunicado divulgado em esta segunda-feira. A jazida compartilhada de Lula entende áreas do contrato de concessão BM-S-11 , operado pela Petrobras em parceria com Shell e Galp e do contrato de cessão onerosa campo sul de Lula , 100 por cento da Petrobras, além de área não contratada pertencente à União. Com o acordo, que estabelece participações de cada uma das partes e regras da execução conjunta das operações, a Petrobras passa a ter 67,2 por cento na jazida compartilhada de Lula, como operadora. Enquanto a Petrogal vai ter 9,2 por cento, a Shell vai ter 23,02 por cento. A estatal Pré-Sal Petróleo SA , que encarna a União no acordo, vai ter 0,55 por cento. A estatal no comunicado declarou: “Com a mudança nas participações vai haver um efeito de ampliação do produção de até 20 mil bpd para Petrobras”. Em 1 mês, segundo a empresa, o AIP terá que estar efetivo a partir de 1 °

Na quarta-feira 20 de fevereiro – A Petrobras começou a produção de petróleo e gás natural da P-76, terceira plataforma a entrar em produção no campo de Búzios, no pré-sal da Bacia de Santos, conforme comunicado divulgado ao mercado. A P-76 tem habilidade para processar diariamente até 150 mil barris de óleo e comprimir até 6 milhões de metros cúbicos de gás natural. tratava-se da segunda plataforma a entrar em operação em 2019, do total de quatro calculadas para este ano. O projeto calculava a interligação da P-76 a dez poços produtores e sete poços injetores. O escoamento da produção de petróleo seria feito por navios aliviadores, enquanto a produção de gás seria escoada pelas rotas de gasodutos do pré-sal, segundo a estatal. A petroleira havia realçado que o campo de Búzios havia sido descoberto em 2010 e era o principal sob o contrato da cessão onerosa. Faz 1 ano, o campo havia, estando calculada a entrada em operação de mais uma plataforma, a P-77, em este ano.

A unidade tem habilidade para processar diariamente até 150 mil barris de petróleo e comprimir até 6 milhões de metros cúbicos de gás natural. Segundo a Petrobras, que “O projeto calcula sua interligação a nove poços produtores e oito poços injetores”, informou, a P-77 está a cerca de 200 quilômetro da costa do Estado do Rio de Janeiro, em profundidade de água de 1.980 metros.

A TAG já recebeu uma oferta avaliada em cerca de 8 bilhões de dólares de um grupo liderado pela de Francia Engie.

Faz 9 anos, descobriu se Búzios principal campo sob o chamado contrato de a cessão onerosa e teve seu começo de produção em abril de o ano passado.

Lembre DE PLATAFORMAS

Com a entrada da P-77, a Petrobras foi a primeira companhia do setor de petróleo e gás no mundo a começar operação em sete plataformas do espécie FPSO em somente 12 meses, segundo um levantamento da própria empresa.

Por outro lado, no seminário, que contou com atores importantes do governo de Brasil, incluindo o ministro da Economia, Paulo Guedes, Castello Branco voltou a defender a privatização de bancos estatais, assim como da Petrobras. No entanto, cogitou que isso não está na pauta.

Neste ano, já entraram em operação três das quatro plataformas programadas no atual plano de negócios e administração da companhia.

Faz 1 mês, a companhia colocou em operação a P-76, também em o campo de Búzios, em fevereiro, e a P-67, anteriormente programada para 2018, no campo de Lula, gigante produtor também do pré-sal da Bacia de Santos.

Com a entrada das novas plataformas, a produção média de petróleo da Petrobras no Brasil terá que atingir 2,3 milhões de barris por dia em 2019, segundo o atual plano de negócios e administração da empresa, ante extração de 2,035 milhões de bpd no ano passado.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Petrobras começa a produzir na P-77, sétima FPSO a começar operação em 12 meses
>>>>>Petrobras pode somar US$10 bi em desinvestimentos até final de abril, diz CEO – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Petrobras anuncia pré-pagamento de R$7 bi em notas de crédito à exportação junto ao BB – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Petrobras diz que ANP aprovou acordo de individualização da produção da jazida de Lula – March 18, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Petrobras eleva GLP industrial e comercial em 6% a partir de quinta-feira – March 13, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Petrobras reajusta gasolina em 1,5% na refinaria; alta na semana é de 5,5% – March 15, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Petrobras anuncia aumento de 1,47% no valor médio da gasolina nas refinarias – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Petrobras 0 0 ORGANIZATION 9 A estatal Petrobras: 1, a Petrobras: 4, A Petrobras: 3, (tacit) ele/ela (referent: a Petrobras): 1
2 companhia 0 0 NONE 4 a companhia: 3, a empresa: 1
3 operação 0 0 NONE 4 operação: 3, A operação: 1
4 plataforma 0 0 NONE 4 uma plataforma: 1, a segunda plataforma: 1, terceira plataforma: 1, quarta plataforma: 1
5 poços 0 0 NONE 4 sete poços injetores: 1, dez poços produtores: 1, nove poços produtores: 1, oito poços injetores: 1
6 comunicado 0 0 NONE 3 comunicado divulgado: 1, comunicado: 1, o comunicado: 1
7 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
8 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
9 o Brasil 0 0 PLACE 3 o Brasil: 3
10 por_cento 0 0 NONE 3 23,02 por_cento: 1, 0,55 por_cento: 1, 9,2 por_cento: 1