PETRÓLEO-Preços devolvem ganhos após máximas; Opep vê excesso de oferta perto do fim

Por: SentiLecto

Os custos do petróleo atingiram nesta quinta-feira máximas que não eram vistas desde 2014, em meio a ininterruptas reduções na oferta mundial e conforme a Arábia Saudita busca empurrar os custos para cima, mas ainda assim o petróleo dos Estados Unidos devolveu ganhos durante a tarde e concluiu em baixa, enquanto o Brent fechou somente com leve alta.

Riad poderia continuar desejando custos mais altos para auxiliar a financiar iniciativas como o plano de reforma econômica Visão 2030, patrocinado pelo príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, uma vez que a venda da fatia na Aramco ocorra.Mas os sauditas desejam que a alta dos câmbios vá ainda mais longe. Duas fontes declararam que o desejo é por custos de 80 dólares, ou até 100 dólares, o que teria sido ventilado por autoridades sauditas em encontros fechados nas últimas semanas.

Na depois que a Arábia Saudita havia, quarta-feira 11 de abril os custos do petróleo haviam saltado nesta quarta-feira, atingindo suas máximas em mais de três anos informado ter interceptado mísseis em Riad e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, havia advertido a Rússia sobre iminente ação militar na Síria.

Um excedente mundial de oferta de petróleo já foi praticamente suprimido, de acordo com um painel técnico conjunto da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e países não-membros, declararam fontes próximas ao tema, em parte devido ao acordo liderado pela Opep para cortes de produção, em forcita desde janeiro de 2017.

Os futuros do petróleo dos EUA concluíram em queda de 0,18 dólar, a 68,29 dólares o barril, depois de tocarem no começo da sessão 69,56 dólares, máxima desde 28 de novembro de 2014. O WTI teve ganho de quase 8 por cento nos últimos oito dias de negociação.

Os futuros do petróleo Brent fecharam a 73,78 dólares o barril, alta de 0,30 dólar. Eles chegaram a tocar 74,75 dólares por barril, máxima desde 27 de novembro de 2014, o dia em que a Opep decidiu ampliar sua produção ao máximo para defender sua participação no mercado.

O diretor administrativo da BTU Analytics, Anthony Scott declarou: “No geral, a equação oferta-demanda está bem equilibrada”. “Depende das expectativas neste ponto– a visão dos altistas pode estar perdendo força, e as pessoas estão perguntando: ‘Qual é a próxima etapa? Você precisa ver o próximo sinal, seja um sinal altista ou baixista'”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States, Saudi Arabia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>PETRÓLEO-Preços devolvem ganhos após máximas; Opep vê excesso de oferta perto do fim
>>>>>EXCLUSIVO-Sauditas adotam visão altista na Opep, querem petróleo a até US$100, dizem fontes – April 18, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Extensão do pacto da Opep dependerá das condições de mercado, diz Kuweit – April 16, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Opep vê maior oferta de petróleo de rivais em 2018 e maior demanda – April 12, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Estimativas da demanda de petróleo estão convergindo, diz Opep – April 10, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Oferta de petróleo preocupa por demanda forte e queda na produção, diz chefe da IEA – April 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Arábia Saudita se diz feliz com mercado de petróleo, não permitirá excesso de oferta – April 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>Exportações de veículos do México sobem 7,5% em março, produção cai – April 09, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>IEA fala em ‘missão cumprida’ sobre cortes de produção de petróleo da Opep – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 dólares 90 0 NONE 5 74,75 dólares: 1, 69,56 dólares: 1, 68,29 dólares: 1, 100 dólares: 1, 73,78 dólares: 1
2 barril 0 0 NONE 3 o barril: 2, barril: 1
3 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
4 os preços de o petróleo 90 0 NONE 2 Os preços de o petróleo: 1, os preços de o petróleo: 1
5 Opep 0 0 ORGANIZATION 2 a Opep: 2
6 a Arábia_Saudita 0 0 PLACE 2 a Arábia_Saudita: 2
7 esta 0 0 NONE 2 esta: 2
8 fontes 0 0 NONE 2 fontes próximas: 1, Duas fontes: 1
9 iminente ação militar 0 15 NONE 1 iminente ação militar: 1
10 o acordo liderado 90 0 NONE 1 o acordo liderado: 1