Petros vende 5,76% da Itaúsa para acionistas da AmBev por R$4,52 bi

Por: SentiLecto

– O Petros deduziu nesta sexta-feira a venda de 5,76 por cento de participação na Itaúsa para a Fundação Antônio Helena Zerrenner, operação avaliada em 4,5 bilhões de reais. O Petros é fundo de pensão de empregados da Petrobras. A Fundação Zerrenner, que constituída em 1936, a entidade, com sede em São Paulo, presta assistência filantrópica gratuita nas áreas de saúde, educação e assistência social, é uma das maiores acionistas da cervejaria Ambev, com 10,2 por cento das ações ordinárias da empresa. Em nota, Edson De Marchi alegou que a compra de uma fatia da Itaúsa faz parte de um plano de diversificação de investimentos. Edson De Marchi é o diretor-executivo da fundação. De Marchi declarou: “Com isso, a fundação garante uma renda perene para custeio dos seus vantagens assistenciais estatutárias”. Com a transação, o Petros zerou a posição na Itaúsa, holding controladora do Itaú Unibanco. Os 4,52 bilhões de reais da venda, que envolveram 15,27 por cento do capital votante da Itaúsa, vão para o caixa do Petros. Na terça-feira, o Petros havia anunciado a venda de 24,75 por cento no FIP Florestal que correspondia à fatia de 8,53 por cento da produtora de celulose Eldorado Brasil. A instituição, segundo maior fundo fechado de previdência adicional do país, foi um dos mais afetados pela combinação de investimentos fracassados e má administração nos últimos anos, o que o levou a acumular um buraco bilionário. Faz 3 meses, o fundo anunciou um equacionamento de o déficit de 27,7 bilhões que vai exigir desembolsos complementares de os participantes e de a Petrobras por 18 anos de reais,, em setembro. O investimento do fundo na Itaúsa é um dos alvos de investigação de delegação interna da Petros para investigar o processo de resolução que levou à aquisição do ativo. O fundo alegou: “Existe a chance de processos de responsabilização de ex-dirigentes no intuito de buscar ressarcimento e de defender a imagem da instituição, iniciativa que já está em andamento com o suporte de escritório de advocacia contratado”. M nota o presidente do Petros, Walter Mendes isse: “A venda de Itaúsa está em linha com nossa estratégia de racionalizar a alocação da carteira frente à dinâmica do passivo do plano”,.Já Daniel Lima alegou que “considerando os volumes negociados no último mês, a venda dessa posição sem provocar efeito pertinente no custo das ações, dada sua baixa liquidez, demandaria cerca de 119 anos para que fosse completada”. Daniel Lima é o diretor de investimentos da Petros.

– A Petros deduziu nesta terça-feira venda da fatia de 24,75 por cento, que detinha no FIP Florestal e que correspondia à participação indireta de 8,53 por cento no capital da produtora de celulose Eldorado Brasil. A venda foi feita para a CA Invest, subsidiária da europeia Paper Excellence. A soma recebida pelo fundo nesta terça-feira com a finalização da operação foi de 665,7 milhões de reais, “valor bem superior ao observado na última precificação do ativo na carteira do PPSP “, alegou a Petros em comunicado àoijornalismo A Petros no comunicado alegou: “Considerando o investimento total da Fundação , 272,25 milhões de reais em dois aportes entre 2009 e 2010, a lucratividade obtida no fase ficou no platô da meta atuarial “. Uma vez que acontece após a divulgação do balanço anual daquele ano, segundo o fundo, a entrada dos recursos não interfere no valor do equacionamento do déficit acumulado em 2015, “, mas poderá contribuir para diminuir a possibilidade de novos equacionamentos futuros”.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Petros vende 5,76% da Itaúsa para acionistas da AmBev por R$4,52 bi
>>>>>Petros conclui venda de participação indireta na Eldorado Brasil por R$665,7 milhões – December 12, 2017 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Petros 80 0 ORGANIZATION 8 a Petros: 2, O Petros (apposition: fundo de pensão de empregados de a Petrobras): 1, o Petros: 3, (tacit) ele/ela (referent: A Petros): 1, A Petros: 1
2 fundo 0 0 NONE 4 o fundo: 4
3 FIP Florestal 0 0 ORGANIZATION 3 o FIP_Florestal: 3
4 Itaúsa 0 0 ORGANIZATION 3 a Itaúsa: 2, (tacit) ele/ela (referent: a Itaúsa): 1
5 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
6 Fundação Zerrenner 0 80 ORGANIZATION 2 (tacit) ele/ela (referent: A Fundação_Zerrenner): 1, A Fundação_Zerrenner: 1
7 os 4,52_bilhões de reais de a venda 160 0 NONE 2 Os 4,52_bilhões de reais de a venda: 2
8 a entrada de os recursos 4 0 NONE 2 (tacit) ele/ela (referent: a entrada de os recursos): 2
9 Daniel Lima 0 0 PERSON 2 Daniel_Lima (apposition: o diretor de investimentos de a Petros): 1, (tacit) ele/ela (referent: Daniel_Lima): 1
10 Edson De Marchi 0 0 PERSON 2 Edson_De_Marchi (apposition: o diretor-executivo de a fundação): 1, De_Marchi: 1