Programa Ambulante Legal chega a Madureira para legalizar camelôs e promover ordem urbana

Por: SentiLecto

A implantação do programa Ambulante Legal chegou a Madureira nesta semana. O objetivo, segundo a Prefeitura do Rio, é ampliar em 70% o número de camelôs regularizados, com organização do espaço público e geração de renda, oferecendo oportunidadades de trabalho legalizadas. Hoje, são 880 postos. A ideia é chegar a 1.500 vagas. Esse ordenamento iniciou por Bangu, Campo Grande e Santa Cruz, na Zona Oeste, no fim do ano passado, e agora chegou à Zona Norte.

O programa — sob a responsabilidade da Secretaria de Desenvolvimento, Emprego e Inovação — também conta com a participação das secretarias Especial de Ordem Pública e Fazenda. Para a população geralmente, a intenção é assegurar que as mercadorias oferecidas tenham procedência legal.

Açougueiro / ajudante de prateleiras em supermercados / atendente de lojas e mercados / auxiliar de cozinha / auxiliar de estoque / auxiliar de limpeza / auxiliar técnico de mecânica de máquinas / copeiro / eletricista / eletricista auxiliar / empacotador / estoquista / meio-oficial de mecânico de refrigeração / oficicial de manutenção civil / operador de câmaras frias / repositor de mercadoriasAçougueiro / ajudante de carga e descarga de mercadoria / ajudante de confeiteiro / ajudante de padeiro / atendente do setor de frios e laticínios / auxiliar de limpeza / empacotador / repositor de mercadorias

Na segunda-feira 14 de janeiro a Secretaria municipal de Fazenda havia definido, , os critérios para licenciamento de ambulantes nos bairros de Campo Grande e Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio. As determinações, publicadas no Diário Oficial do Município, informavam que serão disponibilizadas um total de 420 vagas no comércio ambulante, sendo 250 em Campo Grande e 170 em Santa Cruz.

Em Madureira, o ordenamento iniciou pela região do Mercadão de Madureira, na Avenida Ministro Edgard Romero, e vai progredir progressivamente para outros pontos do bairro.

Segundo a Prefeitura do Rio, nas ações anteriores, em Bangu , no calçadão de Campo Grande e de Santa Cruz , houve o reassentamento de 600 ambulantes: 180 em Bangu, 250 em Campo Grande e 170 em Santa Cruz.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil, Bolivia

Cities: Campo Grande, Santa Cruz

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Programa Ambulante Legal chega a Madureira para legalizar camelôs e promover ordem urbana
>>>>>Prefeitura do Rio encaminha para 671 oportunidades de emprego – (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Santa_Cruz 0 0 PLACE 4 Santa_Cruz: 4
2 Bangu 0 0 PERSON 3 Bangu: 3
3 Campo_Grande 0 0 PLACE 2 Campo_Grande: 2
4 a Madureira 0 0 PLACE 2 a Madureira: 1, Madureira: 1
5 a Prefeitura_do_Rio 0 0 PLACE 2 a Prefeitura_do_Rio: 2
6 e 170 0 0 NONE 2 e 170: 2
7 ordenamento 0 0 NONE 2 o ordenamento: 1, Esse ordenamento: 1
8 o objetivo 120 0 NONE 1 O objetivo: 1
9 as mercadorias oferecidas 80 0 NONE 1 as mercadorias oferecidas: 1
10 aumentar em %70 o número de camelôs regularizados com organização de o espaço público e geração de renda 80 0 NONE 1 aumentar em %70 o número de camelôs regularizados com organização de o espaço público e geração de renda: 1