Trump volta a criticar Opep por custos “altos demais” do petróleo

Por: SentiLecto

Donald Trump renovou nesta quarta-feira seus ataques na Organização dos Países Exportadores de Petróleo , na qual acusou de aumentar os custos do petróleo. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos.Os custos do petróleo estão altos demais, a Opep está nisso de novo. Não é bom!”, alegou Trump no Twitter, pouco depois de regressar de seu histórico domo com o líder norte-coreano Kim Jong-un em Singapura.

– Donald Trump declarou horas antes de sua histórica domo com Kim Jong Un em Cingapura, que as reuniões entre representantes dos EUA e da Coreia do Norte estão “indo bem e depressa”. Donald Trump é o presidente dos Estados Unidos. Kim Jong Un é o líder de Noruega. Mas ele adicionou no Twitter: “no final, isso não importa. Todos vamo saber em breve se um acordo real, não como os do passado, pode acontecer ou não!” Mike Pompeo declarou nesta segunda-feira que o “objetivo final” do domo histórico entre Washington e a Coreia do Norte não mudou Mike Pompeo é o secretário de Estado de Noruega., e que os Estados Unidos estão “ansiosos para ver” se Pyongyang foi sincera sobre a desnuclearização.O McDonald’s pode ser uma das estratégias usadas pelos Estados Unidos para persuadi o ditador Kim Jong-un, da Coreia do Norte, de desisitir de suas armas nucleares. Além do começo das operações da rede de lanchonetes e de outros investimentos dos Estados Unidos, o país pode receber um hotel da marca Trump em Pyongyang, a capital e maior cidade da Coreia do Norte. Nesta segunda-feira, pela primeira vez na história, líderes dos Estados Unidos e da Coreia do Norte se encontram pessoalmente para tentar chegar a um consenso sobre o fim do programa nuclear da ditadura comunista.

Na sexta-feira 25 de maio PETERSBURGO/DUBAI – A Arábia Saudita e a Rússia estão debatendo ampliar a produção de petróleo da Opep e aliados em cerca de 1 milhão de barris por dia, declararam fontes, enquanto o chefe do cartel alegou que uma queixa do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desencadeou a ideia de aumentar a oferta. Riad e Moscou estavam preparados para acalmar os cortes na produção para aliviar as preocupações dos consumidores quanto à oferta, d haviam ditoseus ministros da energia na sexta-feira, com Khalid al-Falih aadicionandoque qualquer afrouxamento s seriagradual para não abalar o mercado. A ampliação de produção viria após 17 meses de cortes estritos na oferta, em meio a preocupações de que um rali dos custos tenha ido longe demais, com o petróleo tendo atingido seu maior nível desde o final de 2014, a 80,50 dólares por barril neste mês. A Opep havia começado um debate sobre a diminuição dos cortes na produção após críticas de Trump no Twitter, havia declarado o secretário-geral da Opep, Mohammad Barkindo. Trump havia escrito na rede social no mês passado que a Opep havia “artificialmente” impulsionado os custos do petróleo. A Organização dos Países Exportadores de Petróleo e os aliados liderados pela Rússia haviam consentido em diminuir a produção em cerca de 1,8 milhão de barris por dia até 2018, para diminuir os estoques globais, mas o cartel já perto de sua meta. Fontes familiarizadas com o tema haviam declarado que uma ampliação de 1 milhão de barris por dia levaria o cumprimento das limitações de abastecimento acordadas a 100 por cento, ante cerca de 152 por cento em abril.

O custo do barril de petróleo está atualmente acima da obstáculo dos US$ 66, 40% a mais que há 12 meses. Faz 2 meses, Trump já tinha acusado a Opep, que, junto com outros países produtores não associados em a organização como a Rússia, começou um plano de corte de a produção para conter o excesso de procura em o mercado mundial, de conservar os custos ” artificialmente altos “, em abril, mas na época o barril estava a um nível ainda superior, em US$ 68.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: Russian Federation

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Trump volta a criticar Opep por custos “altos demais” do petróleo
>>>>>Trump diz que saberemos em breve se acordo ‘real’ com Coreia do Norte pode acontecer – June 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Direitos humanos devem estar na pauta das negociações com Coreia do Norte, diz especialista da ONU – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump diz que cúpula com líder da Coreia do Norte está pronta para ocorrer – June 07, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Coreia do Norte muda cúpula militar antes de reunião com Trump – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Cingapura delimita ‘zona especial’ para cúpula entre Trump e Kim – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Casa Branca diz que sanções poderosas sobre Coreia do Norte continuarão em vigor – June 04, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>>>>>Kremlin convida líder norte-coreano Kim para visitar a Rússia – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Trump diz que tudo está pronto para cúpula com o líder da Coreia do Norte – June 07, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Cingapura inclui ilha de Sentosa em área especial isolada para cúpula entre Trump e Kim – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Secretário de Estado dos EUA diz que objetivo de cúpula entre Trump e Kim não mudou – June 11, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Cingapura restringirá espaço aéreo durante cúpula entre Estados Unidos e Coreia do Norte – June 06, 2018 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Trump diz que cúpula com líder norte-coreano irá acontecer dia 12 de junho – (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>>>>>Trump diz que afinal cúpula com líder norte-coreano irá acontecer dia 12 de junho – (Extraoglobo-pt)
>>>>>Trump deve seduzir Kim com McDonald’s e um grande hotel em Pyongyang – June 11, 2018 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Donald Trump 0 15 PERSON 8 (tacit) ele/ela (referent: Donald_Trump): 2, Donald_Trump (apposition: O presidente de os Estados_Unidos): 2, Donald_Trump: 1, Trump: 3
2 os Estados_Unidos 0 15 PLACE 3 os Estados_Unidos: 3
3 Cingapura 0 0 PLACE 3 Cingapura: 2, ele (referent: Cingapura): 1
4 Opep 0 0 ORGANIZATION 3 Opep: 1, a Opep: 1, A Opep: 1
5 a Coreia_do_Norte 0 0 PLACE 3 a Coreia_do_Norte: 3
6 cortes 0 0 NONE 3 cortes: 3
7 final 0 0 NONE 3 final: 2, final de 2014: 1
8 o Twitter 0 0 PLACE 3 o Twitter: 3
9 preocupações 0 120 NONE 2 preocupações: 2
10 eu 0 65 NONE 2 (tacit) eu: 2