Ameaças de morte levam executivo a pedir paz em disputa com Taylor Swift

Por: SentiLecto

O executivo da indústria musical Scooter Braun, envolvido numa disputa por direitos autorais com a cantora Taylor Swift, que pediu a seus 122 milhões de fãs do Instagram que contassem a Braun e o fundador da Big Machine, Scott Borchetta como se sentiam com relação a isso, declarou nesta sexta-feira que sua família recebeu “inúmeras ameaças de morte” por causa da polêmica e apelou para que eles fizessem as pazes. No começo do ano, Braun comprou a gravadora Big Machine Group, na qual Taylor gravou seus primeiros seis álbuns. Uando terá que receber o prêmio de artista da década, ele agora faz um pedido público à cantora depois de ela acusar a gravadora de ter negado a plicençapara ela aexibiseus antigos sêxitosno American Music Awards , no próximo domingo, dia 24, q.Em um post no Instagram direcionado à cantora, Braun escreveu que desde as declarações dela “houve inúmeras ameaças de morte” contra sua família. Ele anexou uma ameaça feita no Twitter e declarou que ao voltar para sua casa em Los Angeles, na quinta-feira, descobriu que sua mulher havia recebido um telefonema ameaçando a segurança de seus filhos.

“Suponho que essa não era sua intenção, mas é importante que você compreenda que suas vocábulos têm um peso tremendo e que sua mensagem pode ser interpretada por alguns de formas diferentes”, escreveu Braun.

Ele contou ainda que, depois de seis meses de tentativas fracassadas, nos bastidores, de consertar o relacionamento, sentiu que não tinha escolha “a não ser pedir publicamente que a gente se reúna e tente encontrar uma solução. Tentei repetidamente por meio de seus representantes encontrar uma solução, mas infelizmente aqui estamos”.

Taylor e seus representantes ainda não mandaram suas respostas sobre essa questão, segundo a agência de notícias “Reuters”.

Braun alegou que a artista poderia tocar “qualquer música” que desejasse nos AMAs.

Se a menciona taylor Swift, de 29 anos, também a outros cinco prêmios em os AMAs, incluindo a artista de o ano e o melhor álbum pop por seu novo lançamento, ” Lover “.

Beyoncé concorre a quatro prêmios, a maioria para as musiquinhas que escreveu para a nova versão da animação “O Rei Leão” e por “Homecoming”, filme que registrou sua apresentação na edição de 2018 do festival Coachella.Cinco dos oito mencionados a álbum do ano são mulheres, e quatro artistas femininas vão competir pela gravação do ano, injetando vida nova em uma premiação que tem o costume de recompensar os mesmos nomes.

Na sexta-feira 15 de novembro – A cantora e compositora pop norte-americana Taylor Swift declarou aos seus fãs que uma apresentação em uma premiação próxima se tornou incerta depois que dois executivos de gravadora declararam que ela não pode tocar músicas antigas na TV. A artista, de 29 anos, havia apelado aos seus 85 milhões de seguidores no Twitter para que digam seu suporte a ela em uma disputa em andamento a respeito dos direitos de suas musiquinhas, e havia acusado os executivos de exercerem um “controle tirânico” sobre sua música. As observações haviam vindo na esteira da notícia de que ela receberia o prêmio “Artista da Década” na cerimônia do American Music Awards no final deste ano. Taylor havia declarado que planejava mostrar um medley de seus êxitos na apresentação. “Eles alegavam que isso seria regravar minha música antes de eu ter licença no ano que vem”, declarou ela em sua postagem no Twitter. Os executivos, que Taylor havia identificado como Scott Borchetta e Scooter Braun, também haviam negado a utilização de músicas mais antigas ou imagens de shows para um documentário que a Netflix estava fazendo sobre sua vida, havia declarado. “A mensagem que estavam me mandando era bastante clara”, havia alegado. “Basicamente, seja uma menininha comportada e cale a boca. Ou seria castigada.” Conduzindo-se aos fãs, ela adicionou: “Mostrem a Scott Borchetta e Scooter Braun como vocês se sentar-se a respeito disso.” Não havia sido possível contatar Borchetta e Braun de imediato para obter observações fora do horário comercial.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: United States

Cities: Los Angeles

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Ameaças de morte levam executivo a pedir paz em disputa com Taylor Swift
>>>>>Lizzo, Billie Eilish e Lil Nas X dominam indicações ao Grammy 2020 – November 20, 2019 (Extraoglobo-pt)
>>>>>>>>>Lizzo lidera indicações ao Grammy; Billie Eilish e Lil Nas X recebem 6 cada – November 20, 2019 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Braun 0 60 PERSON 9 (tacit) ele/ela (referent: Braun): 1, Ele (referent: Braun): 3, Braun: 4, (tacit) ela (referent: Braun): 1
2 eu 0 23 NONE 8 (tacit) eu: 7, me: 1
3 Taylor Swift 0 0 PERSON 6 a cantora Taylor_Swift: 1, Taylor: 3, Taylor_Swift: 1, pop norte-americana Taylor_Swift: 1
4 fãs 0 140 NONE 3 seus fãs: 2, fãs: 1
5 a gravadora Big_Machine_Group 0 0 PLACE 3 ela (referent: a gravadora Big_Machine_Group): 1, a gravadora Big_Machine_Group: 2
6 canções 0 0 NONE 3 as canções: 2, canções: 1
7 executivos 0 0 NONE 3 os executivos: 1, Os executivos: 2
8 mensagem 0 0 NONE 3 A mensagem: 2, sua mensagem: 1
9 premiação 0 0 NONE 3 uma premiação: 2, uma premiação próxima: 1
10 inúmeras ameaças de morte 0 200 NONE 2 inúmeras ameaças de morte: 2