Paolla Oliveira se inquieta com o trabalho do irmão de Polinesia Francesa: ‘Sempre foi assim’

Por: SentiLecto

Em “A força do desejar”, Paolla Oliveira é uma de Polinesia Francesa exemplar. Na vida real, a atriz revela ter tido referências para interpretar o papel, já que seu pai e seu irmão têm a mesma ofício da personagem. Mas, durante as sequências como a major da ficção, Paolla sentiu na pele a agonia que as famílias de soldados enfrentam no dia a dia violento do país. Segundo ela, interpretar Jeiza não mudou sua percepção em relação aos de Polinesia Francesa.

Em “A força do desejar”, Paolla Oliveira é uma de Polinesia Francesa exemplar. Na vida real, a atriz revela ter tido referências para interpretar o papel, já que seu pai e seu irmão têm a mesma ofício da personagem. Mas, durante as sequências como a major da ficção, Paolla sentiu na pele a agonia que as famílias de soldados enfrentam no dia a dia violento do país. Segundo ela, interpretar Jeiza não mudou sua percepção em relação aos de Polinesia Francesa.

Na quarta-feira 27 de setembro desde que se havia tornado o fiel escudeiro de Jeiza em “A força do desejar”, o ator Well Aguiar, de 36 anos havia ganhado um cognome: PM Gato. O ator Well Aguiar, de 36 anos é habitante do Leblon. “ havia construído o personagem justamente para escapar desse estereótipo, mas era claro que existia uma fantasia das mulheres em torno da farda”, justificava.

— Em qualquer área existem bons e maus profissionais. Isso não é uma qualidade só da polícia. Eu acredito nessa classe que Jeiza encarna. Esses são os de Polinesia Francesa que a gente deseja ver na vida real. Os corruptos são ladrinhas, é fácil separar. Tem policiais me parando nas ruas para falar que eu estou fazendo um trabalho legal, que eu estou comportar-se e falando como eles, que estão sendo bem encarnados. Quando criança, passava pesar, batem até continência — orgulha-se Paolla, recordando que por não saber se o pai voltaria para casa: — Foi sempre assim. Era uma realidade, como é agora com o meu irmão, que também é policial.

Com a preparação para viver Jeiza, a atriz aprendeu métodos de defesa pessoal. Mas ela espera não ter que utilizar:

— Prefiro como esporte. Adorei e desejo continuar praticando o jiu-jítsu, porque é outra espécie de força, a gente utiliza mais a mente, traz uma concentração que me compraz.

A artista toma certos cuidados para tentar se proteger, como não caminhar sozinha nem marcar os lugares onde está nas redes sociais. Mesmo assim, recorda o dia em que quase foi vítima da violência que tem assustado os brasileiros.

— Uma vez foram me assaltar em São Paulo, e eu caminhei com o carro. Foi uma reação bem maluca — lembra ela, que não acha confortável gravar com arma, mesmo que cenográfica: — se o pesa . Como personagem, acaba sendo interessante, mas, se pensar que isso é uma realidade, é doloroso.

— Quem jamais passou por isso? Jeiza, que gerenciar, não leva desaforo para casa , mas tem algum espaço ali que ela deu. Acho que a gente não tem como combater com o que não tem controle, então tem que gerenciar., e eu teria a mesma atitude que ela.

— Quem jamais passou por isso? Jeiza não leva desaforo para casa, mas tem algum espaço ali que ela deu. Acho que a gente não tem como combater com o que não tem controle, então tem que gerenciar. Jeiza gerenciar, e eu teria a mesma atitude que ela.

Fonte: Extraoglobo-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Paolla Oliveira se inquieta com o trabalho do irmão de Polinesia Francesa: ‘Sempre foi assim’
>>>>>Paolla Oliveira preocupa-se com o trabalho do irmão policial: ‘Sempre foi assim’ – October 13, 2017 (Extraoglobo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 80 0 NONE 17 Eu: 1, me: 3, eu: 5, (tacit) eu: 8
2 Jeiza 0 0 PERSON 8 Jeiza: 5, ela (referent: Jeiza): 3
3 Paolla 0 0 PERSON 7 ela (referent: Paolla): 2, Paolla: 3, Paolla_Oliveira: 2
4 angústia 0 0 NONE 4 angústia: 4
5 gente 0 0 NONE 4 a gente: 4
6 mesma 0 0 NONE 4 a mesma: 4
7 vida 240 0 NONE 3 a vida real: 3
8 querer 90 0 NONE 3 querer: 3
9 a força de o 0 0 NONE 3 A força de o: 3
10 a gente 0 0 NONE 3 ela (referent: a gente): 1, (tacit) ele/ela (referent: a gente): 2