PaC3A7osdoConcelhodePaC3A7osdeFerreira.jpg

A arte de saber padecer segundo o central Gegé

Foto: Wikipedia – Paços do Concelho de Paços de Ferreira

Na época do Paços de Ferreira há um antes e um depois de Gegé. Contratado em Janeiro, a titularidade dele explica a crescente solidez defensiva de quem quase não sabia o que eram jogos com a baliza a zero.De dispensável no Arouca a imprescindível na fórmula do melhor período do Paços de Ferreira nesta temporada foi um curto espaço de tempo. Talvez porque a realidade se impôs e não houve mesmo tempo para adaptação. Gegé mudou-se para a Mata Real e depressa foi preciso preencher um dos buracos que, habitualmente, se abriam no eixo de uma defesa constantemente abalada por lesões e castigos.O problema que Vasco Seabra herdara da era de Carlos Pinto resolveu-se com a aposta no internacional de Cabo Verde, 29 anos. Passaram-se os últimos nove em Portugal, meia dúzia de os quais em a I Liga, entre Marítimo e Arouca. Experiente, em teoria era o reforço de inverno ideal. A prática confirmou-o plenamente: Gegé entrou no onze no jogo com o V. Guimarães e indicou a estreia com uma vitória. Faz 2 dias, passadas sete jornadas como titular, o Paços de Ferreira perdeu somente uma vez e, com o Benfica, confirmou a melhor série de resultados de a época, com o 0-0 a selar cinco jornadas consecutivas sem derrotas.O número de golos padecidos também caiu: dois nas últimas cinco partidas. Na era de Gegé, a equipa acabou por quatro vezes com a baliza a zero. “A minha integração na equipa foi muita rápida, bastante boa e isso tem contribuído para que as coisas defensivamente nos estejam a sair bem”, explica o central. O último exercício de resistência no eixo defensivo empatou o Benfica na luta pelo título. Foi um ponto para a arte de saber padecer, sintetizou o central que devolveu a serenidade ao Paços de Ferreira: ” É bastante difícil defrontar uma equipa com a característica do Benfica, mas soubemos padecer na primeira parte e na segunda já conseguimos sair melhor para o ataque”.

O Benfica joga com o Paços de Ferreira, na 26ª jornada, e como é habitual nos jogos a equipa encarnada na “Mata Real”, largas centenas de adeptos aguardam a chegada da equipaO Paços de Ferreira aborreceu o Benfica, pela primeira vez, à passagem do minuto 25 do encontro da 26ª jornada da I Liga.A equipa encarnada, que vinha de seis triunfos seguidos no campeonato, passou a adicionar 64 pontos. O Paços de Ferreira, que adicionou o seu terceiro empate seguido, subiu temporariamente ao 13.º lugarO Benfica empatou sem golos no terreno do Paços de Ferreira, em jogo da 26.ª jornada da I Liga, e deixou a liderança ao escopo do FC Porto.A equipa encarnada, que vinha de seis triunfos seguidos no campeonato, passou a adicionar 64 pontos, mais dois do que o FC Porto, que recebe o Vitória de Setúbal no domingo e pode passar para a frente da classificação, antes de visitar o Benfica, na 27.ª jornada, a 1 de abril.O Paços de Ferreira, que adicionou o seu terceiro empate seguido, subiu temporariamente ao 13.º lugar, com 27 pontos, tantos quanto o Arouca, 14.º, que visita o Marítimo no domingo.

Na sábado 11 de março o encontro da 25ª jornada da I Liga havia sido protelado devido ao cancelamento do voo onde teria que seguir a equipa do Paços de Ferreira.O Paços de Ferreira havia comunicado que o encontro diante do Nacional, que se teria que realizar amanhã, pelas 16h00, na Choupana, havia sido protelado, na sequência do cancelamento do voo onde teria que seguir a equipa orientada por Vasco Seabra, devido às condições climatéricas adversas no aeroporto de Santa Cruz.EM ATUALIZAÇÃO

Paços de Ferreira é uma cidade de Portugal no Distrito do Porto, região de Entre Douro e Minho e sub-região do Vale do Sousa e Baixo Tâmega, com 9 085 moradoras .

Fonte: ojogo-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Portugal, Cape Verde

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>A arte de saber padecer segundo o central Gegé
>>>>>VÍDEO Adeptos aguardam chegada do Benfica no exterior do estádio – March 18, 2017 (ojogo-pt)
>>>>>VÍDEO Ivo Rodrigues assusta o Benfica – (ojogo-pt)
>>>>>VÍDEO A bola de Eliseu, o livre de Welthon e aquele último lance de Jonas – (ojogo-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 equipa 0 0 NONE 8 equipa encarnada: 1, A equipa encarnada: 4, a equipa orientada: 1, a equipa: 2
2 Benfica 0 70 ORGANIZATION 6 (tacit) ele/ela (referent: O Benfica): 1, O Benfica: 1, o Benfica: 3, º lugarO Benfica: 1
3 Paços de Ferreira 0 0 ORGANIZATION 5 o Paços_de_Ferreira: 4, O Paços_de_Ferreira: 1
4 Paços de Ferreira 0 0 PERSON 5 Paços_de_Ferreira: 1, O Paços_de_Ferreira o: 4
5 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 5
6 triunfo 235 0 NONE 3 um triunfo: 1, seis vitórias seguidas: 2
7 nós 100 0 NONE 3 (tacit) nós: 2, nos: 1
8 jornada 0 0 NONE 3 a 26ª jornada: 2, ª jornada a 1_de_abril: 1
9 problema 24 160 NONE 2 O problema: 2
10 central 40 0 NONE 2 central: 2