Alemanha pede autorização na Copa para jornalista que revelou escândalo de doping na Rússia

Por: SentiLecto

O governo da Alemanha pediu nesta segunda-feira a Vladimir Putin que autorize a presença na Copa do Mundo do jornalista Hajo Seppelt, que está na origem das revelações do escândalo de doping na Rússia e Moscou considera persona non grata ele.

Teffen Seibert, porta-voz da chanceler Angela Merkel firmou: “Consideramos que esta resolução de anular o visto do senhor Seppelt é um erro, fazemos um pedido à direção do Estado para que permita a este correspondente ade Alemaniaestar na Rússia para cobrir a Copa do Mundo”,.A declaração foi feita quatro dias antes de uma reunião Merkel e Putin, em Sochi.

Repórter do canal público de Alemania ARD/SWR, Seppelt anunciou na sexta-feira que recusou-se seu pedido de visto para cobrir a Copa do Mundo porque ele está em uma lista de ” pessoas indesejadas “.

O jornalista ao site da emissora pública ARD disse: “Isso se deve naturalmente ao fato de que falamos de coisas críticas contra a Rússia, por termos desvendado em 2014 o sistema de doping estatal de Rusia”.

Por outro lado, a convocação, como de tradição, reservou algumas surpresas e a principal delas foi a ausência de Glushakov, meia do Spartak Moscou considerado a referência técnica do time. Convidou-se o lateral Mário Fernandes brasileiro naturalizado de Rusia, e tem que permanecer em o elenco para o Mundial.

Na sexta-feira 04 de maio Vladimir Putin estaria presente no no jogo de abertura da Copa do Mundo, entre a seleção do país e a Arábia Saudita, no dia 14 de junho, no Estádio Luzhniki, em Moscou, havia garantido o Kremlin. Vladimir Putin é o presidente da Rússia.

Faz 4 anos, a ARD apresentou o documentário de Hajo Seppelt, ” Doping confidencial : como a Rússia fabrica ganhadores “, escancarando, em a base de vários depoimentos, um sistema de doping generalizado em o atletismo.

O filme, que provocou grande tumulto, redundou na instauração de uma primeira delegação de inquérito pela Agência Mundial Antidoping e outras reportagens que acusaram a Rússia de continuar seguiram ele burlando as normas , entre agosto de 2015 e junho de 2016 ,.

Os desportistas do país que disputaram as Olimpíadas de Inverno de Pyeongchang-2018 competiram sob uma bandeira neutra.

Junto com o anúncio da pré-lista, o treinador de Rusia divulgou mais sete desportistas que ficam de “stand-by”, ou seja, desde que um dos companheiros tenha de ser cortado, se tornam alternativas. Nesse cenário aparece o nome de Glushakov, assim como o de outro brasileiro naturalizado, o goleiro Guilherme Marinato.

Fonte: clicrbs-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Russian Federation

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Alemanha pede autorização na Copa para jornalista que revelou escândalo de doping na Rússia
>>>>>Anfitriã, Rússia divulga lista de 28 nomes para Copa do Mundo – May 11, 2018 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>>>>>Tite tem o segundo maior salário entre os técnicos da Copa do Mundo; veja a lista – (clicrbs-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 a Rússia 0 50 PLACE 4 a Rússia: 4
2 ARD 80 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: A ARD): 1, ARD: 1, A ARD: 1
3 nós 0 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
4 reportagens 0 100 NONE 2 outras reportagens: 2
5 os atletas de o país 160 0 NONE 2 Os atletas de o país: 2
6 atletas 160 0 NONE 2 atletas: 2
7 Moscou 0 0 PERSON 2 Moscou: 2
8 Mário Fernandes 0 0 PERSON 2 (tacit) ele/ela (referent: o lateral Mário_Fernandes): 1, o lateral Mário_Fernandes: 1
9 Vladimir Putin 0 0 ORGANIZATION 2 a Vladimir_Putin: 2
10 fato 0 0 NONE 2 o fato: 2