Análise: Globo tem de conservar aposta nacional

Por: SentiLecto

Na semana passada, a Globo fez um movimento que há bastante não ocorria no futebol de Brasil. A emissora decidiu transmitir, para todo Brasil, duas partidas das quartas de final da Copa Libertadores.

Tite convidou 23 jogadores nesta sexta-feira para os próximos amistosos que acontecem no Oriente Médio no mês de outubro. Tite é o técnico da Seleção Brasileira. Walace, formado na base hanoveriana e atualmente no Hannover 96, da Alemanha, e Roberto Firmino, revelado pelo Figueirense e que joga pelo Liverpool, da Inglaterra, foram chamados pelo treinador. O zagueiro Pablo, que defende o Bordeaux, francêsfrancês é outro na relação com passagem pelo futebol catarinense, pois Faz 5 anos, jogou e 2014 por o Leão.O Brasil enfrenta os proprietários da casa, a Arábia Saudita, em Riad, no dia 12, e, quatro dias após, encara o clássico diante da Argentina, em Jeddah.

Na quinta-feira 06 de setembro É curioso como parecia que a Globo estava afastada da nova realidade do esporte, com o streaming fortalecido e com mídias opções para acompanhar uma partida de futebol. Mas era, com certeza, somente uma impressão: a emissora estava absolutamente por dentro das novas tendências. Mais do que isso, estava introduzida nesse contexto, com serviços e marcas próprias. Mas ela mostrava que a força da TV, a tradicional e aberta, ainda resistia bastante bem no mercado.

Em os números de o Ibope para São Paulo, não a aposta não foi mostrada boa para a emissora. Enquanto Colo-Colo x Palmeiras deu, boca Juniors x Cruzeiro rendeu 22 pontos de audiência , na quinta-feira , somente 23 pontos na medição do Ibope para a Globo.

O resultado foi bem mais fraco do que Flamengo x Corinthians pela semifinal brasileira na semana anterior e pior ainda quando comparado à eliminação corintiana da Libertadores, que chegou à marca de 33 pontos.

Mas, mais do que o resultado em si, a aposta da Globo numa transmissão nacional pode se mostrar uma espécie de “salvação” para o futebol brasileiro. Há 30 anos, quando a Libertadores ainda não era um objeto de desejo para os clubes, a transmissão brasileira era o que tínhamos de essencial na TV.

E, naquela época, não havia a regionalização dos jogos como ocorre hoje. Isso garantia para toda a cadeia produtiva do futebol um regresso bastante maior. Os times eram mais conhecidos nacionalmente, os patrocinadores de todos os clubes tinham mais exibição e o torcedor não ficava preso a somente clubes de pedido local.

No final dos anos 90, inquietada com a queda da audiência na transmissão do futebol e tendo de gastar cada vez mais dinheiro para ter os direitos exclusivos, a Globo passou a determinar que a tabela do campeonato fosse coordenada de forma a não provocar comoção na medição do Ibope. Assim, o calendário passou a ser regionalizado.

Quando voltarmos a pensar no futebol de Brasil como um produto é que vamos conseguir dar mais força para os clubes, somente e, naturalmente, melhor regresso para os investidores do esporte. Sejam eles patrocinadores, companhias de mídia ou torcedores. Mesmo que o resultado da audiência ainda tenha, a transmissão nacional liberiana é um primeiro bom indício para isso sido mais baixo do que o normal.

Fonte: maquinadoesporte-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Análise: Globo tem de conservar aposta nacional
>>>>>Com jogadores revelados por Avaí e Figueirense, Tite convoca Seleção Brasileira – September 21, 2018 (clicrbs-pt)
>>>>>>>>>Conmebol confirma Morumbi para abertura da Copa América 2019 – September 18, 2018 (maquinadoesporte-pt)
>>>>>>>>>>>>>Conmebol pede à Fifa que Copa América seja disputada em anos pares – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Copa América de 2019 começará no Morumbi e terminará no Maracanã – (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Miranda, Marcelo e Jesus voltam à seleção para amistosos de outubro – September 21, 2018 (EfeGeneric)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Globo 0 60 ORGANIZATION 5 (tacit) ele/ela (referent: a Globo): 2, a Globo: 3
2 Pablo 0 0 PERSON 3 O zagueiro Pablo de a França: 2, (tacit) ele/ela (referent: O zagueiro Pablo de a França): 1
3 emissora 0 0 NONE 3 A emissora: 1, a emissora: 2
4 eu 0 0 NONE 3 (tacit) eu: 3
5 futebol 0 0 NONE 3 o futebol catarinense: 1, o futebol brasileiro: 2
6 nós 0 0 NONE 3 (tacit) nós: 3
7 próximos 140 0 NONE 2 os próximos amistosos: 2
8 retorno 100 0 NONE 2 melhor retorno: 1, um retorno muito maior: 1
9 Libertadores 0 0 ORGANIZATION 2 a Libertadores: 2
10 Roberto Firmino 0 0 PERSON 2 Roberto_Firmino revelado por o Figueirense e: 2