Após gol controverso no clássico, Klopp dispara contra VAR

Por: SentiLecto

Neste domingo, o clássico entre Manchester United e Liverpool concluiu empatado pelo placar de 1 a 1, e a partida ficou marcada pelo VAR, que não mudou, que não viu falta na origem da jogada que redundou no gol dos Diabos Vermelhos. Após o duelo, Jurgen Klopp não poupou críticas ao recurso de vídeo. Jurgen Klopp é o técnico dos Reds.

Com uma formação cuidadosa, o Manchester United conseguiu conter o ímpeto ofensivo livoniano na primeira etapa. Salah, com uma lesão no tornozelo, ficou de fora do jogo e o time perdeu característica e velocidade no campo ofensivo. A melhor possibilidade dos visitantes veio com Firmino, que concluiu após encruzilhada de Mané, exigindo defesa de De Gea.

Na sábado 05 de outubro depois de quase dois meses parado, o goleiro Alisson estava de volta aos treinos livonianos. Jurgen Klopp havia confirmado em entrevista coletiva a participação do brasileiro na atividade dcom o restante do elenco. Jurgen Klopp é n. No entanto, o comandante ainda não havia garantido se escalará o arqueiro para a partida deste sábado, contra o Leicester, pelava Campeonato Inglês.

Sem esconder a sua insatisfação, o comandante livoniano declarou que houve infração clara e que tinha certeza de que o gol oponente seria invalidado.

Pouco imaginativo, o Liverpool foi para cima e, mesmo desorganizado, chegou ao empate. Robertson chegou pela esquerda e atravessou à meia altura na área. Firmino deixou a bola passar e Lallana mostrou oportunismo, empurrando para as redes e fazendo a celebração da torcida visitante. No fim, Chamberlain ainda levou bastante perigo com chute de fora da área. A bola passou rente à trave esquerda.

“Para mim, foi falta clara. O problema do VAR é que o Juiz deixa seguir a ação do gol do United, porque se achou que o VAR corrigiria a jogada, e Não faz sentido. Para mim, fio falta clara. Estava certo de que o gol de Rashford seria invalidado”, declarou, quando o Juiz consultou a tecnologia.

“Tudo bem ter o VAR. Com os eventos fora da jogada e com as mãos, ele deixa as coisas mais claras. Mas não para ações em que o Juiz teria que apitar, mas sabe que tem o VAR como suporte. Quando acaba a ação, o VAR pode considerar que a infração não foi grave o sucificiente e aí mora o problema. Se é falta, é falta”, completou.

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: SLIGHTLY NEGATIVE

Countries: United Kingdom

Cities: Liverpool

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Após gol controverso no clássico, Klopp dispara contra VAR
>>>>>Posse de bola – October 20, 2019 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>>>>>Liverpool testa boa fase contra o Manchester United – (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 VAR 0 2 ORGANIZATION 6 o VAR: 5, ele (referent: o VAR): 1
2 falta 0 250 NONE 5 falta clara: 2, falta: 3
3 eu 0 0 NONE 5 (tacit) eu: 3, mim: 2
4 o Liverpool 80 50 PLACE 3 (tacit) ele/ela (referent: o Liverpool): 1, o Liverpool: 1, Liverpool: 1
5 Firmino 90 0 PERSON 3 Firmino: 3
6 infração 35 0 NONE 3 a infração: 1, infração clara: 2
7 jogada 2 0 NONE 3 a jogada: 3
8 árbitro 0 0 NONE 3 o árbitro: 3
9 Jurgen Klopp 0 25 PERSON 2 Jurgen_Klopp (apposition: N, o técnico de os Reds): 1, Jurgen_Klopp (apposition: o técnico de os Reds): 1
10 Chamberlain 0 0 PERSON 2 Chamberlain: 1, (tacit) ele/ela (referent: Chamberlain): 1