Borja faz 3, Palmeiras vence Junior e garante 1º lugar geral da Libertadores

Por: SentiLecto

O Palmeiras venceu nesta quarta-feira o Junior Barranquilla por 3 a 1, no Allianz Parque, graças a show do colombiano Miguel Borja, que marcou três vezes, e garantiu assim a liderança geral do período de grupos da Taça Libertadores, que o vai permitir decidir em casa todas as eliminatórias que disputar nesta edição do torneio.

“Aqueles que entrarem contra o Junior farão o melhor. Vamo jogar em casa, com nossa torcida e desejamo vencer para ficar em primeiro lugar geral. Independentemente de reservas, devemo vencer. Aqui não tem suplentes, são 30 jogadores de nível”, alegou Guerra.

Na sexta-feira 27 de abril a derrota para o Palmeiras na Bombonera podia custar caro ao Boca Junior. A tradicional equipe de Argentina vai para a quinta e penúltima rodada do primeiro período da Copa Libertadores da América fora da zona de classificação. Isso porque dessava quinta-feira o Junior Barranquilla havia vencido o Alianza Lima por 1 a 0 e se havia tornado o novo-vice-líder do grupo 8.

O camisa 9 do time paulista balançou as redes na etapa adicional, aos 7, aos 15 e aos 24, no primeiro ‘hat-trick’ com a camisa verde e branca. O também atacante colombiano Téo Gutiérrez, da equipe visitante, descontou.

Quando o placar marcava 1 a 0 para o Palmeiras, o controverso jogador teve chance de marcar em cobrança de pênalti. O goleiro Fernando Prass, um dos nove reservas escalados por Roger Machado hoje, defendeu a penalidade.

Com o resultado, o Verdão chegou aos 16 pontos e não pode ter campanha equiparada por qualquer outra equipe no período de grupos da Libertadores. Assim, vai ter direito de fazer a segunda partida como mandante, em todas as eliminatórias que se classificar.

Na sua vez, “Roger chegou aqui e fizemos um bom Campeonato Paulista, que infelizmente não conquistamos. Ele faz um bom trabalho e para que a equipe possa jogar bem e vencer acho que deve ter sequência. Só isso. Estamos na frente na Libertadores, peleando na Copa do Brasil, na parte de cima da tabela no Brasileiro. Lógico que a torcida fica brava, mas a verdadeira torcida acredita no trabalho do Roger”, declarou o de Venezuela Guerra.

O Junior Barranquilla, por sua vez, se despede desta edição do torneio ao concluir na terceira posição, já que o Boca Juniors que goleou o Alianza Lima por 5 a 0 ultrapassou ele ,. A equipe de Colombia, dessa maneira, vai passar a disputar o restante da Copa Sul-Americana.

Para o jogo desta quarta-feira, o Palmeiras entrou em campo com somente dois titulares, Dudu, que está suspenso no Campeonato Brasileiro e não vai enfrentar o Bahia, no sábado, além do colombiano Borja. A grande novidade foi a estreia do zagueiro Emerson Santos como titular.

Quando Fernando Prass saiu, logo aos 8 minutos, o time paulista levou um susto errado e entregou a bola para Chará, que passou para Barrera. O meia serviu Teo Gutiérrez, que tentou o esconder o goleiro alviverde, que se recuperou, fazendo defesa segura.

Pouco a pouco, o Palmeiras se reorganizou e ficou perto de marcar aos 13, com Dudu, que perdeu frente a frente com Viera. Aos 28, após tabelar com Guerra, que respondeu, parando em boa defesa de Viera, Borja recebeu e tocou na saída do goleiro de Uruguay , mas errou o alvo e tocou por cima.

Nos instantes finais do primeiro tempo, o Verdão só não ficou atrás do placar devido duas ótimas intervenções de Fernando Prass, que pegou bem as finalizações de Téo Gutiérrez e Murillo.

No princípio do segundo tempo, aos 7, o Palmeiras se aproveitou bem de equívoco do goleiro de Uruguay, em encruzilhada da direita de Mayke, Borja apareceu bem na área e bateu, contando com desvio nos zagueiros para estufar as redes e abrir o marcador.

Logo depois, no entanto, o Juiz de Paraguay Enrique Cáceres marcou pênalti de Luan em Teo Gutiérrez. Barrera cobrou e parou a favor de Fernando Prass, que vibrou bastante com o lance.

De olho em não dar possibilidade ao azar, quando Willian recebeu após chutão de Prass, o Palmeiras conseguiu aumentar aos 15 e serviu Borja, que ficou frente a frente com Viera e mostrou frieza, para dar leve toque por cima do goleiro e fazer o segundo.

O Junior Barranquilla deu susto aquando Chará atravessou, o conseguiu descontar aos 21 minutos e achou Téo Gutiérrez, em posição duvidosa, tocar para o fundo das redes.

Quando Guerra cobrou falta em a área, se suspendeu a reação de o time de Colombia já a os 24 de a etapa final, a zaga cortou mal e deu a bola em os pés de Borja que mostrou tranquilidade para estufar as redes por a terceira vez em o jogo ., que mostrou tranquilidade para estufar as redes pela terceira vez no jogo.

O placar definido e o oponente já sem forças para reagir, pois só a virada valeria classificação às oitavas, o Palmeiras só controlou o jogo nos instantes finais e aguardou o apito final para comemorar a primeira colocação geral.

Coqueiros: Fernando Prass; Mayke, Luan, Emerson Santos e Victor Luís; Thiago Santos, Tchê Tchê e Guerra ; Willian, Dudu e Borja . Técnico: Roger Machado.

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Brazil

Cities: Sao Paulo, Americana

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Borja faz 3, Palmeiras vence Junior e garante 1º lugar geral da Libertadores
>>>>>Classificado e pressionado, Palmeiras busca 1º lugar geral – May 16, 2018 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Palmeiras 80 0 ORGANIZATION 8 o Palmeiras: 7, O Palmeiras: 1
2 nós 123 120 NONE 7 (tacit) nós: 7
3 Junior Barranquilla 0 0 ORGANIZATION 6 o (referent: o Junior_Barranquilla): 1, (tacit) ele (referent: O Junior_Barranquilla): 1, O Junior_Barranquilla: 2, o Junior_Barranquilla: 2
4 Miguel Borja 0 0 PERSON 6 o colombiano Miguel_Borja: 1, Borja: 4, colombiano Borja: 1
5 eu 0 0 NONE 6 (tacit) eu: 6
6 Guerra 0 0 PERSON 5 Guerra: 2, (tacit) ele/ela (referent: Guerra): 2, o venezuelano Guerra: 1
7 Dudu 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Dudu): 1, Dudu: 3
8 Fernando Prass 0 0 PERSON 4 Palmeiras Fernando_Prass: 1, Fernando_Prass: 3
9 time 0 90 NONE 3 o time colombiano: 1, o time paulista: 2
10 Téo Gutiérrez 0 80 PERSON 3 atacante colombiano Téo_Gutiérrez de a equipe visitante: 1, (tacit) ele/ela (referent: Téo_Gutiérrez): 1, Téo_Gutiérrez: 1