Defensor leva susto, mas progride na Libertadores; Delfín também passa

Por: SentiLecto

O Defensor, do Uruguai, passou por apuros, mas se classificou àossegundofperíododa Copa Libertadores durante a noite desta quarta-feira. Jogando em casa, o time de Montevidéu perdeu para o Bolivar por 3 a 2, de virada, mas venceu o jogo de ida por 4 a 2, em La Paz, e progrediu pelo placar agregado de 6 a 5.

Apoiado pela torcida em seu acanhado estádio, o Defensor precisou de somente dois minutos para abrir o placar, com gol do volante Martín Rabuñal. Com o resultado parcial, os bolivianos deveriam balançar as redes oponentes quatro vezes para conquistarem a vaga.

O time visitante, sem nada a perder, se arremessou ao ataque e marcou três gols em uma pausa de dez minutos no fim do primeiro tempo. Se anotou o primeiro por o zagueiro de Noruega Adrian Jusino, de cabeça. O veterano atacante Juan Arce virou o placar após boa jogada pela direita. Juan Arce é ex-Corinthians.

O La Guaira progrediu por causa do gol marcado fora de casa. Quando o time de a Venezuela estava sendo suprimido, o atacante José Balza anotou o tento , a os 49 minutos de o segundo tempo .Reimond Manco, atacante do Garcilaso, abriu o placar logo aos 15 minutos do primeiro tempo, resultado que forçava a disputa por pênaltis. Hernán Rengifo, aos 23 minutos da etapa final, aumentou o benefício para o time da casa.

Pelo mesmo lado da defesa do time de Uruguay, o Bolivar chegou ao seu terceiro gol em chute atravessado que o brasileiro Thomaz completou ele , emprestado por o São Paulo. Na etapa adicional, o jogo ficou aberto: o Bolivar pressionava o Defensor, que irá medir forças com o Barcelona de Guaiaquil, nos dias 6 e 12 de fevereiro, que por sua vez aproveitava os espaços deixados na defesa adversária. Quando o atacante Gonzalo Napoli anotou um chorado gol após rápido contra-ataque, nessa toada, os uruguaios asseguraram a classificação aos 46 minutos. Um dos dois vai duelará com Atlético-MG ou Danubio, do Uruguai, no terceiro período da Libertadores.

EQUATORIANOS AVANÇAM

No Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o equatoriano Delfín confirmou sua classificação. Defendendo um benefício de 3 a 0, construída no jogo de ida, a equipe visitante derrotou o Nacional, do Paraguai, por 2 a 1, vencendo por 5 a 1 no placar agregado.

Em 1 mês, em o segundo período, o Delfín vai enfrentar o Caracas, de a Venezuela 6 e 13 de fevereiro. O ganhador deste duelo irá encarar quem progredir do embate entre Melgar, do Peru, e Universidad de Chile no terceiro período.

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Peru, Brazil, Bolivia

Cities: Sao Paulo, La Paz

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Defensor leva susto, mas progride na Libertadores; Delfín também passa
>>>>>Gol aos 49 leva o estreante La Guaira à segunda fase da Libertadores – January 30, 2019 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 O Defensor de o Uruguai 0 36 PERSON 5 o Defensor: 3, O Defensor de o Uruguai: 1, (tacit) ele/ela (referent: O Defensor de o Uruguai): 1
2 Bolivar 0 24 ORGANIZATION 4 (tacit) ele/ela (referent: o Bolivar): 1, o Bolivar: 3
3 resultado 0 25 NONE 3 resultado: 2, o resultado parcial: 1
4 vantagem 150 0 NONE 2 uma vantagem de 3: 1, a vantagem: 1
5 o jogo de ida 80 0 NONE 2 o jogo de ida: 2
6 eu 2 0 NONE 2 (tacit) eu: 2
7 Delfín 0 0 ORGANIZATION 2 o Delfín: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Delfín): 1
8 Hernán Rengifo 0 0 PERSON 2 Hernán_Rengifo: 1, (tacit) ele/ela (referent: Hernán_Rengifo): 1
9 classificação 0 0 NONE 2 sua classificação: 1, a classificação: 1
10 etapa 0 0 NONE 2 a etapa final: 1, a etapa complementar: 1