Deportivo Cali vence Guaraní-PAR nos pênaltis e progride na Sul-Americana

Por: SentiLecto

O Deportivo Cali-COL se classificou àossegundofperíododa Copa Sul-Americana 2019 na noite desta quinta-feira. Jogando no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o time de Colombia perdeu por 1 a 0 para o de Paraguay Guaraní, que não conseguiu sufocar o adversário no primeiro tempo, no tempo regulamentar , mas venceu por 4 a 1 nos pênaltis., mas voltou da pausa mais agressivo e abriu o placar com um lindo gol na parte derradeira da etapa adicional.

Na partida de ida os colombianos ganharam por 1 a 0 e agora têm o benefício do empate e podem perder até por um gol de diferença, mas a partir de 2 a 1. Aos de Paraguay é possível fazer 1 a 0 e forçar a disputa de pênaltis. Para progredir sem penalidades, o Guaraní deve ganhar por dois ou mais gols de benefício.

Aos 29 minutos, o meia Alberto Contrera recebeu na intermediária e soltou a pancada de bastante longe. O chute saiu forte e padeceu desvio no meio do percurso antes de entrar no ângulo direito do goleiro.

Nos pênaltis, Morel foi o único a converter pelo Guaraní. Contrera e Gamarra pararam no goleiro Vargas. Pelo Deportivo Cali, todos os batedores acertaram o alvo: Rivera, Cabrera, Dinenno e Angulo.

Para esta quinta-feira estava programado o jogo de volta entre Estudiantes de Mérida-VEN e Argentinos Juniors. A partida, contudo, se a protelou em função da crise política em a Venezu. A Conmebol ainda não anunciou uma nova data para o duelo.

Na sua vez, também nesta quinta-feira ocorreria o jogo de volta entre Argentino Juniors e Estudiantes de Mérida-VEN, na Venezuela. Se protelou o confronto no entanto, devido em a crise por a qual passa o país.A Conmebol não divulgou data e local do jogo decisivo. No duelo de ida, os argentinos ganharam por 2 a 0.Mais cedo, Juan Guaidó, líder do parlamento do país e autoproclamado presidente interino, anunciou o começo de uma operação para retirar Nicolás Maduro do poder. O movimento chavista delata que o movimento é uma tentativa de golpe militar.Devido aos conflitos que assolaram o país de Venezuela nesta terça-feira, a Confederação utilizou o artigo 33 da norma da Sul-Americana para interromper o confronto. Quando ocorrerá a definição da vaga, sem mais informações, a organizadora do campeonato não deixou claro.

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Venezuela, Mexico, Colombia

Cities: Merida

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Deportivo Cali vence Guaraní-PAR nos pênaltis e progride na Sul-Americana
>>>>>Deportivo Cali-COL visita Guaraní-PAR com vantagem pela Sul-Americana – (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Crise na Venezuela faz Conmebol adiar jogo da Copa Sul-Americana – April 30, 2019 (EfeGeneric)
>>>>>Jogo entre Estudiantes de Mérida e Argentinos Juniors na Sul-Americana é suspenso – (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 Alberto Contrera 0 75 PERSON 3 (tacit) ele/ela (referent: meia Alberto_Contrera): 2, meia Alberto_Contrera: 1
2 Guaraní 30 0 ORGANIZATION 3 o paraguaio Guaraní: 2, o Guaraní: 1
3 crise 0 0 NONE 3 crise política: 1, a crise: 2
4 esta 0 0 NONE 3 esta: 3
5 conflitos 0 100 NONE 2 os conflitos: 2
6 um lindo gol 90 0 OTHER 2 um lindo gol: 1, um gol de diferença: 1
7 os colombianos 75 0 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: os colombianos): 2
8 Conmebol 0 0 ORGANIZATION 2 A Conmebol: 2
9 Estudiantes_de_Mérida-VEN 0 0 PLACE 2 Estudiantes_de_Mérida-VEN: 2
10 a Venezuela 0 0 PLACE 2 a Venezuela: 2