Havaianas abraça surfe de vez com patrocínio mundial à WSL

Por: SentiLecto

A Havaianas é a nova patrocinadora mundial da World Surf League . A Havaianas é marca do Grupo Alpargatas. Formalizou-se o acordo em esta quinta-feira, em meio em a disputa de a última etapa de o ano, em Pipeline, em o Havaí que vai definir o campeão global de surfe de 2019,.Quando a marca, de maneira inédita, decidiu patrocinar a etapa brasileira do Circuito Mundial, o contrato assinado é o ápice de um relacionamento que teve começo em junho , disputada em Saquarema . À época, a Havaianas fez êxito nas areias com uma ativação em que montou uma loja submersa para vender sandálias. Acompanhadas de instrutores de mergulho, as pessoas puderam mergulhar num tanque com água esquentada e, então, selecionar os produtos para compra.

Faz 1 mês, quando a marca anunciou patrocínio em a gaúcha Tatiana Weston-Webb que havia garantido dias antes uma vaga em os Jogos Olímpicos de Tóquio de o ano que vem, se deu o passo seguinte em o começo,.A surfista se tornou a primeira desportista patrocinada pela Havaianas em toda a história da companhia de Brasil.

A execução de acontecimentos privados para o universo corporativo tem se tornado cada vez mais habitual entre as entidades estrangeiras para exibirem chances de ativação de marca e geração de negócios para companhias de Brasil. Ao que tudo menciona, esses encontros têm dado resultado para os times do exterior.

Na segunda-feira 25 de novembro o CEO da World Surf League para o Brasil e a América Latina, Ivan Martinho, esteve presente no 2º Fórum Máquina do Esporte. O executivo comentou sobre alguns detalhes pouco conhecidos do esporte e ainda deixou claro que a liga tem um foco bastante grande na região, em especial no Brasil, para os próximos anos.

Fotografia: Pedro Monteiro

“Temos uma relação natural e genuína com surfistas do mundo todo há muitos anos, e o surfe encarna bastante do estilo de vida que nossa marca festeja. Vemos a plataforma Havaianas & WSL como uma parceria de longo prazo, em que vamos instituir experiências inacreditáveis para os amantes desse lifestyle tão único”, festejou Fernanda Romano, CMO do Grupo Alpargatas.

“Dar as boas-vindas à Havaianas como parceira da WSL no Brasil e no mundo é uma iinacreditávelindicação de quão popular é o surfe na região e de quão sexpressivaé essa região para o esporte. Estamos bastante empolgados em fazer parceria com uma marca que é tão bem-sucedida e tão brasileira. É realmente importante trabalharmos com marcas fortes, como a Havaianas, que espera aumentar seu escopo internacional e estar cada vez mais presente na cabeça dos fãs do surfe, que são líderes em seu espaço”, realçou Ivan Martinho, CEO da WSL na América Latina. Para a temporada 2020, a marca vai estar presente em seis etapas oficiais, sendo quatro do Championship World Tour , uma do Challenger Series e uma do circuito de Long Board .

Não por acaso, nos últimos anos essas entidades têm conseguido aumentar muito o faturamento no país. E a tendência é aumentar.”O Zé Delivery é a maior plataforma de bebidas brasileira e faz parte da rotina de quem se reúne para torcer por seus times de futebol. Depois de auxiliar a levar o clima dos estádios para as casas das pessoas, desejamo fazer com que os consumidores sintam a vibração do surfe. Afinal, o país do futebol também é o país do surfe”, sintetizou Claudio Azevedo, head de marketing e crescimento do Zé Delivery.”A Corona acredita no surfe e na habilidade do Medina, que deu ainda mais destaque ao potencial do nosso país dentro do esporte. Por isso, convidamos todo o público a se engajar na torcida para que ele traga mais um campeonato global para casa. Temos certeza de que o Brasil pode ser mais do que somente o país do futebol, mas também do surfe, que a Corona tem orgulho em apoiar por meio do patrocínio a Gabriel Medina e à própria WSL”, fconcluiuZattar.

O acordo entre Havaianas e WSL ainda serve para mostrar a força da chamada “Brazilian Storm”, que tem auxiliado a promover o esporte no país e atrair patrocinadores. Atualmente, dos 34 desportistas que disputam o Championship Tour, 12 são brasileiros. O país tem, inclusive, três surfistas no Top 5. E os resultados são concretos: Gabriel Medina é bicampeão do mundo e Adriano de Souza também já conquistou o título global em 2015. Em 2019, o próprio Medina de novo e Ítalo Ferreira estão na briga pelo troféu.

Fonte: maquinadoesporte-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Australia, Brazil

Cities: Gold Coast

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Havaianas abraça surfe de vez com patrocínio mundial à WSL
>>>>>Exterior mira mercado brasileiro e amplia novos negócios – December 12, 2019 (maquinadoesporte-pt)
>>>>>>>>>Em ação inédita, WSL criará casa em SP para finais do surfe – December 09, 2019 (maquinadoesporte-pt)
>>>>>>>>>Em ação inédita, WSL terá casa em SP para finais do surfe – December 09, 2019 (maquinadoesporte-pt)
>>>>>>>>>Análise: Barcelona vira prova de fogo a clubes brasileiros – (maquinadoesporte-pt)
>>>>>Corona e Zé Delivery ativam Medina na busca pelo tri mundial – December 11, 2019 (maquinadoesporte-pt)
>>>>>Corona “copia” Fantástico e ativa patrocínio a Gabriel Medina – December 12, 2019 (maquinadoesporte-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 nós 180 0 NONE 7 (tacit) nós: 7
2 marca 80 0 NONE 4 a marca: 2, uma marca: 1, nossa marca: 1
3 surfe 50 0 NONE 4 o surfe: 4
4 Havaianas 0 0 ORGANIZATION 4 a Havaianas: 3, A Havaianas (apposition: marca de o Grupo_Alpargatas): 1
5 esporte 0 0 NONE 3 o esporte: 2, esporte: 1
6 região 0 0 NONE 3 a região: 2, essa região: 1
7 o Brasil 90 0 PLACE 2 o Brasil: 2
8 Ivan Martinho 80 0 PERSON 2 Ivan_Martinho: 2
9 Gabriel Medina 60 0 PERSON 2 Gabriel_Medina: 1, o próprio Medina: 1
10 acordo 60 0 NONE 2 O acordo: 2