Lyon assombra e vence City em Manchester na estreia na Champions

Por: SentiLecto

O Manchester City, um dos favoritos ao título da Liga dos Campeões, foi assombrado e derrotado em pleno Etihad Stadium pelo Lyon por 2 a 1, nesta quarta-feira, na estreia de ambas equipes no Grupo F da competição continental.

As duas equipes voltam a entrar em campo pela Liga dos Campeões no dia 2 de outubro. Os ingleses irão enfrentar o Hoffenheim, às 13h55 , no Estádio Sinsheim. Já os franceses vão receber o Shakhtar, no Parc Olympique Lyonnais, às 16 horas.

Na sábado 01 de setembro o Manchester City havia ingressado no G4 do Campeonato Inglês durante a tarde deste sábado. Jogando em casa, os comandados de Josep Guardiola haviam vencido a frágil equipe do Newcastle por 2 a 1. O atacante Gabriel Jesus havia chegado a balançar as redes adversárias, mas o bandeira havia visto impedimento do brasileiro, e o Juiz havia invalidado o gol de maneira incorreta.

Em partida em que os comandados de Pep Guardiola não conseguiram replicar a habitual característica de jogo, o Lyon soube aproveitar os muitos erros e desatenções dos ingleses para abrir 2 a 0 no placar no primeiro tempo, gols do marfinense Maxwell Cornet e de Nabil Fekir .

Na segunda etapa, após a entrada do alemão Leroy Sané, que deu outra cara ao ataque dos Citizens, os proprietários da casa até chegaram a reduzi a perda com o de Portugal Bernardo Silva . Mas foi só.

Com o City assinalado como um dos favoritos ao título da Champions e para passar sem obstáculos nas oitavas de final, aparece na lanterna do Grupo F, já que Shakhtar Donestk e Hoffenheim empataram em 2 a 2 na outra partida da chave. O City é o resultado.Em 1 mês, o City vai precisar de um triunfo em a próxima rodada em a Alemanha contra o Hoffenheim, para recolocar a classificação em os trilhos. No mesmo dia, Lyon e Shakhtar se enfrentam na França.

Com Gabriel Jesus escalado de titular como centroavante, o Manchester City tentou impor sua característica na troca de passes e triangulações em velocidade, mas encontrou obstáculo para instituir possibilidades reais de gol diante de um Lyon bem fechado.

A arma mais arriscada do City no primeiro tempo foi o competentezinha Raheem Sterling, que infernizou a vida do lateral-direito de Brasil Rafael, mas não conseguiu assustar de verdade o gol de Francia.

Na melhor possibilidade do City no primeiro tempo, após boa trama começada por Jesus na direita, Sterling cortou dois marcadores e chutou da entrada da área para defesa segura do goleiro Anthony Lopes .

Mas, o Lyon também complicava a vida da adiantada defesa de Inglaterra quando conseguia recuperar a bola, o que ocorria diversas vezes graças a erros primários, enquanto padecia com a velocidade de Sterling de passe dos jogadores do City.

Assim, o jovem de Marruecos Maxwell Cornet, 21 anos, chegou a marcar aos 23 minutos após ficar na cara do gol e driblar o goleiro brasileiro Ederson, mas impedimento invalidou corretamente o lance.

A segunda chance, porém, se validou o gol. Dois minutos depois, o City deu outra bobeada no meio de campo, Fekir fugiu pela esquerda e arriscou uma encruzilhada despretensiosa que Delph, sozinho na pequena área, furou ao tentar afastar o perigo. Cornet aproveitou o erro do inglês para pegar de primeira e acertar o canto do gol de Ederson, que nada pôde fazer.

O gol de Francia foi uma ducha de água fria no Etihad Stadium e o Manchester, sem seu principal maestro em o belga Kevin De Bruyne lesionado O belga Kevin De Bruyne é campo., e com o suspenso técnico Pep Guardiola assistindo da arquibancada, não conseguiu consertar os erros em tempo.

Pouco antes do pausa, outra inacreditável desatenção na saída de bola de Inglaterra deu à luz o segundo gol do Lyon. No lance, Stones tocou para um desatento Fernandinho, que não viu Fekir se aproximando para roubar a bola. O francês levou a melhor, recebeu na frente e acertou chute colocado de fora da área. Ederson sequer se jogou na bola. 2 a 0 Lyon.

– Sané aquece o jogo –

Na volta da pausa, o time de Guardiola voltou a campo com uma troca de alemães, com o rápido atacante Leroy Sané no lugar do meia cadenciador Gundogan.

A substituição deu mais verticalidade ao City, mas não acabou com os problemas defensivos da equipe, que seguia tomando contra-ataques arriscados. Sorte que o Lyon não aproveitava as possibilidades.

A equipe de Inglaterra tentou pressionar para conseguir o empate e pouco instituiu em termos de possibilidades claras. Aos 44, Aguero fez jogada individual, bateu atravessado e o arqueiro do Lyon resgatou.

Quando Ndombélé acertou um lançamento primoroso para Memphis Depay, os franceses tiveram a chance de matar o jogo de vez aos 14 minutos. O holandês ficou cara a cara com Ederson e chutou forte, mas o goleiro da seleção de Brasilde Brasil se esticou todo para dar um toquinho na bola, o suficiente para mandá-la na trave,resgatandoo osproprietárioss da casa.

Tendo fugido por um triz de padecer um terceiro gol, o City conseguiu se recolocar no jogo graças ao talentoso Sané, que entrou bastante bem na partida e se tornou o ponto desequilibrante do ataque de Inglaterra.

Aos 21, o alemão fez um baile pelo lado esquerdo, driblou dois jogadores e tocou na medida para Bernardo Silva reduzi a perda do City com um chute rasteiro.

Já com o argentino Sergio Aguero em campo no lugar do desaparecido Gabriel Jesus, o City armou um pressão final em busca do empate.

Ao som do apito final, o forte esquema defensivo armado pelo técnico Bruno Génésio conseguiu segurar o ímpeto de um pouco inspirado City para dar uma vitória improvável para o Lyon e sacudir o Grupo F da Champions.

Fonte: clicrbs-pt

Sentiment score: NEUTRAL

Countries: United Kingdom, Brazil

Cities: Manchester, Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Lyon assombra e vence City em Manchester na estreia na Champions
>>>>>Lyon aproveita falhas e vence Manchester City pela Champions – September 19, 2018 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 gol 25 210 ORGANIZATION 9 o gol: 1, o gol de forma: 1, O gol francês: 1, (tacit) ele/ela (referent: O gol francês): 2, o gol francês: 1, (tacit) ele/ela (referent: o gol): 1, (tacit) ele/ela (referent: o gol francês): 2
2 City 30 80 ORGANIZATION 9 o City (apposition: o resultado): 1, o City: 5, O City: 1, (tacit) ele/ela (referent: o City): 2
3 Lyon 0 0 ORGANIZATION 5 0 Lyon: 1, (tacit) ele/ela (referent: o Lyon): 1, o Lyon: 3
4 Manchester City 110 4 ORGANIZATION 4 O Manchester_City: 1, o Manchester_City: 2, (tacit) ele/ela (referent: o Manchester_City): 1
5 Stones 70 0 PERSON 4 Stones: 1, (tacit) ele/ela (referent: Stones): 3
6 Sergio Aguero 0 0 PERSON 4 (tacit) ele/ela (referent: Aguero): 2, Aguero: 1, o argentino Sergio_Aguero: 1
7 campo 0 0 NONE 4 campo: 4
8 Gundogan 0 80 PERSON 3 cadenciador Gundogan: 1, (tacit) ele/ela (referent: cadenciador Gundogan): 2
9 chance 170 0 NONE 3 a melhor chance: 1, A segunda oportunidade: 1, a oportunidade: 1
10 Sterling Raheem 160 0 PERSON 3 Sterling: 1, o habilidoso Raheem_Sterling: 2