Mbappé garante que paga os próprios impostos, e não o PSG

Por: SentiLecto

A jovem estrela parisiense garantiu que é ele quem arca com os próprios impostos, e não o clube da capital de Francia, como foi especulado pelo jornalismo local nos últimos dias.

O atacante em entrevista publicada nesta sexta-feira pela emissora de TV “France Info”, como resposta a informações vazadas pelo site “Football Leaks” dando conta de que uma das pré-requisito do desportista de 19 anos para assinar com o PSG foi ficar livre dos encargos. disse: “Desejo elucidar que pago todos os meus impostos na França, por toda a minha renda”.

O melhor jogador jovem da última Copa do Mundo alegou rotundamente que é “totalmente falso” que tenha exigido que o clube parisiense o pagasse 10 milhões de euros para abonar impostos.

“Para mim, o importante era ver em que clube podia dar o melhor e continuar a meu avanço. Selecionei o Paris Saint-Germain de maneira natural”, destacou.

Na sua vez, graças à sremunerou-se o agente pde Portugalsua intervenção, foi posteriormente remunerado com 9 milhões de eurosquando a transferência ao PSG foi concretizada, apesar de Mendes não ter intermediado a negociação com o clube fde FranciaNo entanto, o clube se comprometeu a pagar 30 mil euros anuais para despesas de aluguel e a contratação de um mordomo, um motorista e uma escolta de segurança.O time parisiense entra em campo novamente pela Liga dos Campeões no dia 28 de novembro, quarta-feira, às 18h . Antes, a equipe encara o Monaco, no dia 11, e o Toulouse, no dia 24, pelo Campeonato Francês.Já o Strasbourg não pode ser considerado um adversário tranquilo, pois, adiciona 17 pontos e tenta encostar na zona de classificação para a Liga Europa.

Na sexta-feira 02 de novembro o ano de 2018 era daqueles em que parecia que não tem como dar algo errado para Kylian Mbappé. Campeão do mundo com a seleção de Francia sendo destaque da competição, entre outras proezas, o atacante do Paris Saint-Germain seria o novo embaixador mundial da marca suíça de relógios de opulência Hublot. E, em termos de valores, deixaria gente bastante importante para trás.

O PSG , , contratou Mbappé que até o meio de o ano passado defendia o Monaco através de uma operação que incluiu um empréstimo de um ano por 35 milhões de euros e depois o pagamento de 145 milhões de euros para a aquisição de os direitos federativos de forma definitiva.

Perguntou-se Mbappé também por outra informação vazada por a mesma plataforma de que o Paris Saint-Germain adotava critérios étnicos para contratar desportistas para sua base, mas se evadiu e preferiu não responder para, segundo ele, “não declarar idiotices” sobre um tema do qual não estava a par.

Fonte: EfeGeneric

Sentiment score: POSITIVE

Countries: France, Monaco, Brazil

Cities: Paris, Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Mbappé garante que paga os próprios impostos, e não o PSG
>>>>>Agente recebeu comissão de 9 milhões de euros por transferência de Mbappé – November 07, 2018 (EfeGeneric)
>>>>>>>>>Varane minimiza indicação para Bola de Ouro e torce por franceses – November 06, 2018 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Thiago Silva comenta lance do pênalti para o Napoli: “Erro que me dói” – (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Lille encara Strasbourg para tentar encostar no líder PSG – November 08, 2018 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 87 0 NONE 8 (tacit) eu: 7, mim: 1
2 Mbappé 0 0 PERSON 6 Mbappé: 3, (tacit) ele/ela (referent: Mbappé): 2, ele (referent: Mbappé): 1
3 Paris Saint-Germain 40 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: o Paris_Saint-Germain de forma natural): 1, o Paris_Saint-Germain: 1, o Paris_Saint-Germain de forma natural: 1
4 Strasbourg 0 0 ORGANIZATION 3 (tacit) ele/ela (referent: o Strasbourg): 2, o Strasbourg: 1
5 euros 0 0 NONE 3 euros: 3
6 impostos 0 160 NONE 2 meus impostos: 1, os próprios impostos: 1
7 Monaco 0 0 ORGANIZATION 2 o Monaco: 2
8 PSG 0 0 ORGANIZATION 2 o PSG: 2
9 a França 0 0 PLACE 2 a França: 1, (tacit) ele/ela (referent: a França): 1
10 era 0 0 NONE 2 2018 era: 1, era: 1