NBA aumenta e vive maior esplendor econômico de sua história

Por: SentiLecto

A NBA vive o maior esplendor econômico de sua história. Números divulgados pela revista Forbes no final da semana passada mostraram que, além de ver as franquias triplicarem de valor nos últimos cinco anos, a liga vem tendo índices de audiência cada vez maiores, o que vem atraindo cada vez mais fãs e, é claro, marcas que desejam estar ligadas de alguma maneira ao melhor basquetebol do mundo.

A temporada 2017/2018 da NBA alcançou o ápice da audiência nos Estados Unidos. As três emissoras que transmitem a liga tiveram crescimento no número de telespectadores. A maior ampliação foi na ABC , mas TNT e ESPN também têm muito o que comemorar.

O número de pessoas que não desejou assistir em casa e foi até os ginásios também não para de aumentar. Houve ampliação na quantidade de ingressos vendidos pelo quarto ano consecutivo, chegando a 22 milhões de espectadores presenciais nos jogos da liga, uma média de 18 mil pessoas por partida. Para se se os comercializaram ter uma ideia, %95 de o total de ingressos colocados em a venda .

No primeiro quarto, os dois ataques estiveram bastante bem. O destaque ficou por conta de Kyle Kuzma: o jovem desportista dos Lakers anotou 23 pontos exclusivamente nos doze minutos iniciais de confronto, melhor marca da carreira, e liderou seu time.

Faz 8 dias, o Los Angeles Lakers havia visitado o Golden State Warriors de havia dado bastante trabalho para o oponente, em o domingo 03 de fevereiro sem contar com LeBron James mais uma vez poupado, mas após uma grande arrancada do time da casa na reta final, havia acabado derrotado pelo placar de 115 a 101.

Fotografia: Reprodução / Twitter Um dos fatores que mais auxilia no ampliação de audiência e de ingressos vendidos é que a NBA, que enquanto a idade média dos torcedores das outras três ultrapassa com folga os 50 anos, a da NBA caiu para 42 anos, tem o público mais jovem entre as quatro grandes ligas estadunidense . O fato de atrair fãs mais jovens ainda faz com que a liga de basquetebol atraia também novos patrocinadores, cada vez mais interessados em conquistar essa espécie de público.

Quando a fabricante de America trocou a Adidas nos uniformes, desaparece-se a tudo isso o contrato de direitos de transmissão de US$ 24 bilhões assinado em 2016 com validade até 2025 e ainda o acordo com a Nike em 2017 e começou a injetar US$ 125 milhões anuais na liga.

Assim, segundo a Forbes, adquiri uma equipe da NBA em 2019 é três vezes mais caro do que há cinco anos, o que comprova que o valor de mercado das franquias não para de aumentar.

Los Angeles Lakers 3 de a Nba completa O Top e Golden State Warriors que ultrapassaram os US , $ 3,5 bilhões. A franquia que mais ampliou o valor de mercado na temporada passada foi o Philadelphia 76ers, que chegou a US$ 1,65 bilhão, enquanto a menos preciosa é o Memphis Grizzlies, que está valendo algo em torno de US$ 1,2 bilhão.

No segundo tempo, os 76ers gerenciar a diferença favorável no placar e, sob a liderança do pivô de Camboya Joel Embiid, conseguiram a vitória por 143 a 120.

Fonte: maquinadoesporte-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United States

Cities: Philadelphia

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>NBA aumenta e vive maior esplendor econômico de sua história
>>>>>Kuzma marca 23 pontos no 1º quarto, mas Lakers perdem para os 76ers – (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 NBA 30 0 ORGANIZATION 4 A NBA: 1, (tacit) ele/ela (referent: a NBA): 1, a Nba: 1, a NBA: 1
2 US 0 0 ORGANIZATION 3 a US: 1, US: 1, os US: 1
3 liga 0 0 NONE 3 a liga: 3
4 Golden State Warriors 0 0 PERSON 2 Golden_State_Warriors: 2
5 Kyle Kuzma 0 0 PERSON 2 Kyle_Kuzma: 1, (tacit) ele/ela (referent: Kyle_Kuzma): 1
6 o número de pessoas e não para de crescer 0 0 NONE 2 O número de pessoas e não para de crescer: 2
7 aumento 0 0 NONE 2 O maior aumento: 1, aumento: 1
8 casa 0 0 NONE 2 casa: 1, a casa: 1
9 emissoras 0 0 NONE 2 As três emissoras: 2
10 franquia 0 0 NONE 2 A franquia: 2