Renan Ribeiro pega pênalti e Sporting conquista a Taça de Portugal sobre o Porto

Por: SentiLecto

O Sporting é o campeão da Taça de Portugal. Neste sábado, no Estádio Nacional do Jamour, em Oeiras, os Leões saíram atrás no tempo normal, padeceram o empate nos acréscimos da prorrogação, mas ainda assim contaram com a luminosidade do goleiro ex-São Paulo que defendeu um pênalti na disputa e garantiu o título sobre o Porto. Paulo é renan Ribeiro. Com a bola rolando, o jogo concluiu em 2 a 2, mas o calicezito para o time de Lisboa veio com um 5 a 4 nos penais.

“Nossos torcedores merecem. Declarou que vinha pra combater por títulos, quando cheguei ao Sporting, e já levo dois na conta. Fechamos a temporada de uma maneira muito positiva, com um calicezito, mas continuaremos a combater para conquistar o nosso verdadeiro objetivo na próxima temporada”, declarou Renan Ribeiro ao jornal de Portugal A Bola.Se atendo ao jogo, Marcel Keizer espera uma guerrazinha equilibrada. Marcel Keizer é holandês que conduz o Sporting.O atacante mostrou uma camiseta de Iker Casillas ao comemorar seu gol, para prestar homenagem ao goleiro de Espanha, que se recupera após padecer um infarto no começo de maio.

Na sábado 11 de maio Na tarde deste sábado, no estádio José Alvalade, o Sporting havia empatado com o Tondela em 1 a 1 pela 33ª rodada do Campeonato Português. O resultado havia sido péssimo para os Leões, que ficarão de fora da próxima Liga dos Campeões. Bruno Fernandes havia abrido o placar em defesa dos proprietários da casa, enquanto que Tomane havia deixado tudo igual.

Os primeiros 45 minutos foram de muita disputa, equilíbrio e um gol para cada lado. Após ter um tento anulado por posição irregular de Marega, o porto abriu o marcador com Tiquinho Soares, aos 40 minutos. Cinco minutos depois, Bruno Fernandes acertou um lindo chute no canto esquerdo e deixou tudo igual. Na segunda etapa, a decisão caminhou de forma mais morna, com menos poderio ofensivo de ambos os times.

Na prorrogação, os dois times nem de longe exibiram o ímpeto do primeiro tempo. Ainda assim, o Sporting conseguiu a virada sobre o Porto aos 11 minutos da primeira etapa. Promovido no segundo tempo, Bas Dost aproveitou o equívoco de Felipe após encruzilhada de Acuña e encheu o pé. A bola faleceu no fundo da rede de Vaná. Nos acréscimos, porém, o mesmo Felipe se redimiu e deixou tudo igual.

Na disputa por pênaltis, Tiquinho foi o primeiro a bater e converteu para o Porto. Depois, Bas Dost parou na trave. Bas Dost é autor do gol na prorrogação. Na sequência, Danilo Pereira fez 2 a 0, Bruno Fernandes descontou e Pepe também parou no poste. Mathieu deixou tudo igual ao marcar para o Sporting, e Adrián, Raphinha e Hernâni marcaram. No fim, Coates fez para os Leões, Fernando parou em Renan Ribeiro e Luiz Phelyppe marcou o gol do título.

O JOGO

Se agitou o começo de jogo como era de se esperar, com os dois times foi muito agitado em o Estádio Nacional, buscando ter a posse de a bola a fim de instituir possibilidades de gol. E o primeiro time a chegar com mais perigo foi o Porto. Aos seis minutos, Marega fez boa jogada pela linha de fundo e atravessou. Bruno Gaspar tentou o corte, mas a bola sobrou com Otávio, que emendou de primeira e obrigou Renan Ribeiro a fazer ótima defesa.

A resposta do Sporting veio aos 10 minutos. Após boa trama ofensiva, Bruno Fernandes, uma das referências dos Leões durante toda a temporada, cortou o defensor de Portugal, limpou a jogada e tentou o chute colocado. Mas dessa vez foi Vaná quem fez boa intervenção para conservar a igualdade no placar.

Melhor na partida, o Porto chegou ao seu primeiro gol aos 23 minutos. Porém, o tento acabou invalidado por posição irregular de Marega. Após lançamento em profundidade, a defesa do Sporting errou na saída de bola e a sobra ficou com o atacante portista, que limpou a jogada e fuzilou. Quando recebeu o passe de Tiquinho, no entanto, encontrava-se à frente do penúltimo defensor dos Leões.

O Porto abriu o placar no Estádio Nacional, em Lisboa, se se invalidou o gol em a primeira possibilidade , em a segunda, finalmente. Aos 40 minutos, Alex Telles cobrou falta na a´rea, mas a bola passou por todos e sobrou com Herrera. Após novo levantamento, Tiquinho Soares, nas costas de Coates testou firme para o fundo da rede. Na comemoração, os jogadores honraram o goleiro Iker Casillas, que padeceu um infarto durante um treino.

O deleite do Porto, no entanto, durou somente cinco minutos. Isso porque, aos 45, Bruno Fernandes deixou tudo igual. Após passe em profundidade de Acuña, o meio-campista de Portugal ajeitou e colocou a bola com categoria, junto a  trave esquerda, no fundo da rede. O Juiz Jorge Sousa ainda recorreu ao VAR quanto a posição de Bruno no passe, mas validou o tento.

Diferentemente do primeiro tempo, que iniciou agitado e com os dois times buscando o gol, a segunda etapa teve um começo mais morno, com os adversários colocando mais a bola no chão e pensando mais o jogo a fim de instituir possibilidades. Na primeira estocada, porém, o Porto por pouco não recomeçou a frente do placar. Após passe de Marega, Tiquinho arriscou, mas a bola estourou na trave de Renan.

“Foi um jogo bastante emocional e dou graças a Deus por conseguir ser forte mentalmente, mas também ao trabalho que faço com o Nélson. Ele é bastante chato, mas acaba me dando confiança e contribui para minha evolução todos os dias. Por isso, espero que continue a ser chato”, concluiu Renan.

Os minutos foram passando e o objetivo dos times passou a ser mais pela cautela. Dessa maneira, as principais possibilidades foram de erros dos oponentes, como aos 38 minutos. Após tentativa errada de Renan Ribeiro de sair com os pés, a bola sobrou com Herrera, que carregou e arriscou. Mas o goleiro de Brasil se recuperou e fez boa defesa. Nos minutos finais, Manafá acertou a trave, e o jogo se encaminhou para a prorrogação.

Quem esperava 30 minutos de prorrogações com Porto e Sporting buscando o triunfo a todo preço, teve de se contentar com dois times mais cadenciados. Ainda assim, os Leões conseguiram o tão sonhado gol para garantir o título. Escalado no segundo tempo, o centroavante aproveitou o equívoco de Felipe após encruzilhada de Acuña e acertou um chute atravessado para concretizar a virada.

Mesmo Felipe fez questão de se redimir, quando o título do Sporting parecia a segundos de se concretizar, o. Após encruzilhada de Hernâni, que entrou no lugar de Éder Militão, Adrián desviou e a bola sobrou com o zagueiro de Brasil, que restando menos de um minuto para o apito final deixou tudo igual.

Na disputa por pênaltis, Tiquinho foi o primeiro a bater e converteu para o Porto. Depois, Bas Dost parou na trave. Bas Dost é autor do gol na prorrogação. Na sequência, Danilo Pereira fez 2 a 0, Bruno Fernandes descontou e Pepe também parou no poste. Mathieu deixou tudo igual ao marcar para o Sporting, e Adrián, Raphinha e Hernâni marcaram. No fim, Coates fez para os Leões, Fernando parou em Renan Ribeiro e Luiz Phelyppe marcou o gol do título.

Local: Estádio Nacional, Lisboa

Assistentes: António Godinho e Nuno Manso

GOLS: Tiquinho Soares , aos 40 minutos do 1T; Bruno Fernandes , aos 45 minutos 1T; Bas Dost , aos 11 minutos da Prorrogação; Felipe , aos 31 minutos da Prorrogação

Técnico: Sergio Conceição

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: SLIGHTLY POSITIVE

Countries: Portugal

Cities: Porto, Oeiras, Lisbon

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Renan Ribeiro pega pênalti e Sporting conquista a Taça de Portugal sobre o Porto
>>>>>Herói nos pênaltis, Renan Ribeiro comemora título pelo Sporting – May 26, 2019 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Porto e Sporting fazem clássico da grande final da Taça de Portugal – May 24, 2019 (gazetaesportiva-pt)
>>>>>Sporting vence Porto nos pênaltis e conquista a Copa de Portugal – May 26, 2019 (clicrbs-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 130 80 NONE 14 (tacit) eu: 13, me: 1
2 Porto 100 0 PLACE 11 o Porto: 8, (tacit) ele/ela (referent: o Porto): 2, Porto: 1
3 bola 0 0 NONE 10 bola: 1, a bola: 8, A bola: 1
4 Leões 80 75 ORGANIZATION 9 (tacit) eles/elas (referent: os Leões): 3, os Leões: 6
5 tudo 0 0 NONE 7 tudo igual: 7
6 Tiquinho 80 30 PERSON 6 Tiquinho_Soares: 2, (tacit) ele/ela (referent: Tiquinho_Soares): 1, Tiquinho: 3
7 Sporting 100 0 ORGANIZATION 6 O Sporting: 1, Sporting: 1, o Sporting: 4
8 Bruno Fernandes 70 0 PERSON 6 Bruno_Gaspar: 1, Bruno_Fernandes: 5
9 Herrera 0 30 PERSON 5 Herrera: 3, (tacit) ele/ela (referent: Herrera): 2
10 Renan Ribeiro 0 0 PERSON 5 Renan_Ribeiro: 4, Renan: 1