Scheidtrobertsac.jpg

Scheidt não pensa em se aposentar e vê nossa categoria como recomeço

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Scheidt robert sac

Robert Scheidt disputou os Jogos Olímpicos Rio 2016 aos 43 anos e concluiu na quarta colocação. Um ano mais velho, um dos principais velejadores da história do Brasil mudou para a categoria 49er e não tem planos de aposentadoria. O desportista paulista, em entrevista à Gazeta Esportiva, revelou como foi o processo de mudança de categoria, que vem sendo como um recomeço em termos de ganhar nnovoshtalentos e deixou claro que ainda tem muitas alternativas para continuar velejando.

“Em Split, o oceano tem ondas parecidas com as do Rio de Janeiro, onde treino diariamente. Acredito que eu tenha uma velocidade boa em relação aos outros velejadores. O objetivo inicial é entrar na flotilha ouro”, disse o desportista.O Brasil vai ter um representante: João Pedro Souto de Oliveira, que vai disputar o Mundial pela segunda vez na carreira. O País tem grande costume no torneio, já que Robert Scheidt é o maior campeão, com nove ouros, duas pratas e um bronze.

Na quinta-feira 31 de agosto Martine Grael e Kahena Kunze seguiam firmes no Campeonato Mundial de 49er, que estava sendo realizado na cidade do Porto, em Portugal. Nesta quinta-feira, as brasileiras haviam subido uma posição no geral. As brasileiras são atuais campeãs olímpicas da categoria.

Robert Scheidt é um velejador brasileiro, bicampeão olímpico e 15 vezes campeão global de iatismo, 1995, 1996, 1997, 2000, 2001, 2002, 2004, 2005, 2013 e tricampeão na classe Star: 2007, 2011, 2012).

“Uma coisa é a vela olímpica a outra é vela no geral. Existem diversos circuitos . Tenho vontade de velejar em outras categorias, mesmo que minha carreira olímpica acabe. Quando vai ser isso, não sei, eu já recusei muitas propostas para continuar nas olimpíadas e já tive sugeridas para ser técnico. Saberei”, comentou o bicampeão olímpico, quando for eu.

“Eu preferia ter disputado na classe star. Chegando ao final da categoria, devi voltar para o individual depois de oito anos fora. A Laser foi minha única alternativa. Daí chegou a chance com o Gabriel Borges, ele estava disposto a me ensinar porque tem cinco anos de experiência, e acabei fazendo a transição após o Rio 2016. Eu abracei o projeto. Para mim é uma novidade, um novo horizonte e uma nova motivação. É um desafio para mim porque exige outras qualidades que devo melhorar, como agilidade, mas acho que a evolução tem sido boa”.

No Campeonato Mundial de 49er – classe em que a embarcação exige que os desportistas fiquem em pé durante a regata e que a duração da prova é menor do que a Laser. Apesar disso, o 13 vezes campeão global não se inquietou tanto com o sua performance.

“É uma classe bem diferente, com dois velejadores no trapézio, muita dinâmica, duas velas e uma velocidade maior. Comecei a velejar com o Gabriel Borges e tenho pouco tempo de classe. No circuito europeu, o resultado era esperado pelo tempo de contato com a classe. Tivemos alguns resultados bons no início, mas padecemo no final. No Mundial, no meio para o final, padecemo com o vento. É normal. A classe solicita muita experiência para fazer as manobras”. Robert Scheidt, que “Foi maravilhoso, também contou como foi disputar uma Olimpíadas com sua esposa, a lituana Gintare Volungeviciute, que competiu na classe Laser Radial. Quando começamos a namorar, conheci ela no jogo de 2008 e depois em 2012 a gente participou também. Agora foi especial porque meu filho acompanhou, esteve lá. Ele jamais esquecerá”.

* Especial para a Gazeta Esportiva

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: Brazil

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Scheidt não pensa em se aposentar e vê nossa categoria como recomeço
>>>>>Velejador brasileiro disputa Mundial da classe Laser na Croácia – September 13, 2017 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 80 0 NONE 21 (tacit) eu: 13, eu: 3, mim: 2, Eu: 2, me: 1
2 Robert Scheidt 300 0 PERSON 6 Robert_Scheidt que: 1, (tacit) ele/ela (referent: Robert_Scheidt): 1, (tacit) ele/ela (referent: Robert_Scheidt que): 1, Robert_Scheidt: 3
3 classe 0 0 NONE 5 uma classe bem diferente: 1, classe: 2, A classe: 1, a classe: 1
4 nós 80 150 NONE 4 (tacit) nós: 4
5 uma Olimpíadas 90 0 OTHER 4 ela (referent: uma Olimpíadas): 1, (tacit) ele/ela (referent: uma Olimpíadas): 3
6 velejadores 50 0 NONE 3 dois velejadores: 1, os principais velejadores: 1, os outros velejadores: 1
7 atleta 160 0 NONE 2 O atleta paulista: 1, o atleta: 1
8 experiência 140 0 NONE 2 experiência: 1, muita experiência: 1
9 Gabriel Borges 0 0 ORGANIZATION 2 o Gabriel_Borges: 1, ele (referent: o Gabriel_Borges): 1
10 João Pedro Souto de Oliveira 0 0 PERSON 2 João_Pedro_Souto_de_Oliveira: 2