Vadão valoriza confiança no trabalho mesmo após resultados ruins

Por: SentiLecto

Nesta quinta-feira, o técnico Vadão, que também se defendeu dos questionamentos quanto aos recentes resultados e a falta de vitórias, anunciou as 23 jogadoras que irão defender a Seleção Brasileira na Copa do Mundo feminina, que ocorre na França entre os dias 7 de junho e 7 de julho de 2019 , e Segundo o comandante, o mais importante é a confiança no trabalho.

Em sua entrevista coletiva, Vadão exaltou o respaldo dado mesmo após a série de derrotas e elogiou a administração brasileira por conservar tanto ele quanto o técnico Tite na Seleção masculina.

“A diretoria me passou essa confiança. Essa administração da CBF está fazendo totalmente diferente dos conservou-se o Tite outras, em o masculino, coisa que não ocorria. E eu fui conservado depois dos resultados negativos, tive a confiança do presidente. É uma questão de confiança, tive um fase negativo. Ganhamos torneios internacionais, o Pan-Americano. E tivemos vários jogos importantes que vencemos”, declarou.

“Cruzamo um momento difícil, e a diretoria compreendeu que no saldo era mais positivo do que negativo. Tenho experiência para lidar com isso, com esses momentos. A minha tranquilidade, que as jogadoras sentem, é a confiança que depositaram em mim”, completou Vadão.

Na sua vez, a Seleção vai fazer a preparação para o Mundial em Portimão, na região de Algarve, em Portugal, para aclimatação da equipe, segundo a CBF. Em 6 dias, a delegação técnica e as jogadoras vão chegar e vão ficar até o 5 de junho, quando vão viajar para a sede do torneio.

O momento atual da Seleção feminina, porém, não é dos melhores. Faz 1 ano, o último triunfo ocorreu, diante do Japão, por 2 a 1. Desde então, são nove derrotas consecutivas para países diversos, como Inglaterra, Estados Unidos, Escócia e Canadá. Dessa maneira, em sua estreia diante das jamaicanas, as meninas vão carregar um incômodo retrospecto sem triunfos. A última conquista foi a Copa América de 2018, a sétima brasileira.

Em 1 mês, Membro do Grupo C, a Seleção Brasileira vai ter por a frente, em o primeiro período, Austrália, Itália e Jamaica, adversária de a estreia, em as 10h30, em Grenoble, em a França.

Defensoras: Fabiana Baiana , Letícia Santos , Tamires , Camila , Érika , Kathellen , Mônica , Tayla

Fonte: gazetaesportiva-pt

Sentiment score: POSITIVE

Countries: United Kingdom, Jamaica, Canada, United States, Italy, France, Brazil, Australia

Cities: Grenoble, Franca

A história desta notícia a partir de notícias prévias:
>Vadão valoriza confiança no trabalho mesmo após resultados ruins
>>>>>Com Marta, Formiga e Cristiane, Vadão convoca Seleção para Copa feminina – May 16, 2019 (gazetaesportiva-pt)

Entidades mais mencionadas e sua valorização na notícia:

Id Entity Positive Negative Named-Entity Total occurrences Occurrences (appearances)
1 eu 115 70 NONE 7 me: 1, eu: 1, mim: 1, (tacit) eu: 4
2 nós 80 50 NONE 4 (tacit) nós: 4
3 confiança 180 0 NONE 4 essa confiança: 1, a confiança: 3
4 Vadão 40 0 PERSON 4 Vadão: 2, o técnico Vadão: 2
5 jogadoras 0 0 NONE 3 as 23 jogadoras: 2, as jogadoras: 1
6 Seleção Brasileira 0 0 ORGANIZATION 2 a Seleção_Brasileira: 2
7 a Copa_do_Mundo feminina 0 0 PLACE 2 a Copa_do_Mundo feminina: 2
8 a França 0 0 PLACE 2 a França: 2
9 a comissão técnica e as jogadoras 0 0 NONE 2 (tacit) eles/elas (referent: A comissão técnica e as jogadoras): 2
10 coisa 0 0 NONE 2 coisa: 2