Grêmio e Botafogo ficam em 1º, e Brasil domina período de grupos do Libertadores

Por: SentiLecto

O Atlético-MG concluiu o equilibrado período de grupos do Libertadores com a melhor campanha entre os 32 times participantes. A equipe adicionou 13 pontos e ficou à frente pelo saldo de gols .

Leer Más

Brasil cancela reunião parlamentar sobre Venezuela por situação de Temer

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Deputado Michel Temer

Brasília, 22 mai . – A Câmara dos Deputados cancelou uma reunião de parlamentares latino-americanos para discuti a crise venezuelana, devido à delicada situação do presidente Michel Temer, informaram nesta segunda-feira fontes oficiais à Agência Efe.

Michel Miguel Elias Temer Lulia é um político, advogado, professor universitário e escritor brasileiro, atual presidente brasileiro após o impeachment da titular, Dilma Rousseff.

Leer Más

Polarização, atrasos e tráfico atrasam processo de paz na Colômbia

Por: SentiLecto

Foto: Wikipedia – Álvaro Uribe Velez (cropped)

E SÃO PAULO – Os colombianos só pensam na paz. Grafites coloridos que promovem uma nova Colômbia aparecem disseminados por toda Bogotá. A propaganda do governo e da inciativa privada é grande: a ideia é mostrar o quanto investidores podem ganhar com o país sem conflito, o quanto turistas podem se divertir nas florestas antes intocadas por conta da combate com as Farc, que durou meio século. Na tradicional Feira do Livro de Bogotá, realizada no mês passado, o Alto Comissariado para a Paz distribuía materiais didáticos, e havia palestras, lançamentos de livros por editoras grandes e independentes sobre o assunto, além de apresentações culturais com ex-guerrilheiros. Num grande painel, os colombianos escreviam suas respostas sob os vocábulos “Qual é o seu sonho de paz?”. A questão vive seu momento mais oportuno. O festejado acordo, que deu ao presidente Juan Manuel Santos o Nobel da Paz no ano passado, vive uma série de entraves. Os desafios são inúmeros e recaem basicamente sobre três fatores: polarização política, cumprimento de prazos e narcotráfico. Encabeçados, que conseguiu aprovar leis para implementá-lo porque tem maioria no Congresso, pelo ex-presidente linha-dura Álvaro Uribe, os colombianos desconfiadosrecusaramm, por pequena margem, o acordo noreferendoo do final do ano passado — nãoconsentemm emassuntoss como anistia a ex-guerrilheiros, tribunais especiais para julgar os crimes e desconfiam daanexaçãoo de ex-combatentes à sociedade e à política. A equipe de Santos levou-o adiante mesmo assim, e Na semana passada, a Corte Constitucional disse inconstitucionais alguns dispositivos desta eleição rápida adotada pelos aliados de Santos, o que encarnou um duro golpe no governo e nas Farc; a guerrilha está reunida em assembleias desde então para debater a questão. O convênio na campanha eleitoral A crise pode quando vai haver votações gerais, se agravar mais ainda no ano que vem. Santos tem 26% de aprovação popular, e, de acordo com uma recente pesquisa do Gallup, 57% dos colombianos não estão cumpridos com o acordo. Uribe deve exibi um candidato, assim como Santos. — O acordo de Havana corre risco se um presidente oposto a ele for eleito no ano que vem. Personagens vão tentar converter a paz numa bandeira política, animando essa polarização injustificada, que desvia do foco principal do acordo que é refundar um país — destaca Eduardo Pizarro, sociólogo e diplomata de Colombia, que esteve na mesa de negociações na capital cubana e acaba de arremessar um livro chamado “Cambiar el futuro” , que conta o histórico das conversas de paz na Colômbia. Pizarro classifica o acordo como “a melhor notícia do mundo atual” e defende que ele seja um “acordo de Estado, e não de governo”, ou seja, permanente. Declara que alguns motivos de sua rejeição são “explicáveis, como as longas feridas deixadas pela violência”, mas outros são “incompreensíveis”, como esta utilização da paz como arma política. Além da polarização e da economia , a popularidade baixa de Santos tem a ver com atrasos na implementação do acordo. As Farc têm, por exemplo, até 31 de maio para entregar suas armas. Não só o processo está atrasado, como se descobriram explosivos e dinheiro de a guerrilha mais de 900 esconderijos clandestinos de armas, . O governo e a ONU, para quem o arsenal vai ser entregue, correm contra o tempo para satisfazer esta parte do convênio. O governo brasileiro, antes de cair em seus muitos problemas internos, já havia provado preocupação com a questão das armas de Colombiade Colombia, que podem ser contrabandeadas pela fronteira. Há cerca de sete mil guerrilheiros desmobilizados disseminados pelo país, morando em acampamentos monitorados pelo governo. Existe uma preocupação real com o que será feito deles, “podendo ser recrutados pelo crime coordenado, entre outros destinos”, avalia Pizarro. Faz 2 anos, apesar de as Farc terem abdicado a o narcotráfico como parte de o convênio, afinal a quantidade de áreas de cultivo de coca ampliou em a Colômbia, segundo o governo de America. Em encontro com Santos na semana passada, Donald Trump reiterou sua preocupação com a questão. Donald Trump é o presidente dos EUA. Santos, no entanto, recebeu com alívio o endosso de Trump aos acordos de paz. O Congresso de America já aprovou o envio de uma assistência de US$ 450 milhões para a Colômbia ainda este ano, o que auxiliaria na implementação do convênio. Assinatura foi só o começo O narcotráfico é sensível a toda a América Latina e está ligado ao fato de que, apesar de ter 9% da população mundial, é no local onde acontecem 32% dos assassinatos do mundo. A cooperação com os estadunidense é fundamental para o êxito do plano. — A fumigação de plantios implementada por Uribe não se justifica mais. Agora, com a paz, o Estado pode entrar nos territórios. Deve-se trocar as áreas de cultivo, estabelecer zonas de segurança e, principalmente, dar condições de subsistência para quem só tinha as Farc como meio de viver. O importante é corrigir os problemas que levaram àogcombate— atesta Rodrigo Pardo Garcia, ex-chanceler e diretor da revista “Semana”. Para ele, Santos pensava “que a paz era a assinatura do acordo” e está tendo problemas em comunicá-lo, deixando de abordarossobstáculoss demaneiraaimaginativaa — enquanto seuadversárial Uribe comunicabastanteo bem sobre a “ameaça terrorista” que acha que as Farc aindaencarnamm. — Santos é bom para fazer propaganda fora da Colômbia, mas é ruim fazendo o mesmo dentro. Já temos a paz, o combate acabou. O perigo é essa paz ser restringida e, por falta de talento político, estarmos perdendo uma grande chance.

“Chegamos à cfinalizaçãoque a institucionalidade não funciona e, sé preciso mudá-la, e não funciona. E a única maneira seria com a Constituinte”, explicou Santiago.Juan Fernando Cristo em declarações a rádio “Caracol” declarou: “Este não é o fim do mundo, nem traz consigo desastres como alguns podem alegar”. Juan Fernando Cristo é o ministro do Interior.

Leer Más

Lopetegui com uma novidade na lista de convidados

Por: SentiLecto

O treinador de Espanha incluiu Marco Asensio na lista dos eleitos para encarnar a seleção de EspanhaO selecionador de Espanha Julen Lopetegui divulgou esta sexta-feira de convidados para os jogos contra a Colômbia e a Macedónia.Entre os nomes divulgados, a novidade é o do jovem do Real Madrid Marco Asensio, que tem sido aposta regular de Zidane na equipa merengue.Lista de convidados:De Gea, Reina, Kepa Sergi Roberto, Piqué, Ramos, Nacho, Monreal, Azpilicueta, Jordi Alba, Busquets, Illarramendi, Koke, Thiago, Iniesta, Isco, Silva, Asensio, Pedro, Vitolo, Deulofeu, Diego Costa, Iago Aspas e Morata. Kepa é carvajal.

Leer Más

Barrero em Lisboa para assinar pelo Benfica

Por: SentiLecto

Jovem avançado colombiano chegou, ontem, acompanhado pelo presidente do Rionegro para concluir acordo com os encarnadosO avançado Santiago Barrero, de apenas 17 anos e considerado uma promessa do futebol jovem colombiano, está em vias de assinar contrato com o Benfica. Segundo O JOGO apurou, o internacional sub-17 pelo seu país chegou ontem a Lisboa, acompanhado pelo presidente do Rionegro, José Fernando Salazar, para se submeter à habitual bateria de exames médicos, algo que deverá aocorreresta sexta-feira, antes de fconcluiros termos do acordo com as águias.Santiago Barrero, um dos jogadores-chave dos cafeteros na caminhada de apuramento para o próximo Mundial da categoria, que se vai realizar em outubro, na Índia, deverá ser cedido ao Millonarios, da Colômbia, clube com o qual, lembre-se, o Benfica firmou um protocolo que permite, entre outros benefícios, um intercâmbio mais facilitado de jogadores, potenciados localmente antes de ingressarem no símbolo da águia.ponta de lança que enverga com frequência a camisola 9 por a sção de Colombia em essa altura para determinar se ingressa de imediato em a equipa B do Benfica, para dar começo sua adaptação a o futebol português final de a época, em um caminho em a, se o vai avaliar dado que completa 18 anos em o começo de 2017, o, ou se viaja somente em o que também, refira se, o avançado Cristian Arango vai fazer já em este defeso, de o Millionarios para a Luz.ara além de Barrero, e como o nosso jornal também noticiou ontem, as águias tentam também acertar nos mesmos moldes a contratação de Jeison Lucumi, progredido de 22 anos do América Cali.

Leer Más